Saturday, September 22, 2007

Image Hosted by ImageShack.us
-
Por favor acordem-me.
-
Um terrestre amigo, enviou-me por e-mail este telegrama. Apesar de não ter um apêndice entre as minhas alienígenas pernas, ao acabar de o ler senti um calafrio. E lembrei-me de um amigo meu - história verídica - que tem um sentido de humor único é um ser humano ímpar. Quando estava prestes para entrar para a sala de operações para que lhe fosse removido um tumor que se encontrava instalado perto do cérebro, tendo ao seu lado uma senhora de certa idade virou-se para a terrestre e perguntou que raio lhe iam fazer. Esta respondeu que ia ser operada à perna. Ele com uma cara muito séria virou-se para a velhota e disse: só espero que não me operem a mim à perna e a si ao cérebro!
-
Lembrei-me deste meu amigo terrestre quando vi esta imagem do pénis amputado. Claro, dizem vocês: Ó Alien, mas essa imagem é brincadeirinha! Pois é amiguinhos, é brincadeirinha. Mas fez-me lembrar o estado em que se encontra o nosso sistema de saúde e, como daqui a uns tempos um familiar vai à faca, ando mais preocupada do que o costume.
-
Antes do verão fui à faca. Se tive receio? Tive. Mas, agora é que são elas: paguei uma fortuna. Não digo que não sucedam erros nos hospitais privados, também acontecem. Agora, a forma como o ser humano é tratado só porque paga faz toda a diferença. O que é revoltante. A mãe Alien foi operada - uma operação bem mais grave do que a minha - num hospital público e, eu tive de fazer das tripas coração para ela ter condições, para lhe proporcionar tudo. É triste. Quem paga tem tratamento VIP, quem decide optar por um hospital público porque até acredita que naquele hospital se encontra a melhor equipa cirúrgica para o caso em questão, tem um tratamento de segunda classe.
-
Para finalizar. O dia em que percebi que vivemos num país de segundo mundo, foi no dia em que me encontrava em Paris e fui confrontada com um problema no joelho. Eu e o amigo com quem me encontrava ligámos de imediato para a terrestre amiga que nos albergava, que nos disse de imediato qual seria o hospital a que nos deveríamos dirigir.
-
Entrámos. Deram-me uma ficha para preencher, mas eu disse que estava cheia de dores - ao contrário de cá - a enfermeira olhou para o meu amigo e disse que ele a podia preencher e levou-me com ela. De imediato levaram-me para tirar um raio-X. Esperei um bocado. Passado mais ou menos 10 minutos, veio um médico já com as minhas radiografias que me examinou e me disse o que eu tinha. Receitou-me uns medicamentos e adivinhem? Ainda me informou de uma farmácia nas imediações aonde eu os podia comprar.
Saí de boca aberta. Se paguei? Não. Nada.
-
Acordem-me. Quando eu estiver a viver num país em que trate todos os terrestres da mesma forma. Como merecemos. Não é só pagar impostos. Não é só dizer que o país precisa de nós, nós também precisamos do país.
-
Mas isto sou só eu, amarga? ou realista?
A segunda hipótese, conheço bem demais os corredores brancos.

54 Comments:

At 10:27 AM, Blogger ANNA-LYS said...

God Morning Dear Alienta,

Sorry I haven't kept in touch lately, I have huge problems right now. Not the penis kind, but the Internet sort of problem.

What's Your e-mailaddress? Would like to send You an invitation to my world ;-)

 
At 11:47 AM, Blogger Diabba said...

Tenho cá pra mim que tu és uma falsa! Uma falsa extraterrestra, entenda-se!!

Que cena é essa de "ai doi-me o joelhinho, vou ao hospital"; "ai vou fazer uma operaçãozinha ali, já volto" ???

Helloooo... dahhh... tu és uma extraterrestra, supõe-se que com tecnologia avançada, não há cá operaçõezinhas nem dorzinhas nem nada, vais à máquina e sais de lá com um amarelo resplandescente!!

Falsaaaaaaa!!!!

beijo d'enxofre

 
At 12:51 PM, Blogger Lívio said...

Sem comentários!

 
At 1:47 PM, Blogger TIGERJUMP said...

Alienzinha querida do meu coração.
Deves pensar que o mundo esta pejado de Dr. Houses a miraculosamente ( mas so apos muitas tentativas) curar as pessoas das suas maleitas.
Alias, cada vez mais me convenço que o SNS é uma versao gigante do House, pois ha muito doentinho a ir desta pa melhor, e desculpem-me os senhores doutores que eventualmente leiam isto, mas 99% seguiu uma carreira vocacional apenas para agora se andarem a encher no privado as custas do publico, exactamente por nao serem...eficientes o suficiente.
Quando ao teres sido tratada assim em paris é porque pensaram que eras magrabina e nao queriam ter a ala apedrejada caso achasses que nao tinhas sido bem tratada.
eu sei que sou mau, passa aqui pelo laboratorio que ja me encontro no dep. pesquisa de motores.
Bejokas

 
At 4:27 PM, Blogger Aragana said...

Então Alien? Não há hospitais lá no teu planeta?

LOL

A verdade é que ainda no outro dia ouvi uma história de uma amputação que ia sendo (IA SENDO) feita ao contrário...

 
At 5:56 PM, Blogger VICIO said...

como o assunto é o sistema de saude deixo aqui a minha marcação para comentar em condições daqui a 3 anos!

 
At 6:30 PM, Blogger mymind said...

realista claro! e infelizmente é msm como dizes, kem paga é mais gente do k os outros =/
bjtos

 
At 6:47 PM, Blogger Blossom said...

/

 
At 6:47 PM, Blogger Blossom said...

Bom fim de semana Etzinha :)

 
At 7:19 PM, Blogger pessoa said...

... e espera até se privatizar a saúde, que é o que está a acontecer.

Bj

 
At 7:21 PM, Anonymous julie said...

Tens razão!! O que me preocupa no sistema de saúde, é pensar que os médicos decobram tarde demais o que realmente o doente tem.
Eu digo isto por experiencia própria, felizmente o que eu tinha não era grave, mas demorou bastante tempo desde a minha primeira "crise" até a descoberta da origem da minha dor!!
E fui á faca, não tive medo mas devia!!
bjs
julie

P.S O pessoal tem razão, tu sendo Alien não havia "outra tecnologia" para resolver o teu problema?

 
At 9:24 PM, Blogger mitro said...

Arre!
Já sabem se forem operados a alguma coisa, escrevam na testa ao que querem ser operados!

 
At 10:32 PM, Blogger African Queen said...

É o que eu digo sempre, quanto mais estudo o continente africano, o mundo a que chamamos subdesenvolvido, mais acho que estamos quase, quase lá... só nos falta um bocadinho assim...
E neste caso específico, pensem só numa coisa: alguém que tem de prescindir da adolescência e dos primeiros anos de adulto para marrar para ter médias para entrar em medicina neste país, só pode ficar muito avariado da cabeça e salta uma data de fases da vida e deixa de construir uma série de competências importantes sobretudo sociais e humanas e isso dá-me medo... muito medo. Eu só confio num médico ou médica que tenha apanhado bebedeiras, experimentado drogas, viajado à boleia, vestido roupas esquisitas, feito penteados esquisitos, tido várias experiências sexuais, um ou outro problemazito com as autoridades... senão tenho medo... muito medo mesmo!

 
At 11:00 PM, Blogger Alien David Sousa said...

DEAR ANNA-LYS,
I would be surprised for real if your problem was a penis one ;)
It was nice hearing from you my crazy sweetish friend. I will stop by your place.
Kisses&Kram







Diabba,
Venenosa, eu explico. No hospital eles têm uns parafusos especiais lol

Até uma alien necessita de ajuda quando está longe de casa. Achas que eu tenho dinheiro para gastar em combustível e ir até ao meu planeta assim sem mais nem menos? NÃO! Não tenho venenosa! Muitas vezes sou obrigada a viver com o que a raça humana tem para me oferecer :|
Claro que depois quando vou de férias ao meu planeta, eles arranjam-me TODA hehe

FALSA ÉS TU!!! ( parecemos crianças) hehe
Beijinhos venenosa









Lívio, estás no teu direito
Saudações alienígenas





Tigerjump
Rui, meu amorzinho ( os outros que me perdoem, mas tu és mesmo o meu amorzinho de VERDADE, fora MUNDO VIRTUAL, é preciso fazer a distinção lol)

Não fiques com ciúmes, mas quem me dera que o mundo estivesse repleto de Dr. Houses. Eu ia adorar ;)
Mas, no texto eu não me refiro aos erros médicos, mas dou mais ênfase à forma como os doentes são tratados nos hospitais públicos e nos hospitais privados. É impressionante. Eu fui tratada que nem uma rainha num hospital privado, e que nem merda num público. Se pagamos somos reis, se não temos dinheiro somos o quê? É isto que me faz confusão. Entendes? Os erros existem, como o disse; tanto podem acontecer num privado como num público. O que acho revoltante é uma pessoa estar sujeite a determinadas coisas porque não tem dinheiro OU porque até acredita como foi o caso da minha mãe que naquele hospital se encontrava a melhor equipa cirúrgica para o caso dela e depois é que foram elas.

Lol para paris parvo
Não! Lá foi mesmo eficiência.

Conta com uma visita na próxima semaninha ;)
Beijinhos lindinho







Aragana,
Como disse à VENENOSA da DIABBA eu só vou até ao meu planeta nas férias. Fica caro por causa do combustível, assim, de vez em quando lá tenho de levar com uns parafusos terrestres ;) Mas fica descansada que depois são substituídos por outros alienígenas ;)


Essa do IA SENDO acontece. O meu médico disse-me se me perguntassem antes da anestesia para eu dizer qual era o joelho que ia ser operado lol
Beijinhos






Vicio, não sei se aqui vou estar dentro de 3 anos, mas se for o caso vou-te cobrar uma resposta.
Beijinhos viciante vicio






Mymind, pois é! Infelizmente, preferia estar apenas amarga.
Beijinhos






Blossom, bom fim-de-semana :)
Beijinhos





Pessoa, não sei o que esperar. Como as coisas estão não podem ficar. Algo tem de mudar. Para aqueles que têm o azar de frequentar os hospitais sabem que como as coisas estão não podem ficar...agora se vão piorar eu mudo de país ou planeta.
Kisses







Julie,
Tu és mesmo o meu outro EU nesse Universo paralelo. Comigo deu-se o mesmo. Os médicos demoraram muito tempo a descobrir o que tinha, por acaso até foi o médico em Paris a dizer o que eu tinha. Eu pensei que não era nada de urgente. E os médicos de cá concordaram, a diferença é que eu não sou médica e eles eram, deviam saber melhor, serem mais competentes e não terem deixado as coisas chegarem ao ponto a que chegaram.
Mas Julie, nem é por aí que eu vou. O pior no meio de tudo isto, que mais me revolta foi eu ter estado nos dois lados como já mencionei. Ter visto como se é tratado quando se é internado num hospital público e como se é tratado quando se está internado num hospital privado. No segundo é como se estivéssemos num hotel. No primeiro, muitas vezes tive EU MESMA de ir buscar uma arrastadeira para a pessoa que estava internada porque as assistentes não estavam para aí viradas...enfim...é revoltante.
Beijinhos meu outro eu






Mitro, não está mal pensado
Como já disse aqui. O meu próprio operador lembrou-me para dizer à equipa antes de me darem a anestesia qual era o joelho que ia ser operado lol
Saudações alienígenas





A.Queen, entendo o que dizes. É preciso viver. Humanizar os médicos. Mas não te esqueças de que não são só os médicos. Quando falo que fico revoltada quando comparo os Hospitais Privados com os Públicos, não estou a falar apenas dos médicos. Mas sim do serviço. Falo das enfermeiras, falo das assistentes. Entendes? Nos Hospitais Privados as enfermeiras e as assistentes tratam os doentes como reis e rainhas, nos hospitais públicos a coisa já não é assim. Sim existem boas enfermeiras nos hospitais públicos eu tive a terrível sorte de conhecer uma, mas existem outras que mais parecem ajudantes do diabo. E algumas assistentes que gostam de humilhar pessoas que estão acamadas. Sim! Humilhar. Não estou a exagerar. Quando eu disse que tive de fazer das tripas coração para a mãe Alien ter condições foi porque sempre que pude estive ao lado dela, para lhe proporcionar de tudo, porque sei que as assistentes são de humores. E para te dar um exemplo. Uma vez a mãe alien pediu uma arrastadeira e a Sr assistente disse que já trazia, o tempo passou, e a mãe alien aflita, voltou a chamar e nada, até que eu tive de correr pelos corredores à procura de uma. Quando encontrei um carrinho com várias, tirei uma. A senhora Assistente perguntou-me o que eu estava a fazer? Eu virei-lhe as costas e corri para o quarto, fui eu que coloquei a arrastadeira. Foi por pouco. Também fui eu que a tirei. Pensas que a senhora assistente foi até ao quarto? Nope! Se eu não estivesse de volta da mãe Alien, o pior tinha acontecido. Coisas como estas não acontecem nos privados porque lá és VIP, e isto é REVOLTANTE.
Enfim...algo está podre.
kisses Miss.A

 
At 11:16 PM, Blogger African Queen said...

Eu concordo! Juro! com tudo e tudo e tudo o que dizes, e preocupa-me muito também... estava só a tentar fazer-te rir um cadito para te animar.

 
At 1:18 AM, Blogger Diabba said...

Tu não és? (criança)

Mau, assim não brinco mais contigo!

beijo enxofrado

 
At 2:24 AM, Blogger Gaja Boa 2 said...

Tens toda a razão! Não sei como é lá no teu planeta, mas aqui na Terra é só injustiças....é só pra quem tem dinheiro!!!

bjs

 
At 2:43 AM, Blogger *Marta* said...

é dos temas que mais me enfurece :(
se começo a falar sobre isto nunca mais me calo e acabo a partir o pc na parede. É frustrante a ponto de me fazer bater os dentes...

Um beijo para ti apenas e não para esses pacóvios de médicos portugueses e do SNS em geral. Com rarissimas excepções que hão de ir para o céu o resto é escumalha.

 
At 2:52 AM, Blogger Alien David Sousa said...

A.queen, mas olha que fizeste TODO o sentido ;)
Beijinhos Miss A.





Diabba,
Eu bem me parecia que tu pensavas que ainda eramos crianças lol

Venenosa nós já somos ADULTAS!
Adultas que se comportam como crianças hehe

beijinhos venenosa doida
p.s eu tenho cá uma paciência para te aturar ;)






Gaja Boa2,
Antes de mais tenho de passar pelo teu cantinho para dar umas gargalhadas, já estou com saudades ;)

Sim, tens razão! A P%ta da injustiça dá-me cabo do sistema nervoso.
Beijinhos







Marta,
Nita, não dês cabo do PC. Só ias ter mais despesas, não vale a pena ;)
Vamos ter esperança de que um dia o nosso SNS deixe de ser de terceiro mundo. :|
Beijinhos lindinha
p.s vai um lolipop?

 
At 3:30 AM, Blogger Diabba said...

Tu fala por ti, velhota!!

Eu cá sou uma criança com 800 anos!!

Grunfffff

 
At 3:52 AM, Blogger *Marta* said...

Mas olha, quanto ao telegrama, é verdade, se cortarem a pila ao manel eu cá nao me ralo nada.

(nao era a pila dele que tava cheia de baton?)


ja cá na touuuu

 
At 4:12 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Diabba, a quem estás tu a chamar velhota? Só porque tens menos 100 anos do que eu!!!

Tu tens é MANIA SUA VENENOSA!!! ;)

Beijinhos





Marta
Nita,
Recebo uma SMS tua e fico logo a tremer. Abro o Blogo a tremer e leio este teu comentário LOL

"(nao era a pila dele que tava cheia de baton?)"

Imagina se o baton era da esposa? ;) hehe

Coitada! Agora, já não tem com o que brincar :|
Beijinhos minha Nita doida
p.s tu e a Diabba fazem um belo par

 
At 4:26 AM, Blogger *Marta* said...

A esposa nao é para aqui chamada. Entao o manue doliveira nao faz filmes eróticos? ó nita vê se cresces. Ah tremes com as minhas sms? na partas a sanita hehehe

vou pro morpheuu smakkk!!!

 
At 4:44 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Marta,
Nita, estás baralhada lol É do sono. Esse tal Manuel de Oliveira faz uns filmes que dão sono...tipo como tu estás agora. ;)

Quanto à SMS, quando a li já não estava na casa de banho. lol Bolas tu revelas tudo AQUI nesta caixinha. Eu li a SMS depois de sair da casa de banho e sim tremi por aquilo que tu escreveste na SMS lol

És mesmo parvinha lol
Vai lá dormir minha Nita doida
Beijinhos Lindinha

 
At 5:12 AM, Blogger Karl Macx said...

Nesta m#rd* de país até ficar doente é proibido.

Esses filhos da p&ta que andam aí a mamar às nossas custas deviam ser injectados com vírus perigosos (para eles, claro está) e reencaminhados para os hospitais públicos, onde as palavras LISTA e ESPERA nunca fizeram tanto sentido como agora...

Ou então enfiar-lhes um pinheiro pelo cu acima até que eles cuspissem serrim...

O que eles preferissem...

Bjs, sua alien "sou-de-outro-planeta-mas-afinal-gramo-a-pastilha-como-todos-os-outros-nos-corredores-dos-hospitais".

;)

 
At 7:10 AM, Blogger Belzebu said...

Ui, que até doeu! Então corta-se assim o pendericalho ao homem, assim por dá cá aquela palha e não rolam cabeças?(para além daquelas que já rolaram).

É assim uma coisa do género de...Ah e tal a senhora tinha joanetes, mas achamos que sem pézinhos as probabilidades reduziam-se a zero e então...tunga!

Ou então...Ah e tal essa orelhita nunca segurou o auricular e achamos que estava a mais e então...tunga!

Ora porra, não serão tungas a mais?

eheh!! Aquele abraço infernal!

P.S. Chama-me parvalhão, vai!

 
At 8:10 AM, Blogger Raposa Velha said...

Bem se vê que és uma Alien :D Atãos não vês que já o outro dizia que isto não é um país, é um lugar mal frequentado? :)))


Outra coisa: se tens dúvidas existenciais, recomendo a audição do último programa «Dias do Avesso», da Antena 1, onde muitos bloggers poderão esclarece-las. Link/transcrição no Fliscorno.

 
At 3:56 PM, Blogger  said...

alien num hospital? interessante lol

 
At 4:57 PM, Blogger Nomyia said...

Dear Alien...
Nem é preciso imaginar, a minha mãe teve de ser submetida a uma cirurgia no braço esquerdo e no pré operatório estavam a preparar o braço direito... Não fosse a minha mãe ter perguntado porque estavam a mexer no braço errado, teria havido asneira das grandes!

PS: Quebrei jejuuuuuuuuuuuuuuum.Estou de voltaaaaaaaaaaaaaaaaa
*****

 
At 5:51 PM, Blogger Hindy said...

Merecemos ser respeitados como cidadãos... hoje também estou revoltadíssima mas com uma situação profissional que me diz respeito!
Podes conhecê-la no meu cantinho...

Beijinho hindyado

 
At 6:06 PM, Blogger Confúcio Costa said...

Acordar é, nada mais do que isso, um profundo estado de sonambulismo.

Abraço.

 
At 6:07 PM, Blogger White_Fox said...

Dear Alien,

Penso que as condições que temos no sistema de saúde público não vão melhorar muito nos próximos anos...
Concordo plenamente quando dizes que quando vamos a um particular somos muito melhor atendidos do que num público (pelo menos é muito mais rápido).
Que não pagavas em Paris não sabia! Tenho familiares que vivem lá e que pagam na altura, mas depois recebem o dinheiro! E aqui? Bem, aqui pagamos tudo e mais alguma coisa (é claro que quem tem ADSE paga menos, mas eu como não tenho lixo-me um pouco mais).
Será que vem aí algum D.Sebastião para nos salvar? (loooooooooool)

 
At 6:24 PM, Blogger ah e tal (c) said...

"Quando estava prestes para entrar para a sala de operações para que lhe fosse removido um tumor que se encontrava instalado perto do cérebro, tendo ao seu lado uma senhora de certa idade virou-se para a terrestre e perguntou que raio lhe iam fazer. Esta respondeu que ia ser operada à perna. Ele com uma cara muito séria virou-se para a velhota e disse: só espero que não me operem a mim à perna e a si ao cérebro! "


O_O

 
At 11:14 PM, Blogger Grão Vizir said...

caramba se existir incompetencia como a dessa carta....:0

Mas realmente com os teus metodos alienisnicos nao podias fazer uns abracadabras que resulvessem essas situaçoes? Es uma alien da classe baixa ja vi eheheh

 
At 11:17 PM, Blogger Grão Vizir said...

uma ultima palavra de apreço em relaçao ao teu paleio com a diabba que costuma ter sempre piada! ,apesar de ja nao a visitar devido a uns desentendimentos...

 
At 12:11 AM, Blogger Fábula said...

eu não acho mal que se pague alguma coisa por serviços de saúde prestados por uma entidade pública. já essa diferença que mencionaste entre o tratamento dado no serviço público e no privado, bem, isso é que não se percebe, até porque os médicos do privado trabalham no público... :p

 
At 7:47 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Karl,
"Nesta m#rd* de país até ficar doente é proibido"

LOL
É mau, mas tenho de rir.

"Esses filhos da p&ta que andam aí a mamar às nossas custas deviam ser injectados com vírus perigosos (para eles, claro está) e reencaminhados para os hospitais públicos, onde as palavras LISTA e ESPERA nunca fizeram tanto sentido como agora..."

Karl, não podia de estar mais de acordo. Nós pagamos a porcaria dos impostos e para quê? Para ano após anos ouvirmos promessas falsas de que as coisas vão mudar. De que existe um "plano x" ou um "plano Y" que vai mudar tudo. E há quanto tempo andamos a ouvir estas promessas? O que mudou? Nada. É revoltante. E o que mais chateia é a forma como estes senhores vão para os media dizer que se estão a fazer progressos, aonde? Só se for no meu planeta. Sim Karl, deviam de ser injectados com vírus perigoso.
Beijinhos







Belzebu,
Antes de mais Diabinho, parvalhão é uma forma carinhosa de eu te tratar :P

"senhora tinha joanetes, mas achamos que sem pézinhos as probabilidades reduziam-se a zero e então...tunga!" LOL LOL

És mesmo Parvo!

"essa orelhita nunca segurou o auricular e achamos que estava a mais e então...tunga!" LOL LOL

E depois não queres que te chame meu parvalhão lol

Tu sabes o quanto me divertes. Especialmente quando preciso.;)
Beijinhos meu diabinho







Raposa Velha,
"não vês que já o outro dizia que isto não é um país, é um lugar mal frequentado? :)))" LOL

Mal frequentado também por nós ;)

Irei ao teu Blog Raposa.
Kisses







Zé, quando se vive neste planeta, temos de nos sujeitar a muita coisa.
Beijinhos








Nomyia,
Bolas uma boa notícia, estás de volta!
Ainda bem que a tua mãe falou. Mas olha eu já o mencionei aqui, mas o meu operador aconselhou-me a avisar a equipa antes de levar a anestesia sobre qual era o joelho que ia ser operado, por isso parece que o caso da tua mãe não é assim tão raro.
Beijinhos
p.s Mito urbano JÁ! ;)







Hindy, irei conhecer a tua situação.
Beijinhos






Confúcio Costa,
Como sempre, palavras sábias.
Saudações alienígenas & kiss







FOXY,
"Penso que as condições que temos no sistema de saúde público não vão melhorar muito nos próximos anos..."


O triste é que já andamos nisto há tempo demais. Os nossos avós já sofriam e nos continuamos a sofrer. Será que os nossos netos vão continuar...

"Será que vem aí algum D.Sebastião para nos salvar? (loooooooooool)"

É mesmo para dar uma boa gargalhada
Beijinhos Foxy







Ah e Tal,
Maninha, esse excerto que retiraste do texto não foi inventado. Aconteceu mesmo. Como expliquei no texto, veio-me à cabeça quando vi a imagem, quando estava a escrever sobre tudo o que está mal no nosso sistema de saúde. Lembrei-me desse meu amigo que tem um sentido de humor único e que em vez de estar com medo de morrer por ir ser submetido a uma séria operação encontrou dentro dele forças para fazer uma piada. Claro que após, nos fartamos de rir e lhe disse-mos que podia ter causado um ataque cardíaco à senhora, mas ele riu e disse que brincou com ela após o comentário. Mas para quem ia ser operado ao cérebro ter-se saído com aquela, foi demais.
Beijinhos lindinha








Grão,
"Es uma alien da classe baixa ja vi eheheh" lol

Vê lá se ainda te mando para outro planeta ;)

Eu não tenho nada com isso, mas a venenosa é uma excelente diabba (não lhe digas que o disse) por isso tenta fazer as pazes com ela. Mas não me menciones. Não quero problemas, gosto muito dela.
Beijinhos







FAB," bem, isso é que não se percebe, até porque os médicos do privado trabalham no público... :p"

Pois FAB, só que no PRIVADO eles recebem bastante por cada operação que fazem, por cada consulta que dão, enquanto que no publico a coisa já não bem assim. Enfim....
Beijinhos

 
At 2:47 PM, Blogger Diabba said...

Oh amarela vais-me desculpar mas...

Oh Grão Vizir, que desentendimentos??

Olha que lá por ter 800 anos, tenho muito boa memória e não me lembro de desentendimento nenhum...

Mas ok... é oficial? estamos desentendidos?? boa! hihihihihihi

 
At 2:50 PM, Blogger Diabba said...

PS: vou fingir que não li a tua resposta ao Vizir!

Devias estar sob efeito de algum cogumelo manhoso que andaste a trincar!

beijo d'enxofre

 
At 3:06 PM, Blogger Patricia said...

É incrivel alien como em paris somos tratados como reis e em portugal...prontos eu tenho 13 anos e ja tenho de pagar consulta!!!
Devia ser aos 18 ou aos 20 que deveria pagar mas nao la teve a minha mae de pagar uns ricos 10 eurinhos.Para muita gente pode ser pouco mas pra a minha familia uma nota 20 é uma fortuna...
E ainda por cima o problema que tinha nao se resolveu...Que lata!!!
Isso do penis achei piada e ao mesmo tempo pena o pobre do homem ja nao tem com que brincar...
Só por causa de uns medicos que ate o dr.house que nao vida real que nem é medico ultrapassa-os!!!
Beijos

 
At 6:28 PM, Blogger *Marta* said...

por estas e outras coisas é que me vou embora daqui a uma semana

weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

smackkk

 
At 8:20 PM, Blogger ah e tal (c) said...

Achei o gajo genial mana!!!!

acho que brincar num momento daqueles é uma cena mta frita!!

o gajo está muito à frente!


beijos querida!

 
At 9:33 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Diabba,
Minha adorada (OR NOT) Venenosa, não sei a que desentendimento se refere o Grão Vizir.

"Mas ok... é oficial? estamos desentendidos?? boa! " LOL

Não faço a mínima ideia do que se passa e pelos vistos tu também não. Assim sendo, se ele ler isto, que vá resolver as coisas NO TEU INFERNO (na tua casa) ;)


"PS: vou fingir que não li a tua resposta ao Vizir!

Devias estar sob efeito de algum cogumelo manhoso que andaste a trincar!"

LOL

Sim! Estava um pouco tonta, tinha tomado uns comprimidos para a gripe, por isso tudo o que eu disse sobre ti não pode ser levado em conta lol
Sabes do ódio que te tenho por me infernizares a vida a toda a hora!!!! Sua venenosa das profundezas do inferno ;)
Beijinhos hehe
p.s está melhor assim?








Patricia,
"Para muita gente pode ser pouco mas pra a minha familia uma nota 20 é uma fortuna"

Pequenina ;) não é só para a tua família que uma nota de 20 euros é uma fortuna. É por isso mesmo que este sistema de saúde está podre, um dos motivos se não o principal, é que não protege quem realmente necessita. E quando quem necessita tem de esperar anos e por vezes quando chega a altura muitas dessas pessoas já cá não estão. É triste, é porque algo está mesmo podre.MESMO.
A do pénis é uma brincadeira, mas que já ouvi casos muito bizarros já!
Beijinhos









Marta
Nita, tu não consegues estar sossegada. Não paras um segundo!
Im going to miss you :(
Beijinhos minha Nita viajante
p.s Desta vez sou eu que peço: quero um lolipop!









Ah e Tal
Maninha, eu já te falei dele. Lembras-te de ter mencionado a Sofia e o Paulo? ;) Ele é demais!
Beijinhos Linda

 
At 1:54 AM, Blogger Musa said...

Nem eu diria melhor...(isto é o que eu digo sempre que fico sem palavras.)

 
At 2:59 AM, Blogger Grão Vizir said...

Houve algo que aconteceu...mas...nao quero falar sobre isso...pormenores...detalhes que francamente ja nao me incomodo minimamente...

 
At 3:33 AM, Anonymous Anonymous said...

Alien, houve,
imprime, mete num envelope e endereça ao Correia de Campos. Ele ia amar receber um telegrama com a informação de amputação de pénis.
Aposto que levaria a mão ao dito?
crt

 
At 9:53 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Musa, pois...que dizer? A palavra podre é sempre aquela que vem à cabeça com mais frequência, vá se lá saber porquê?
Beijinhos






Grão Vizir,
São coisas tuas e eu não tenho nada a ver com isso meu amigo. ;)
Beijinhos





CRT,
Só teres mencionado o nome nosso MS deu-me um arrepio.:|
Mas olha que a tua ideia não é má de todo, o telegrama podia servir tipo ameaça...será que ia resultar? ;)
beijinhos
p.s Adormeceste!! Estive 1 hora no meu Jeep à porta da tua casa a buzinar que nem uma doida e nada. :|

 
At 11:54 PM, Anonymous julie said...

Fui operada num hospital público e até fui bem tratada, e o médico que me atendeu no dia em que descobriram o que tinha, era como o Dr.House porque se interessou em descobrir o meu problema.

Quanto ao teu amigo, deve ter mesmo um grande sentido de humor!!
Assim é que é, não se deixar vencer pelos problemas porque mais graves que sejam e lutar sempre (bem, nesta última parte acho que exagerei).

bjs
julie

 
At 12:33 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Julie, tiveste sorte por teres encontrado a versão portuguesa do Dr. House (já deve ter emigrado). Ainda bem para ti, meu outro Eu.

Quanto ao meu amigo, não exageraste NADA, mesmo nada. Ele tem uma força incrível e um sentido de humor único. Quando nos contou o que tinha dito à senhora nós não queríamos acreditar. Fartamo-nos de rir. Pobre mulher. lol Mas ele depois lá brincou com ela, não fosse ela ter um ataque de coração com aquela piada dele :)
Enfim, beijinhos meu outro eu
P.S. tudo bem nesse universo paralelo?

 
At 1:04 AM, Blogger Miudaaa said...

Bem o que dizer sobre este assunto, já que os hospitais tornaram-se a minha segunda (primeira, acho) casa...

Quando os meus Pais eram mais miudos, não haviam os seguros de saúde, com que alguns de nós hoje em dia somos presenteados, quer pelas empresas onde trabalhamos, quer pelas ofertas que por aí pairam e que possibilitam a hipótse de recurso à privada.

Curiosamente tenho que afirmar que face ao panorama nacional, fui fortemente presenteada, bem como os meus pais, com GENTE MUITA BOA, a nível profissional e pessoal. O mesmo já não posso dizer do sistema em si, ou seja do funcionamento de consultas, tratamentos, etc...

Sim, os hospitais passaram a ser a minha primeira casa, desde o momento que uma consulta, entre o tempo de chegada, consulta e saída demora aproximadamente 2h, 3h, 4h o mesmo 5h.

Haja Paciência.
Tenho feito o meu PaPel, escrito e escrito, pedido o Livro de Reclamações e mencionado muito do que não concordo, sempre com um único intuito, não dizer mal, mas ainda com a velha e doce esperança que percebam que não é tão dificil assim MELHORAR.

Beijo na minha amarela preferida da blogosfera!!!

 
At 7:56 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Minha Miuda,
O problema é que TU bem podes reclamar mas nada é feito. Quantas cartas TU já mandou? Nada muda! Nada. A minha mãe foi operada num hospital público e se eu me desse ao trabalho de escrever a reclamar sobre tudo o que se passou e não devia de ter passado eu teria passado horas ao computador e para quê? Para alguém ler as primeiras linhas e mandar a carta para o lixo.
Eu não acredito neste SNS minha miuda...respeito que TU tenhas paciência para o fazer, acreditam que sim. Mas para mim seria uma perca de tempo.

TU É uma eterna optimista minha miuda :D
Beijinhos grandes em TUUUUUUUU BIG ones

 
At 8:18 PM, Blogger Seamoon said...

Bom ..querida alien,só para subscrever e concordar com o que escreves neste texto...5a feira passada passei por uma experiencia surreal,dei entrada de ambulancia nas urgencias do hospital..estive tres horas ate alguem chegar ao pé de mim,o que me safou foi um enfermeiro amigo a quem fizeram um telefonema para ir ver o que se passava,vi coisas naquele corredor de corpos que nem me quero lembrar..pena de quem precisa de ir a um hospital..mesmo.
bjs

 
At 3:03 PM, Blogger aquelabruxa said...

é horrível, quase sempre que tenho de ir a um hospital ou notário em portugal não sei se hei-de fazer-me de estúpida e ser educada mas pertinente, ou ceder à tentação de lhes chamar grandes mal criados e desumanos e sei lá mais o quê. mas qualquer uma das duas opções normalmente resulta melhor que não fazer nada.
como sempre, acho que a culpa é dos governos.

 
At 3:55 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Seamoon,
"vi coisas naquele corredor de corpos que nem me quero lembrar..pena de quem precisa de ir a um hospital..mesmo."

Ainda bem que nada de mal te aconteceu. Eu também já estive muitas vezes nesses corredores. Um vez até tive de fugir e entrar por a porta das urgências para achar a minha mãe já que ninguém dizia nada há horas e horas. E não arredei pé quando a encontrei no corredor, eles bem que me mandavam embora e eu fingia que ia.
Enfim, algo está muito mal. Só para veres uma velhoa lá no corredor gemia de dores e FUI EU que tive de chamar a atenção de uma enfermeira que me disse: ah ela já está assim há horas.Só me lembrei da minha falecida avó e tive vontade de mandar a enfermeira para a PU%A que a pariu!

Adiante...isto está podre, o nosso SNS
Beijinhos





Aquelabruxa

"como sempre, acho que a culpa é dos governos."

Eu não ACHO! Eu tenho a certeza. Tantas mudanças que são apregoadas e nada muda, tudo na mesma como sempre.E nós, pagamos os nossos impostos para sermos tratamos como cães...pior, porque esses são mais bem tratados nos veterinários do que nós nos hospitais.

Beijinhos

 

Post a Comment

<< Home