Thursday, September 20, 2012

destqque1.jpg
 
 
 
Ando confusa...
 
e passo a explicar o porquê, mas antes deixem-me que vos diga que sou capaz de encontrar argumentos a favor ou contra cada uma das possibilidades que passarei a mencionar.
 
Para vos confundir tanto quanto ando confundida, vou explanar neste texto, argumentos - aleatoriamente - que se vão contradizer.
 
A palavra de ordem no momento é : emigrar; v t emigrar [imi'grar] deixar o seu país para ir viver noutro. Definição de Emigra - Classe gramatical de emigrar: verbo transitivo.- Sinónimos de Emigrar homiziar:v. t.Indispor.Intrigar, (p. us. nestes sentidos).Dar guarida a. Acceitar. Esconder acção da justiça. Esconder; encobrir.
 
O primeiro aspecto que pretendo realçar neste texto, sublinhar mesmo é: a crise pela qual estamos a atravessar, é global! Olhando para um país como os Estados Unidos verificamos que estão neste momento a passar pela segunda maior crise económica da sua história. Não mencionei os USA à toa, o motivo é simples: a terra prometida, onde os sonhos se tornam realidade está a tentar sobreviver, não anda nas nuvens, tens os pés assentes na terra. U.S.A = Crise. Sentem-o na pele.
 
Portugal. Não existem empregos, a carga colocada nas costas dos portuguesas é por demais pesada. Que fazer? Vamos embora, para um lugar qualquer, esperem...Espanha não convém a a taxa de desemprego é maior do que a nossa, mas também são mais, França não é aconselhável, Itália ( gargalhada)...holanda? Não é um país pequeno demais para caberem 10 milhões de emigrantes? Esperem...uns tem de ficar!
 
 
Canada0.png

Não confundir emigrantes com imigrantes. Estes Cartoons são brasileiros. Só pode.

Estes têm mesmo de ficar por cá a receber uma pensão miserável após terem passado uma vida inteira a trabalhar e descontar para o estado.
Inglaterra? Com o custo de vida que se pratica por aquelas bandas, não me parece inteligente.

Bora todos para África! Espera lá, até os países africanos já começaram a cortar nos ordenados milionários aplicados aos emigrantes.


Canada3.png

Canadá. São tidos como um povo simpático, mas irão eles abrir de braços abertos as portas a emigrantes que podem muito bem roubar postos de trabalho aos nativos. Hmmm...esta merda de pensar dá trabalho.

E ficar por cá? Ir à luta como sei de casos de famílias em que ambos os terrestres têm dois empregos? Porque, agora apetece dizer: não entendo como existem pessoas que falam em emigrar mas recusam trabalhos aqui, em Portugal. Ir construir casas lá para fora está-se bem, por cá aplica-se um nome como se fosse depreciativo : andar nas obras, ser um mero trolha.

Pronto, não berrem. Não existem vagas para os professores que querem trabalhar. E estes já pensaram num plano B, como ir trabalhar para centros de explicações, dando outras em casa para ajudar? Não me apedrejem, estou apenas a pensar em voz alta.

Canada1.png

Neste caso não me parece justo para os outros emigrantes, gostosas e abrem-se as portas.
Jovens que têm de emigrar, epá só lhes vai fazer bem, vão perceber que somos muito pequeninos e que existe um mundo, de merda ou não, para descobrir.

Tenho uma questão que os meus dois neurónios instáveis não conseguem decifrar: se a maioria emigrar, quem vai meter as mãos à obra para restaurar a economia portuguesa?

Então como ficamos : morremos à fome mas não abandonamos o barco, ou fazemos como os ratos? Morrer à fome não tem piada, ir para águas incertas terá? Por vezes penso: nós temos plena consciência da bosta aonde nos encontramos, mas e nos outros lados? , a merda é menor ou maior.

Vou ter de ler sobre o assunto.

Existe no entanto algo que me faz muita confusão nos portugueses. A falta de memória de quem nos colocou neste buraco juntamente com o estado da economia mundial. Pois é, anda lá pelo museu de Rodin, a passear.

Para finalizar, este meu raciocínio confuso. Não sei para que lado a balança pende. Mas, acredito que é uma opção de cada um, descobrir o melhor caminho. Não se esqueçam de uma frase que acho piada:

Enquanto os humanos fazem planos, Deus ri-se!

Canada5.png

Eu, vou lutar por cá. Esta bosta eu já conheço. E o que penso vale pelo que vale, que é como dizer; muito pouco.

Mas isto sou só eu

17 Comments:

At 5:54 PM, Blogger Ceridwen said...

Alien: não me parece que as pessoas recusem trabalhos braçais cá por vergonha ou por os considerarem socialmente indignos. Creio que é mesmo pelo facto de serem muito mal pagos - daí preferirem ir para fora para os fazer. Não acredito que a maioria dos/das desempregados/as recusasse um trabalho não qualificado caso fosse razoavelmente bem pago. Também me parece que a opção das explicações não é muito viável: além da enorme concorrência - o que torna muito difícil conseguir explicandos/as - há que ter em consideração que muitas famílias pura e simplesmente deixaram de poder pagar este tipo de apoio escolar.

 
At 12:14 AM, Blogger Alien David Sousa said...

CERDIDWEN

Concordo contigo, eu avisei que conseguia arranjar argumentos para ambos os lados. Quanto aos professores irem para centros de explicações, mencionei o facto porque conheço uma pessoa que dá explicações em dois centros, um na Av de Roma, outro em Benfica.
Para finalizar, e como te disse condordo, quero apenas deixar a questão: mesmo sendo mal pagos, não será melhor um " trolha" ficar por cá do que ir para fora ganhar mais e estar longe dos que ama? EU cá não sei o que faria...estou apenas a tentar trocar ideias aqui. Sim, isto não pode ser sempre um blog "avacalhado"
kisses

 
At 7:09 PM, Blogger Fliscorno said...

Eu não sou propriamente um exemplo mas há uma solução que, surpreendentemente, nunca é colocada pelos milhares que lastimam a sua sorte: e porque não tomar o poder?

Afinal de contas, se discordamos da forma como o país está a ser conduzido, se vemos alternativas que nunca são equacionadas, a solução óbvia não será chegar ao poder e mudar o status quo?

Tomar o poder significa partidos. Dos com assento parlamentar, não me revejo em nenhum. Outros talvez se revejam em algum. Uns e outros podem inscrever-se num partido ou criar um novo.

O que não faz sentido é queixarmos-nos do nosso destino e, ao mesmo tempo, depositá-lo nas mãos daqueles em que não confiamos.

(Pronto, já vou ali tasca encher a jarra do tinto por forma a recuperar o meu habitual registo de comentário hehehe)

 
At 7:10 PM, Blogger Fliscorno said...

PS: vai lá espreitar a minha última bonecada :)
http://aventar.eu/author/fliscorno

 
At 12:19 AM, Blogger Alien David Sousa said...

FLISCORNO

Meu querido Flis, fico com um bocado de medo quando oiço/leio que o povo deve tomar o poder e isto porquÊ?
Porque o povo sabe refilar -com razão - mas depois quando de vê no poder temos ditaduras e situações complicadas porque não sabem o que fazer assim, surge sempre um XICO-SALAZAR que se apodera do país.

Quando a formar um novo partido....hmmm as pessoas nem se entendem no que diz respeito às coisas mais básicas, como o irão fazer dentro de um partido que sabemos de antemão que não terá representatividade na Assembleia.

Concordo no entanto que algo tem de ser feito, reclamar apenas não nos leva a lado algum.

"Pronto, já vou ali tasca encher a jarra do tinto por forma a recuperar o meu habitual registo de comentário hehehe"

LOL

Bebe muiiiiiiiiiiiiito porque eu adoro o teu tipo de comentário. Continuo a achar um crime teres fechado o teu blog.

Ok agora vou ver a tua bonecada...já estou a sorrir e ainda não vi nada. É o efeito AXE...sorry efeito FLIS--
Beijinhossssssssss

 
At 1:07 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Gostei de saber que ainda mexes

lol
beijos

 
At 3:02 AM, Anonymous Anonymous said...

Obviamente!
Portugal só é viavel com 3,5 milhoes de bocas...

OPIUM99

 
At 1:01 PM, Blogger Rafeiro Perfumado said...

Se emigrares dou-te um conselho: não tentes ganhar a vida a fazer bonecos... Beijoca!

 
At 11:56 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Anónimo

Isso é uma prespectiva PÉSSIMA! Mas quem sabe se não tens razão :O



RAFEIRO PERFUMADO

LOL

É uma promessa! ;)
kisses

 
At 3:38 AM, Blogger Felina said...

Resumindo e concluindo vamos mas é arregaçar as mangas e trabalhar, consumir só o que é produzido em Portugal e ficar de olho nos ladrões e oportunistas

(Esqueceste te de mudar o leite, em 4 dias ficou estragado)


Beijoca

 
At 6:19 PM, Anonymous Anonymous said...

Algumas alternativas seriam: Alemanha, Luxemburgo ou Suissa.
E concordo que é melhor não virem para França (detesto concorrência).
Bjos
Gemini

 
At 11:47 PM, Blogger Alien David Sousa said...

FELINA

Gata. tu quando queres dás-lhe forte! Talvez seja mesmo esse o caminho...talvez?, MESMO!

QUanto ao leite. Deste duas lambidelas no leite e não lhe tocaste mais...achas que tenho dinheiro para andar a comprar leite a toda a hora??? Ai , ai, ai...

Festinhas

GEMINI
Países frios, não é comigo...quanto a FRança....meus deuses do Universo. O Racismo contra os emigrantes está forte por esses lados.

Se alguém te faz mal...eu...eu...eu...passo-me! Vai tudo à minha frente!
Beijinhos M.
Miss you so much, to tell you all I need, i know you are still waitting for the news, but its been nuts.

 
At 5:59 PM, Blogger Vício said...

hás-de me dizer o que é que tens contra os brasileiros!!
é por eles... (é melhor não dizer)

qual é o país que quer velhos imigrados?
até em portugal se gosta de ver ucranianas jeitosas...

 
At 12:11 PM, Anonymous Anonymous said...

é verdade que a xenofobia aqui é uma realidade. Mas os franceses estão divididos nessa:
- uma minoria defende de forma mais ou menos justificada porque querem que os estrangeiros se fiquem pelo estrangeiro,
- outros não se consideram racistas mas fazem comentàrios carregadinhos de preconceitos (porque nasceram rodeados deles) sem mesmo se aperceberem
- outros ainda tentam de tal forma sobrecompensar o racismo generalizado, que acabam por se encontrar em situações ridiculas no outro extremo (a permitir tudo, por medo, nomeadamente o de ser chamado "racista")

E, claro, que também hà pessoal porreiro aqui.

Obrigado pelo sentimento (quase maternal ;-P ) de protecção da minha pessoa.

As for the rest: I just hope my humble advises didn't make things worse. I'll be here to hear/read everything you may want to say, when you are ready :)

bjos
Gemini

 
At 1:14 AM, Blogger Alien David Sousa said...

VICIO

Como é bom ter-te de volta :)

"ucranianas jeitosas"

Não podia de deixar passar esta sem um LOL

Beiijinhos viciante vicio


GEMINI

Realmente quem vive aí pode fazer um comentário tão certeiro. O que eu sei vem das bocas de amigos que aí vivem.

"Maternal"

Hmmmm and i had the impression we were having an affair lol

Beijossssssssssssssssss
p.s your advices helped, i guess we just have to make choises and see what really matters...anyway you will know soon, promise.

 
At 5:50 PM, Blogger ► JOTA ENE ◄ said...

Decididamente, penso que sim. O meu 'puto' acaba o curso dentro de 2 anos e seguramente a única certeza que tenho, é que ele não fica por cá, com muita pena minha :(

 
At 12:26 AM, Blogger Alien David Sousa said...

JOTA

Espero sinceramente que o teu rapaz fique por cá, que tenha condições para ficar. É que as coisas também não estão fáceis lá fora.
Beijinhos jotazito

 

Post a Comment

<< Home