Wednesday, September 26, 2007

Image Hosted by ImageShack.us
-
Amor de Mãe
-
Sempre fui uma Alien virada - às vezes do avesso - para as artes. Desde pequena que demonstrei aptidão para o desenho e incentivada pela minha tia, lá ia desenhando pequeninos aliens que apontava à posteriori como sendo os respectivos membros da nossa família. Fui desenvolvendo o meu traço e descobrindo seres que realmente sabiam desenhar e pintar. O engraçado é que a arte é algo muito subjectivo. Hoje, meus queridos terrestres quero falar de algo que para mim é arte, quando executada por verdadeiros mestres. As tatuagens.
-
Já estou a imaginar a cara de alguns de vós. As tatuagens? Isso é coisa de presidiários Alien! Sim é! Se nunca viram uma tatuagem bem executada , se nunca viram uma tatuagem que parece uma verdadeira fotografia, ou uma reprodução de um quadro.
-
Vamos a apresentações. Esta é a equipa da Miami Ink.
Image Hosted by ImageShack.us
Ok! Feios, porcos e maus dizem vocês. Mas eu acrescento: com muito talento.
Image Hosted by ImageShack.us
Ami - O rebelde. É sócio da loja e um excelente tatuador. Consegue ser insuportável por vezes, mas é humano, dou-lhe um desconto. Aquelas mãos já produziram tatuagens de me deixarem de boca aberta e nenhuma delas dizia: amor de mãe
Image Hosted by ImageShack.us
Chris - É um génio, é como o vejo e não sou só eu. A sua reputação é tal que certos terrestres viajam quilómetros apenas para serem tatuados por ele. Adora a arte de tatuar chinesa e é um mestre nesta área. É graças a ele que a loja adquiriu uma extraordinária reputação.
Image Hosted by ImageShack.us
Nunez - O outro sócio. O sex symbol para as terrestres de Miami. É outro excelente tatuador, tal como Ami, apesar de ambos terem consciência de que Chris é a estrela que mais brilha naquele universo. Já o vi passar para o papel certas ideias de clientes que pensei serem impossíveis de executar.
Image Hosted by ImageShack.us
Daren - A simpatia. Já o vi refazer 4 vezes um desenho que estava perfeito da primeira vez. Não deve de haver nada mais frustrante para um artista do que saber que aquele era o esboço ideal e ter de o alterar, porque o cliente não gostou, mas são ossos do ofício. Já o Ami quando não gosta das alterações que o cliente pretende recusa-se a fazer a tatuagem. O Daren é a paciência em pessoa.
Image Hosted by ImageShack.us
Yoji - O aprendiz - Só faz porcaria. Ultimamente lá tem feito umas coisinhas, mas sempre com a equipa toda de volta dele. Já tatuou um porco, já tatuou Daren - o seu colega - e já fez sofrer uma cliente durante 8 horas por uma tatuagem minúscula. Enfim, é um elemento que por enquanto serve mais como entertainer.
Image Hosted by ImageShack.us
Kat - A rival de Chris. A genialidade no feminino. Apesar de ainda ser nova, Kat é quem está mais perto da genialidade de Chris. Nem ele consegue tatuar a preto e branco como ela. A sua especialidade são retratos. Para aqueles que sabem desenhar, têm a noção do quanto é complicado pegar numa foto de alguém e passar essa figura para o papel. Pois bem, esta menina, desenha a pessoa que se encontra representada na foto no corpo do cliente e, fica igual. É impressionante. Se isto não é arte, então eu tenho de rever o meu conceito de arte, porque uma bola a rodar com luzes à volta a quem alguém chamou de instalação, para mim também não é arte.
-
Antes de vos dizer porque carga de água decidi apresentar estes meus amiguinhos. Quero que dêem uma vista de olhos por estas tatuagens. E sim, são tatuagens.

Image Hosted by ImageShack.usImage Hosted by ImageShack.us
-
Image Hosted by ImageShack.usImage Hosted by ImageShack.us
-

Para aqueles que afirmam a pés juntos que tatuar não é uma arte, eu peço-lhes que peguem num lápis e tentem passar para o papel estas tatuagens que eu aqui coloquei. Se a muito custo conseguirem, pensem como seria se o tivessem de fazer com uma máquina instável que tem na ponta uma pequena agulha.
-
Abordando agora o outro lado da moeda. Os tempos mudaram. Mas a discriminação ainda existe. Para quem gosta de fazer tatuagens e para quem as faz. É uma triste realidade. No verão dá gozo exibir as tatuagens - quem as tem - , mas no Inverno se for o caso de se andar à procura de emprego, convém esconder bem escondidinha a tatuagem - ou as tatuagens - porque estas ainda definem aquela pessoa como alguém que não é de confiança. Nos dias de hoje, os terrestres ainda são definidos pela paixão pelas tatuagens. E de uma forma nefasta.
-
Até entendo que ter a cara tatuada não fica bem quando estamos numa reunião de negócios, agora, perder um emprego porque o entrevistador vislumbra uma tatuagem no pulso do entrevistado. Isso já não entendo!
-
Cada vez mais as tatuagens fazem parte da nossa cultura e, se os terrestres vão continuar a ser descriminados por terem no seu corpo uma tatuagem dedicada a um familiar que já faleceu ou por terem no seu corpo uma palavra que lhes transmite força ou ainda uma imagem que os inspira. Teremos de parar para pensar - gostando ou não de tatuagens - se esta discriminação não é tão ou mais estúpida como tantas outras que por aí andam a passear.
-
Para finalizar, e dando um pontapé na discriminação, limito-me a dizer que: gostaria muito de ter mais uma tatuagem feita pela equipa da Miami Ink

Mas isto sou só eu
-
Ink to paper is thoughtful, Ink to flesh hard-core.
If Shakespeare were a tattooist
We'd appreciate body art more.
Carrie Latet

67 Comments:

At 1:07 PM, Blogger tavguinu said...

ex-tavinha,

olha somos dois !

 
At 1:35 PM, Blogger Barão da Tróia II said...

Eu gosto de ver, quando quem as usa sabe o que quer, não a moda estúpida dos golfinhos azuis ou das flores. A mais bonita que vi foi na pele de um grande amigo, já falecido, reproduzia fielmente uma foto da II guerra, uma foto tirada em Arnhem, onde ele estava, O Bernard era o seu nome tinha ao todo 16 tatuagens, era um paz de alma, e assim acha que deva estar.
Boa semana

 
At 1:59 PM, Blogger TIGERJUMP said...

As tatuagens sao lindas de morrer, mas um dia quando te chateares de as veres, sempre iguais e sempre no mesmo sitio...ai sim, é que vão ser elas.
Alem de que, nunca se sabe se nao nos tornamos criminosos de guerra e somos caçados exactamente porque nao nos conseguimos misturar com a multidao por causa das tatuagens.
Mas isto sou so eu.

 
At 2:18 PM, Blogger *Marta* said...

Não me importava nada ue aquele Nunez me tatuasse no rabo. Escolhia uma complicadissima e passava lá 48 horas num extâse nas mãos daquele moçoilo..
Bem, conheço a equipa, conheço-lhes o trabalho e aplaudo-o. Há tatuagens e tatuagens e há obras de arte e estas são-no sem dúvida. E desde que não haja inconvenientes para a saúde serão apenas mais um apetrecho como a maquilhagem ou os cintos. Com a diferença de que é uma marca para toda a vida por isso deve ser bem pensada. Mas discriminação por uma pessoa ser tatuada talvez só mesmo por cá; mas deixa lá que o zé povinho também vai querer uma tattoo

smackkk!

 
At 3:38 PM, Anonymous julie said...

Não conhecia este grupo mas já reconheço valor, têm mesmo talento!!
Até gosto de ver pessoas tatuadas, se a tatuagem for bem feita.
Não tenho nenhuma tatuagem e nem me importava de ter.
Diz lá, também tens alguma tatuagem ou tás á espera que alguém deste grupo, tenha tempo para te atender?
bjs
julie

P.S A vida aqui vai indo, não como eu queria, mas vou ter que arranjar coragem para mudar!!

 
At 4:35 PM, Blogger Aragana said...

Eu tenho uma mais feita cá na TugaLAND...

Tens uma nomeação no meu belógui!

 
At 7:18 PM, Blogger Hindy said...

Uau! Yupiii! Também adoro esta série e vejo sempre que posso. É realmente impressionante as obras de arte que saem daquele "studio".
Não me importava nada de fazer uma tatuagem lá...
Acho que é preciso ter-se uma mente tacanha para julgar alguém por ter tatuagens. Enfim...

Beijinho hindyado

 
At 7:33 PM, Blogger Seamoon said...

É arte sim senhora!!!
note
#Cada vez mais as tatuagens fazem parte da nossa cultura #
A tatuagem, ao contrário do que se pode pensar, não é um produto cultural recente. Desde tempos remotos, o Homem imprime pinturas e símbolos da sua cultura na pele. Seja por religião, vaidade ou estatuto social, o acto de gravar no corpo continua sendo, até hoje, uma forma de ritual, um momento de sacrifício e socialização.

Especula-se que a tatuagem tenha suas origens ligadas ao antigo Egipto. Onde tatuar consistia em inserir um pouco de tinta à base de vegetais logo abaixo da derme, através de uma haste de osso, especialmente afiada na ponta.

Por ter sido a mais desenvolvida sociedade de sua época e por ter tido contactos constantes com Creta, Grécia e Arábia, a arte egípcia pode ter se disseminado pelo resto do mundo através das rotas comerciais.

No Egipto, tatuar tinha um significado altamente religioso. De facto, múmias com cerca de cinco mil anos de idade foram encontradas com marcas por todo corpo. A mais importante delas, a da sacerdotisa Amunet, possuía vários traços e pontos gravados nas pernas, colo e braços, como símbolo de fertilidade e longevidade.

Mas misteriosamente, povos relativamente isolados como os Polinésios, os Maias, os Astecas e os bárbaros da Europa, também desenvolveram os seus próprios estilos de tatuagem. A técnica pouco variava, mas os desenhos e motivos das pinturas eram singulares em cada cultura.

Para os Samoanos, o acto de pintar o corpo marcava a passagem da infância para a maioridade. Enquanto não fosse marcado, o membro da tribo, por mais velho que fosse, não teria voz numa roda de adultos, nem teria permissão para tomar uma esposa para si. A tatuagem também funcionava como instrumento de ascensão social. Quanto mais tatuado fosse o Samoano, mais alto seria seu estatuto na tribo.

Já no Japão feudal, acontecia exactamente o contrário. As tatuagens eram usadas como forma de punição, tornando-se sinónimo de criminalidade. Para o japonês, muito preocupado com sua posição na sociedade, ser tatuado era pior do que a morte. Mas com a era Tokugawa, época de intensa repressão, ser criminoso se tornou sinónimo de resistência, popularizando a tatuagem.

Foi nessa época que surgiu a Yakuza, a máfia japonesa, cujos membros têm os corpos todos pintados em sinal de lealdade e sacrifício à organização e simbolizando a sua oposição ao regime.

Na América, tanto as tribos indígenas dos Estados Unidos, quanto as civilizações Maias e Astecas, eram praticantes da tatuagem. Para os Índios Sioux, tatuar o corpo servia como uma expressão religiosa e mágica. Eles acreditavam que após a morte, uma divindade aguardava a chegada da alma e exigia ver as tatuagens do índio para lhe dar passagem ao paraíso.

Interpretações similares faziam parte da maioria das culturas indígenas norte-americanas, mas devido à colonização, tanto a tradição foi esquecida, tal como os registros históricos foram perdidos, deixando uma grande lacuna na historia da cultura americana.

Um pouco mais próximo da linha do equador, Cortez se espantou com o facto dos Maias praticarem o culto dos deuses de pedra. Mais ainda, estes povos tinham o costume de gravar as imagens dos seus deuses na própria pele. Apesar dos europeus terem desenvolvido a tatuagem com os Celtas e os povos bárbaros, os conquistadores nunca tinham visto uma tatuagem antes, o que ajudou a qualificarem os Maias de "adoradores do diabo" e os massacrarem pelo seu ouro.

Esta ignorância dos espanhóis se deve ao facto da Igreja Católica ter proibido a tatuagem em 787 D.C., alegando que a prática estava associada à superstição e ao paganismo. De lá, até o fim da idade média, a tatuagem tornou-se uma prática quase esquecida. Com as grandes navegações e descobrimentos, começaram a chegar notícias de povos que gravavam figuras na pele.

Em 1691, um príncipe das Filipinas, feito escravo, foi trazido a Londres como uma atracção. Os seus donos o exibiam como uma criatura exótica, tatuada da cabeça aos pés. O seu nome era Giolo e foi o primeiro contacto dos europeus com a tatuagem depois de séculos de proibição.

No final do século XIX, a febre da tatuagem espalhou-se na Inglaterra como em nenhum outro país da Europa. Graças à prática dos marinheiros ingleses em tatuarem-se. Vários segmentos da sociedade inglesa se tornaram adeptos da tattoo, como passou a ser chamada.

Até mesmo o rei Edward VII tatuava o corpo com frequência, tendo deixado explícito, antes de morrer, o desejo de que os seus filhos também fossem tatuados. No início da sua vida, o filho de Edward, o rei George VII, ordenou a seu tutor que o levasse a um estúdio no Japão, para ser tatuado pelo mestre Chiyo, a maior autoridade local.

Mas mesmo com a realeza tendo sido tatuada, psicólogos e advogados , insistiam em associar o acto de tatuar com uma propensão à criminalidade e marginalidade. Outros interpretavam a penetração da carne como uma tendência à homossexualidade. O facto é que até hoje, muitas pessoas são discriminadas por terem os seus corpos tatuados como os povos antigos. E apesar de toda a propaganda contrária, cada vez mais gente se dispõe a derramar um pouco de sangue e gravar na pele figuras que cativam, excitam, polemizam e embelezam os seus corpos.

Desculpa mas apeteceu-me--ehehhe.
jinhos

 
At 7:40 PM, Blogger Blossom said...

Pessoalmente, não gosto nada de ver corpos cobertos de tatuagens...fico sempre com a sensação que muitas tatuagens correspondem a pouca higiene [se calhar porque as pessoas que se vêm cobertas deste tipo de arte tenham todas um ar um tanto ou quanto badalhoco].
Agora, uma ou outra, estrategicamente colocadas em nossos corpitos terrestres não acho que fique nada mal. Não tenho nenhuma [ainda], mas é uma coisa a fazer.

Beijos ETzita!

 
At 9:21 PM, Anonymous nena said...

eu tamem tenho uuuuumaaaaaa!!...heheeee..bué da gira...mas não digo onde.hehee..

 
At 11:04 PM, Blogger jomaolme said...

Vejo Miami Ink muitas vezes. E o que mostra´no programa é que as tatuagens têm sempre um significado especial para a pessoa que a vai usar.
É natural que apareça lá um ou outro que quer fazer pq quer, mas acho a ideia fantástica. Uma tatuagem é feita para homenagear, lembrar alguém. E as histórias são hilariantes.

Alien, qd for a Miami venho com uma no corpo, sem duvida...lol!!

Beijokas

 
At 11:17 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Olá meu EX ;)

Então somos dois Tavinho. Talvez um dia, nunca se sabe.
Beijinhos







Barão da Tróia
Concordo contigo, não vou entrar em detalhes sobre as minhas tatuagens mas posso-te dizer que não tenho golfinhos, nem pássaros, nem borboletas, nem corações vermelhos. Para mim uma tatuagem é algo que tem de ter um significado muito especial e tem de ser única. Ninguém no mundo pode ter uma igual. É assim que eu as sinto. Mesmo que um dia me apeteça reproduzir algo que vi e adorei, irei sempre alterar algo, para que fique diferente. Não sei se entendes? E o mais importante, tem de haver um motivo para eu fazer uma tatuagem. Não é fazer só por fazer. Tem de haver um motivo. De forma a que quando eu olhe para ela saiba quando e porquê a fiz. Mas calma, não penses que tenho o corpo repleto de tatuagens! ;)
Beijinhos
p.s aposto que teria gostado do teu amigo






Tigerjump
Rui, meu ruca tu falas como alguém que nunca passou pelo processo de fazer uma tatuagem ou que simplesmente não tem a paixão. Como mencionava o Barão, se tu fazes uma tatuagem de um golfinho aos 16 anos porque é moda, aí sim, há a probabilidade de te fartares daquilo. Agora, se tu fazes uma ( ou mais) tatuagem de uma forma pensada, por um motivo, não te vais cansar delas. Pelo contrário. Tu já viste **** minhas e eu posso-te dizer que nunca me canso de olhar para elas. Pelo contrário, dão-me força. Sei porque motivo fiz e quando fiz. Não fiz só porque acordei um dia e disse para comigo: vou fazer uma tatuagem! Não! Foi pensado. E sabes o mais engraçado, de cada vez que olho para ela, descubro algo de novo.
Fazer uma tatuagem tem de ser um acto pensado.
Os que se arrependem, tem a sorte de nos dias de hoje usarem o lazer. Quanto a mim, nahhhhhhhhh! ;)

"se nao nos tornamos criminosos de guerra e somos caçados exactamente porque nao nos conseguimos misturar com a multidao por causa das tatuagens" lol lol

Para de ver filmes lindinho
Beijinhos









Marta
Nita TARADA!;)
"Escolhia uma complicadissima e passava lá 48 horas num extâse nas mãos daquele moçoilo.."

lol lol
Tu realmente és uma bela peça! Que raio faço eu contigo? Não te consigo controlar!

"Com a diferença de que é uma marca para toda a vida por isso deve ser bem pensada"

Sim, deve. Não há nada mais estúpido do que chegar a um estúdio de tatuagens e pedir ao tatuador que mostre um livro com tatuagens para escolherem uma. Uma tatuagem tem de ser como um amor. E tem de haver um motivo para a fazer, nunca devemos de ser levados apenas pela moda. Tem de haver algo mais por detrás.Um motivo forte para a fazer.

"Mas discriminação por uma pessoa ser tatuada talvez só mesmo por cá;"

Acredita que existe Nita. No outro dia estava a ler um estudo e fiquei assustada. A sorte é que no Inverno as tatuagens podem ser facilmente ocultadas.

"mas deixa lá que o zé povinho também vai querer uma tattoo"

O Zé já tem tatuagens lol Muitos deles podem não comer durante uma semana, mas fazem-nas. Acredita, eu já vi ;)

Beijinhos Nita
p.s vou dizer ao Nunez que o teu rabiosque anseia pelas mãos dele ;)







Julie, eles são muito bons mesmo. O meu outro EU tem de tratar de ter uma, MAS, tem de ser muito bem pensada antes. Nada de fazer só por fazer.;)
Se eu tenho uma tatuagem? Então não leste o texto com atenção Julie? Ai que nos chateamos! lol
Eu escrevi: gostava de ter MAIS UMA tatuagem feita pela equipa da Miami Ink ;) GOT IT NOW?
Quanto a mudanças, pensei que nesse universo paralelo, já tinhas mudado de curso? Então? Como estou eu nesse universo afinal? Estou confusa. Envia noticias PLZ
Beijinhos my other me









Aragana, Bem-vinda ao clube! ;)
Beijinhos
p.s vou passar pelo teu cantinho








Hindy,eu sou fanática. Qual telenovelas, fico vidrada a ver estes terrestres a trabalhar.
Pois eu também não, ter uma tatuagem feita por um destes seres é ter uma obra de arte no nosso corpo para sempre :D

"Acho que é preciso ter-se uma mente tacanha para julgar alguém por ter tatuagens"

Pois é Hindy, mas acontece. E é mais frequente do que tu possas pensar. Como já o mencionei, eu no outro dia estava a ler um estudo já não sei aonde, não sei se era on line e, fiquei impressionada.
Como o disse, no Inverno é fácil esconder as tatuagens, mas no verão nem por isso. Agora imagina, um jovem advogado que está de camisa e arregaça as mangas e o entrevistador vê uma tatuagem no pulso, achas que não vai existir descriminação? Segundo o estudo, existe. Enfim...mentalidades que precisam de ser mudadas.
Beijinhos








Seamoon
"A tatuagem, ao contrário do que se pode pensar, não é um produto cultural recente"

Não, não é! Já vem de trás.

UAU, eu ia responder SEA, mas depois li o teu comentário e :O que lição de história. OBRIGADA em meu nome e em nome de todos os futuros visitantes ;) ADOREI! É tudo o que tenho para te dizer.
E NÃO PEÇAS DESCULPA! Estou sempre receptiva para aprender mais e mais com os terrestres ;)
Beijinhos linda







Blossom
"Pessoalmente, não gosto nada de ver corpos cobertos de tatuagens...fico sempre com a sensação que muitas tatuagens correspondem a pouca higiene" lol

Os membros da Miami Ink estão cobertos de tatuagens B. Acho que é uma questão de hábito e também tem a ver com determinadas pessoas, algumas sim! Podem ter um aspecto duvidoso...outras nem por isso. Há pessoas que têm o corpo repleto de tatuagens e tu olhas para elas e nem sonhas, porque estas estão escondidas por debaixo da roupa. Há um pouco de tudo. ;)

"Não tenho nenhuma [ainda], mas é uma coisa a fazer."

O conselho que dou sempre é: pensa muito bem antes de a fazeres e, pensa muito bem no que queres fazer :D

beijinhos B.







NENA,
lol Bem-vinda ao Clube!
Bolas e eu que te ia perguntar aonde!!! :(
Beijinhos
p.s serás amiga de uma tal NITA? ;)







JOM,
"E o que mostra´no programa é que as tatuagens têm sempre um significado especial para a pessoa que a vai usar"

É assim que eu vejo as tatuagens. Têm de ter um significado especial. Não é fazer por fazer. Tem de haver um MOTIVO para as fazermos. Já aqui o mencionei 100 vezes ;) Para mim não faz sentido ir tatuar um passarinho só porque fica querido. Não faz!Uma tatuagem é como um amor, tem de ser pensada, tem de haver um motivo para ela ser feita.

"Alien, qd for a Miami venho com uma no corpo, sem duvida...lol!!"

Queres combinar ir comigo? Ando à procura de companhia.:D
Beijinhos

 
At 11:42 PM, Blogger Diabba said...

Esta conversa toda para te gabares que tens uma tatoo?? pffffffffff eu tb tenho, está escondida pelo pêlo! hihihihihihi

Mas acho que não tens razão quanto a uma: uma boa tatuagem numa mulher, é charmosa e não a faz perder emprego nenhum, muito pelo contrário (claro que se o entrevistador, for uma velhota recalcada, não tem sorte nenhuma, mas tb não teria sorte, basta ser gira para ser eliminada) hehehehe

Já nos homens, tens razão, tatoo é estigmatizante.

beijos d'enxofre, vaidosona!!

 
At 3:14 AM, Blogger Musa said...

Ora dá-me lá ai a morada e o telefone dos moços que por acaso até estou para fazer uma tatuagem!

 
At 3:19 AM, Blogger Miudaaa said...

Adorooo Miami Ink, já os vi a trabalhar graças á "há coisas fantásticas não há???", (graças nada, porque eu pago a netcabo, ggrr).

O trabalho que eles executam é sublime. Para mim é arte.
Parabéns por teres lembrado deles.

Quanto às tatuagens em si, e ao seu uso, limito-me como sempre a dizer GOSTOS não se DISCUTEM.

Beijos da miudaaa

 
At 3:31 AM, Blogger Su said...

alien...como te entendo...precisa de conhecer essa equipa.....já sei mais uma em mimmm.... mas tb não sou terrestre:)))

(adorei saber)

jocas maradas

 
At 5:31 AM, Blogger Belzebu said...

Há coisas que não estou minimamente disposto a discutir. As tatuagens são demasiadamente intimas, são pequenos marcos que fazemos questão que nos acompanhem pela vida!

Fiz a primeira com 36 anos e é viciante! Depois disso fiz outra e farei sempre que me apetecer. Estou-me a borrifar para qualquer tipo de consequências, até porque nada tenho a perder, mas que é preocupante, a tacanhez da populaça ai isso é!

Aquele abraço infernal!

 
At 6:23 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Diabba, minha adorada&odiada venenosa quem te disse que tenho apenas uma tatuagem? ;)pfffff!

Compreendo o teu ponto de vista, mas pensa nos pobres terrestres. Naqueles que procuram empregos de fato e gravata. Há discriminação acredita. A sorte é que a roupa esconde muito no Inverno. E mesmo quando falamos das terrestres, ainda bem que a roupinha esconde, senão... :|

Olha a quem estás tu a chamar de vaidosa! Nunca conheci ninguém tão vaidosa como tu, quantas vezes passas a mão pelo teu pelo venenosa? :|
Beijinhos (cuidado ao saíres, não deixes a cauda presa na porta, não era a primeira vez. Não quero ser processada.)









Musa, eu e a JOM estamos a pensar ir até MIAMI fazer uma tatuagem. Se quiseres podes vir connosco ;)
Beijinhos






Minha Miuda,
É mesmo arte. Não perco um episódio. E sim TU tem razão, gostos não se discutem. As tatuagens são um amor. Há quem goste de ver tatuar e há quem goste de ter uma tatuagem no seu corpo. O importante é ter sempre em conta que quando fazemos uma tatuagem devemos fazê-la por um motivo, não porque está na moda. Deve ser pensada, não dever ser feita à toa.
Beijinhos em TU minha miúda







Su,
"já sei mais uma em mimmm.... mas tb não sou terrestre:)))"

Não sei se te entendi Su ? lol

Mais uma em mim, ou em ti?
Beijinhos








Belzebu,
Diabinho tens toda a razão!
"intimas, são pequenos marcos que fazemos questão que nos acompanhem pela vida"

É assim que vejo as minhas.

"Fiz a primeira com 36 anos e é viciante! Depois disso fiz outra e farei sempre que me apetecer."

És a minha alma gémea Diabinho. Sai desse inferno e vem ter comigo ;)


"Estou-me a borrifar para qualquer tipo de consequências, até porque nada tenho a perder, mas que é preocupante, a tacanhez da populaça ai isso é!"

É dessa tacanhez a que eu me refiro no texto diabinho. Mas como o disse, as tatuagens fazem cada vez mais parte da nossa cultura e é impossível lutar contra o inevitável, elas vieram para ficar.
Beijinhos diabinho
p.s não te assustes, não tenho o corpo todo tatuado ;)

 
At 2:28 PM, Blogger African Queen said...

Ó Alien, eu pensava que devia ser dos poucos mortais do meu reino a babar-me frente ao televisor a ver o Miami Ink... afinal os extraterrestres tb admiram a arte da tatuagem :). E não digas que os meninos são feios, porcos e maus... o Ami, com aquele feitio, parte-me toda :).
Olha, não só acho que é uma forma de arte como me dói ver a forma como, por uma questão de moda, proliferam os trabalhos maus, o mau gosto... enfim...
Quanto à descriminação acho mal... pois acho... e às vezes apetece-me voltar a ter 16 anos e ter a lata que tinha na altura quando um prof. de filosofia, padre, me mandou para a rua por eu estar de mini saia na aula e eu lhe disse "Eu vou para a rua por causa de mini saia se vocês tirar esses sapatos ridiculos de que eu tb não gosto" :)Era o que mto empregador de fatos e gravato de mau corte merecia ouvir :)
Beijitos reais

 
At 5:29 PM, Blogger tavguinu said...

quoting
"Para finalizar, e dando um pontapé na discriminação, limito-me a dizer que: gostaria muito de ter mais uma tatuagem feita pela equipa da Miami Ink

Mas isto sou só eu "

aqui é que somos os dois !

no resto não me parece !

desde que vim para plutão para aproveitar a minha vida de ondas, nunca mais destes um hello !

por isso não sei !

 
At 9:35 PM, Blogger Kableira said...

nao vejo nada demal em ter tatuagens mas eu é que não as fazia...
corria o risco de apanhar sida.
tá bem que já não é bem assim, mas sou hipocondríaco e mais vale previnir que remediar...

 
At 10:36 PM, Blogger Alien David Sousa said...

African Queen,
Eu sou vidrada no Miami Ink. Se algum terrestre me liga à hora do programa só houve: $%"&/@§€€£

Eu não disse que eles eram: porcos, feios e maus. Entendeste mal. Eu disse que " os leitores, iam dizer que eles eram feios porcos e maus! ;) É diferente. E digo-te desde já que o AMI tem um charme do caraças. Quando está de bom humor é aquele que mais me atrai. ;) Como vês temos gostos parecidos

Quanto às más tatuagens. Sim custa ver muita porcaria. Especialmente nas tatuagens a cores. As pessoas não têm a noção de que com os anos as cores vão perdendo o brilho e que tem de ser feita uma manutenção. Como não a querem fazer chegam a andar com coisas que mais parecem ser um borrão de tinta. Outras são ridículas lol

Eu pessoalmente adorava ser tatuada pela Kat porque só gosto de tatuagens a preto e branco. As que tenho (lindas) :D são a preto e branco. São gostos

Adorei a tua história da mini-saia lol Muito bom
Beijinhos MISS A.







Tavguinu

Meu querido EX :)

"desde que vim para plutão para aproveitar a minha vida de ondas, nunca mais destes um hello !"

Há uma explicação para o meu afastamento. Tu acusas-me de ser muito literal mas é assim que eu sou, então vamos lá a isto Tavinho. A nossa relação foi a mais curta da história da humanidade, deve ter durado 3 horas se tanto - foi bom, mas curta - .Foi apenas uma onda.E após um rompimento eu necessito sempre de um tempo para colocar as ideias em ordem. Era confusão a mais para esta minha mente alienígena e eu não sabia se estávamos a ter uma relação a dois ou a 5 hehe (estou a rir que nem uma doida)
Enfim Tavinho, tive de me afastar para recuperar da perda. Já estive no teu blog várias vezes mas não sabia o que comentar. A sério. Acredita. Até vi o jogo de xadrez e tudo ;)
Dá-me tempo. Tu não és um terrestre fácil de esquecer Tavinho :D E o mais complicado é que nos estamos sempre a esbarrar na casa da minha maninha. Eu bem te vi no outro dia a olhares de lado para mim ;)
Prometo que te vou dar um beijo brevemente.

(Afinal, sempre consegui ficar amiga dos meus EX de quase todos, porque houve uns que tive de pedir uma ordem de restrição lol)
Beijinhos Tavinho








Kableira
"corria o risco de apanhar sida.
tá bem que já não é bem assim, mas sou hipocondríaco "

Deves ser cuidadoso SIM! Agora apanhar sida por fazeres uma tatuagem? Olha és capaz de apanhar mais facilmente sida num hospital com sangue contaminado do que por fazeres uma tatuagem ou já te esqueceste da barraca do sangue contaminado?

Quando tu fazes uma tatuagem. As agulhas vêem seladas e são abertas à tua frente e colocadas na máquina à tua frente. A tinta é colocada nos pequenos copos à tua frente, o tatuador não usa tinta que já foi usada noutra tatuagem. É higiénico. Eles usam luvas. Acredita que se fores a um estúdio a sério não corres riscos nenhuns. Existem consultórios de dentistas aonde sem saberes corres mais riscos.
Beijinhos

 
At 11:10 PM, Blogger Sentir said...

Bacana a galera, tipos interessantes, talentosos e com um trabalho fabuloso - mal faço uma bolinha ou a perninha do "a", lol, rabiscar em papel é complicado, imagina na cútis. Admiro em especial a perícia, mas, acho que a arte da tatuagem já se banalizou (me refiro aquelas de fundo de quintal - meia boca, que nem se comparam as obras-primas citadas, mas, que todo mundo tem). Antes tinha um ar de rebeldia, agora o tom popularesco não me agrada – pelo menos por aqui (não é coisa da minha idade, é que vulgarizou-se mesmo). Cá entre nós: tenho um apego danado com meu corpinho, fora as três queimaduras da XT nas trilhas noturnas, só os buraquinhos nas orelhas (feitos por minha mãe, quando eu nem me sabia) ornamentam meu ser. ;)
Beijoka lindona!

 
At 11:40 PM, Blogger tavguinu said...

beijo !

 
At 2:05 AM, Blogger Fábula said...

em tempos pensei fazer uma tatuagem, mas não tenho uma boa relação com o "para sempre", apesar de saber como é possível um bom divórcio a laser... ;)

 
At 2:53 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Sentir,
"acho que a arte da tatuagem já se banalizou (me refiro aquelas de fundo de quintal"

Entendo o que dizes, porque cada vez mais as tatuagens fazem parte da nossa cultura e sim Sentir, cada vez mais são como furar as orelhas. ;)
Agora, há tatuagens que são verdadeiras obras de arte e outras que são feitas só porque a/o terrestre acordou um dia com vontade de fazer uma. As tatuagens são algo de muito íntimo e têm de ser pensadas, não podem ser fruto de um acto impulsivo.

"Cá entre nós: tenho um apego danado com meu corpinho" LOL

Eu também tenho um apego danado ao meu corpinho e é por isso que adoro olhar para as minhas tatuagens e descobrir sempre algo de novo. E mais; saber quando e porque as fiz! ;) Entendes?
Beijinhos lindinha







TAVINHO
Beijo!






FAB,"não tenho uma boa relação com o "para sempre", apesar de saber como é possível um bom divórcio a laser... ;)"

Já disseste tudo FAB. Mas olha, as pessoas que nunca fizeram uma tatuagem PENSADA/AMADURECIDA podem não entender isto que vou dizer. Mas quando tu tens um motivo para fazer uma tatuagem e passas vários meses à procura da tatuagem que represente o que realmente queres. Quando a encontras, pedes ao tatuador para fazer determinadas alterações para ficar como tu desejas...acredita que no final quando a tens no teu corpo, é algo que não vais querer remover. Tem um significado para ti e sempre que olhares para ela, vais-te lembrar porque a fizeste e quando. E o mais engraçado é que estarás sempre a descobrir pequenos detalhes na tatuagem.

Agora se resolveres tatuar um pássaro porque acordaste num dia de primavera para aí virada, bem, as probabilidades de recorreres ao Lazer são ENORMES ;)

Beijinhos

 
At 3:42 AM, Blogger Casemiro dos Plásticos said...

ah tu tb ves isso lol
bj sua maluca e boa smena!

 
At 3:58 AM, Blogger Gaja Boa 2 said...

Concordo contigo!
Eu gosto de tatuagens, desde que bem feitas. Só não gosto do exagero quando é no corpo todo..
bjs

 
At 4:42 AM, Blogger pessoa said...

Essas tatuagens são, realmente, verdadeiras obras de arte. Só um obtuso é que não quererá vê-las como tal. Se calhar esse obtuso é o mesmo que recusa um emprego por ver a tal tatuagem no pulso... se calhar ainda há por aí muitos obtusos...
Negar as tatuagens é negar a própria origem do Homem.
Agora que falas...se calhar faço uma ;))
Bj

 
At 6:44 AM, Blogger ah e tal (c) said...

Vou tatuar a tua trombinha amarela na minha nádega.





ps:I "luv" miami ink..papava-os a todos.Têm muita pinta!

 
At 2:37 PM, Blogger Bxana said...

Alien, concordo totalmente contigo... as tatuagens são, definitivamente, uma arte.

Eu nunca fiz nenhuma por duas questões: tenho muito medo de agulhas, e cá está, na minha situação laboral, usar tatoos é suicidio profissional.

Por um piercing na sobrancelha, então, é morte anunciada. Só mesmo nos paises nordicos é que a coisa já foi mudando... por cá, tatuagens, nas mentalidades, piercings e má formação são três coisas que estão ainda muito ligadas :(

Miaus!

 
At 5:53 PM, Anonymous julie said...

Como eu sou moderna nesse universo,e piercings também tenho?

Tenho uma dúvida, se eles são de uma série, como sabes que são eles próprios que fazem as tatoos? São só actores ou percebem da "coisa"?

bjs
julie

P.S.Afinal eu não sou a única a ler mal as coisas, eu nunca disse que ia mudar de curso,mas que precisava de mudar de "ares" e mudar a minha existencia. Não te preocupes que fico bem!

 
At 10:18 PM, Blogger Tânia said...

Eu também, adoro aquelas tatuagens...são obras de arte com muita categoria...

bjinhos

 
At 10:54 PM, Blogger Alien David Sousa said...

CASE, ah pois vejo! Olha um maluco a apontar o dedo a outra lol
Beijinhos
p.s o Sócrates deu-se bem no concurso?






GajaBoa2, és como eu. Acredita que faz confusão quando vejo tatuagens de merda. É gastar dinheiro à toa e sinceramente ter uma coisa daquelas no corpo é como ter uma cicatriz horrível.
No corpo todo, também não é o meu género.
Beijinhos







Pessoa,
"Essas tatuagens são, realmente, verdadeiras obras de arte"

E são mesmo. E digo-te pessoa, não são das melhores que eles têm feito. Mas, por motivos óbvios eles não tem o portfólio todo on line.

"... se calhar ainda há por aí muitos obtusos...

Negar as tatuagens é negar a própria origem do Homem."

Não duvides que ainda existem muitos obtusos por aí. Muitas pessoas que ainda olham de lado para quem tem tatuagens. Eu já cheguei a meter conversa com um rapaz que tinha uma tatuagem. E não foi "engate" foi porque a tatuagem dele era qualquer coisa de fabuloso. Mas há muitas pessoas que olham de lado, sim!

Sim, as tatuagens já vêm de longe. A diferença é que hoje em dia o material com que são feitas é outro.

Se fizeres uma tatuagem, pensa bem. Nada de fazer uma à toa ;) Porque depois se te arrependeres vens até aqui insultares-me lol ;)
Beijinhos







Ah e Tal
Maninha, lol fiquei comovida! Que lindo. Já te estou a ver na praia com a cara amarela de uma Alien na nádega. Tão sexy ;) hehe

DOIDA!

Eu digo-te o que papavas! Umas palmadas nesse rabiosque é o que levas não tarda nada! Ai ai ai, TAU TAU! Como eu digo ao Laranjinha. Toca lá a portar bem senão: TAU, TAU! ;)
Beijinhos lindinha, minha doidinha









Bxana
"tenho muito medo de agulhas, e cá está, na minha situação laboral, usar tatoos é suicidio profissional."

A) Olha miau,:) Tu não vês a agulha. Ela está inserida dentro da máquina. Tu apenas a vês quando o tatuador a retira do saco aonde esta se encontra selada para teres a certeza de que nunca foi utilizada. Mas, não é uma agulha igual aquelas usadas nos hospitais. Após ele a inserir na máquina tu não a vês mais.

B) Muitos visitantes ficaram surpreendidos por eu ter mencionado que ainda existia discriminação em relação a quem tem tatuagens. Eu tenho pena de já não me lembrar aonde li o estudo para poder colocar no texto as percentagens de pessoas com tatuagens que perdem empregos. Acho que li, não acredito que tenha sido algo que ouvi na Tv. Mas ainda bem que tu sabes do que falo. Só reforça o que disse, porque não foi à toa que o escrevi.


Tens toda a razão. Mas as mentalidades vão ter de mudar. As tatuagens já não são uma questão de moda, mas uma forma das pessoas expressarem algo intimo que querem ter no seu corpo para sempre. Para se lembrarem do dia que a fizeram e porque a fizeram.

Beijinhos e miaus dos meus gatos para ti ;)








Julie,
O teu outro eu não tem piercings! lol

"como sabes que são eles próprios que fazem as tatoos? São só actores ou percebem da "coisa"?"

Tu nunca viste o MIAMI INK ;)

Então é assim meu outro eu. O AMI e o Nunez (tens as fotos) são os donos da loja. Esta começou a ter sucesso e uma estação de televisão resolveu acompanhar o dia a dia deles. Então o que acontece é que nós assistimos à entrada de vários clientes na loja com vários pedidos. Vimos cada um deles a desenhar, a fazer esboços e mais tarde os clientes regressam e nós assistimos ao processo de tatuar. E o resultado final. Em cada episódio assistimos à Kat a tatuar, ou o Chris, ou o Ami. Nem sempre num só episódio vimos todos eles a tatuar, porque é impossível, as tatuagens demoram tempo. Mas todos os dias vamos vendo...é impossível serem actores porque nós assistimos a tudo, ao trabalhinho deles. E como escrevi no texto, quando falei do CHRIS, vêm MESMO pessoas de outros estados apenas para serem tatuadas por ele.

hmmmmm eu fiquei com a ideia de que estavas cansada desse curso e que por isso ias mudar de ares = mudar de curso ;)
Então e o que significa mudar de ares nesse universo meu outro eu?
beijinhos, manda noticias porque estou confusa aqui neste universo ;)
p.s é que se tu baralhas as coisas nesses universo paralelo, baralhas as coisas neste universo





Tânia,
Eu adorava ter uma tatuagem feita por uma daquelas mãozinhas ;)
São verdadeiros artistas, sim!
Beijinhos T.

 
At 12:29 AM, Blogger Minerva McGonagall said...

Eu sou completamente viciada nesse programa, e adoro os trabalhos da Kat.

Gostava de ter uma tatuagem, mas detesto agulhas, e acho que nunca encontraria o desenho certo a tatuar... no campo estético, mudo de ideias com alguma frequência.

 
At 1:34 AM, Blogger mymind said...

arte sim! mas pra mim n aprecio, axo k fikaria farta, lol.
bjts

 
At 3:50 AM, Blogger caditonuno said...

eu via essa série de vez em quando. algumas sao excelentes, outras nem por isso. o hoji ou lá como se chama realmente só faz asneiras... desde que a namorada andava grávida e ele foi pai que andava nas nuvens e nao via o que fazia.

 
At 3:50 AM, Blogger Raposa Velha said...

Olá Alienzinha.
Não te sabia com esta paixão. Deixei-te uma provocação no Fliscorno :)
Bjs

 
At 5:03 AM, Blogger poca said...

na minha opinião, as tatuagens continuam a ser uma cena uma beca "fora".

acho que quem as tem, gosta sempre mais do que quem as vê.
no entanto quem tem, gosta de as mostrar, achando que o facto de ter uma, o torna "especial" ou "mais forte"

quase como o começar a fumar quando se tem 13!

das que já vi.. só me consigo lembrar de uma ou duas que me tenha deixado aquela sensação de: uau! linda! mas lembro-me do pensamento que acompanhou esse uau: era incapaz de fazer uma daquelas! (não porque doesse.. mas por ser grande demais e não ser possível esconder, caso fosse preciso)

e sim.. há muita recriminação ainda. por muito que seja comum.. mesmo os mais novos que não as têm nem as querem ter, as vêm como algo de gente, "vulgar" (no mínimo!)

miami ink é muito bom. vi isso uma vez há alguns meses atrás.
engraçado que até lá se vê gente a querer fazer tatuagens só para ter uma tatuagem. sem significado nenhum especial. e porque não?

cada um sabe de si, certo?

pronto.. fiz uma pausa no meu comentário e fui ler os comentários dos outros..
então no miami ink toda a gente tem um motivo?!
devo ter visto um episódio raro então!! no que eu vi elas inventavam motivos!!! serei só eu a achar isso?

e alien não sou assim tão assertiva no achar que só se deve fazer COM motivo.. eu acho que cada um é livre de fazer o que quer! e não sou ninguém para me achar mais do que ninguém. ou para criticar ninguém.
senão, tou a ser igual à minha mãe que condena quem tem tatuagens, ponto.

eu acho que tenho um bom PORQUÊ para as minhas mas a minha mãe diz com toda a certeza do mundo que um dia me vou arrepender!!
pra já, ainda não chegou esse dia ;P

e pronto. fico-me por aqui.
amigas como sempre :)
beijos**

 
At 6:08 AM, Blogger Belzebu said...

Rais ta parta que já fiquei com comichões para fazer mais uma! Lá vou ter que contar até 10, respirar fundo e esperar que isto passe!

hehheh!! Aquele abraço infernal!

 
At 8:32 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Minerva, eu adorava ter uma tatuagem feita pela Kat e sei o que faria. Acredita ;) Quando a mudares de opinião fizeste-me rir ;)
Beijinhos






Mymind, são gostos, personalidades. É como tudo na vida.
Beijinhos





caditonuno,
Sim tens razão ele andou um pouco aparvalhado. Era a mulher, era o bebé...enfim...está a aprender e só faz porcaria, mas de vez em quando lá consegue algo de bom
kisses







Raposa, ai ai uma provocação! Já aí vou ------------------>
Beijinhos







Poca,
Tenho de discordar já no início, bolas lol

"acho que quem as tem, gosta sempre mais do que quem as vê.
no entanto quem tem, gosta de as mostrar, achando que o facto de ter uma, o torna "especial" ou "mais forte"

quase como o começar a fumar quando se tem 13!"

Eu tenho tatuagens. Mais do que uma. E não as ando a mostrar. Digo-te mais, há muitos amigos meus que não as viram todas. Viram a que é impossível de esconder. Não as fiz porque achei que me iam tornar especial. Quando mencionei que as tatuagens têm de ter um motivo é o mesmo de um porquê. Uma delas foi em "memorie off"...e não a ando a mostrar a ninguém. As outras, tem todas um significado especial para mim que só a mim me diz respeito. Foram feitas em momentos especiais da minha vida e não me tornam especial perante os outros nem perante a minha pessoa. São apenas um marco para mim. Estão ali e ainda bem que estão e que posso olhar para elas sempre que quero. Não fiquei mais ou menos especial após as ter feito. Tenho é algo que é muito meu no corpo, para sempre.

Sim há recriminação, nem é preciso contestar.


Claro que podem fazer uma tatuagem sem ter significado algum. Podem fazê-la pelo simples facto de considerarem as tatuagens como pequenas obras de arte. Não é assim que eu encaro as minhas, as minhas têm um significado especial. Mas como referi no texto, as tatuagens, são pequenas ou grandes obras de arte, assim, se uma pessoa quiser ter uma no seu corpo, porque não? Mas continuo a achar que deve de ser algo muito pensado e não fruto da moda.

O criticar, já respondi LOL adientei-me. É como te disse. Para mim, a tatuagem é algo muito íntimo e que deve ser pensado, deve de haver um motivo, um porquê...é algo que vai ficar connosco para o resto da vida. Mas, como já te disse, as tatuagens são obras de arte e existem pessoas apaixonadas por elas e se querem ter um sol, ou outra imagem no seu corpo muito bem. E se ainda por cima forem tatuados por um elemento do Miami INK, FORÇA!
O que não acho bem, são miudos de 15 anos ou 16 anos fazerem tatuagens sem pensarem e quando chegam aos 20 ou aos 25 arrependem-se do que fizeram. É por isso que digo que as tatuagens têm de ser pensadas. Não podem ser feitas à toa. Agora, se tens a maturidade para saber o que queres, se tens uma paixão então é ir em frente. Eu pessoalmente nunca conseguiria tatuar algo na minha pele só porque...mas somos todos diferentes. E eu gosto de olhar para as minhas e saber que AH!!! OK! Smile Alien. Entendes?

Tu se um dia te arrependeres, tens sempre o LAZER ;)


"amigas como sempre :)"
Como não? Claro que sim doida!
Beijinhos







Belzebu,
Diabinho desculpa, mas sabes?
Eu também ando com comichões! lol
Beijinhos diabinho

 
At 3:32 PM, Anonymous julie said...

Confesso que nunca vi a série e peço desculpas pela minha ignorancia, mas também é por isso que venho aqui, para saber de coisas do outro mundo (incluindo o mundo da televisão por cabo)!

Agora quanto á minha necessidade de mudança de ares tem a haver com a aquela frase "quem tá mal que se mude"! Tudo começa com o bip do despertador a chamar-nos para a realidade, e acordamos sem vontade porque já não nos sentimos bem com nós próprios. O mal é nosso e temos que voltar a encontrarmos, voltar a sentir bem e pensar em novos objectivos para não cair.
Preciso de ver outras coisas, outros cenários, outra vida diferente da minha. Percebes? Não? Bem os humanos são mesmo complicados!!
bjs
julie

PS. Se tiveres dúvidas pergunta!

 
At 6:53 PM, Blogger Sentir said...

Oôoo coisa deliciosa, imagino o contraste das ilustrações nesta página amarela ambulante que és, as imagens que completam a tua história, respeito muito, viu?!
Não tenho absolutamente nada contra (salvo as de ponta de estoque). Acho sexy, nas costas masculinas e/ou nas nucas femininas. Ai...
Na verdade... estou na crise balzaquiana, encorporei algumas frases da minha mãe para dar peso a personalidade madura (que ainda não tenho). Fora isso só a covadia de nunca ter tido coragem de costumizar meu corpo.

 
At 11:23 PM, Blogger  said...

so eu nunca tive um amor assim... :( lol

 
At 12:15 AM, Blogger poca said...

quando disse quem as faz gosta sempre mais delas do que quem as vê. é mesmo porque aquilo que me marca a mim, ou me recorda de algo ou de alguém, pode (e é muitas vezes) um simples enfeite para outra pessoa. que se gosta ou não. E muitas vezes não. Nunca olhaste para uma tatuagem no corpo de outra pessoa e pensaste: Oh meu Deus, que coisa feiaaaaa!!

eu sim. muitas mesmo. e estas são normalmente as tais que usam a tatuagem no tal sentido de exibicionismo e do "eu sou mais" por ter uma.

quando disse aquilo de ser o mesmo do que quando se começa a fumar quando se tem treze.. não o disse de uma forma geral, mas sim apontando um alvo especifico "tipo trolha" em que tal me parece acontecer.

quanto ao Lazer, não me parece. são minhas! ;P

beijinhos

 
At 2:34 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Julie LOL és mesmo doida

Mudando de assunto.
"Preciso de ver outras coisas, outros cenários, outra vida diferente da minha. Percebes?"

Que tal dares um salto até este universo, já pensaste nisto? ;) Só para mudares de ares enquanto pensas no que fazer, enquanto te encontras!
Beijinhos meu outro eu, não baralhes os nossos universos ;)






Querida Sentir, tu és SOMETHING ELSE lol

"Na verdade... estou na crise balzaquiana, encorporei algumas frases da minha mãe para dar peso a personalidade madura (que ainda não tenho)." LOL LOL


E eu sei que tu respeitas quem as têm e que respeitas as que tenho no meu corpo amarelo ;) Nem precisavas de o dizer. Já te vou conhecendo.
Beijinhos linda





Zé, quem sabe se um dia esse amor te bate à porta?
kisses





Poca,
"quando disse quem as faz gosta sempre mais delas do que quem as vê"

Mas eu não coloquei isso em questão Poca. Eu não concordei foi com outra coisa que mencionaste. Claro que quem as faz gosta sempre mais do que quem as vê, até porque as tatuagens - em principio - são feitas para nós, não para os outros.

"tipo trolha", sim! Houve uma cultura, também pós guerra em que as tatuagens eram vistas como um símbolo de masculinidade, como símbolo de “eu sou mais eu”.

Hoje em dia, não me parece que seja tanto assim. Acho que as tatuagens fazem cada vez mais parte da nossa cultura. Só para te dar um exemplo. Eu vi uma tatuagem espectacular e perguntei ao rapaz da loja aonde a tinha feito e ele deu-me logo o número de telemóvel do tatuador. E voila, fui lá. Claro que já andava com uma tatuagem em mente há muito tempo, ter visto aquela tatuagens no braço daquele rapaz foi apenas um CLICK, de que tinha encontrado o tatuador certo. Hoje em dia há um pouco de tudo, mas as tatuagens tipo: "amor de mãe" ou "duro de roer" lol estou a exagerar já não andam por aí aos pulos como antigamente. Hoje, na minha opinião há mais um "amor" pelas tatuagens. Mas posso estar errada.

O lazer foi uma brincadeira, eu também nunca o utilizaria ;)
Beijinhos

 
At 3:19 AM, Blogger Alien8 said...

Olha, mana...

Enfim...

Eu sou um daqueles aliens que não aprecia tatuagens. Por bonitas que sejam.

E quero é ver essa malta da Miami Ink longe de mim hehehehehe.

Não é por discriminação, nada disso. É uma questão de pele :)))

Boa semana.

Beijos alienígenas.

 
At 9:15 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Alien8
Mainhinho,LOL

"E quero é ver essa malta da Miami Ink longe de mim hehehehehe.
"

Se eles te tocarem têm de se ver comigo lol

Beijinhos alienígenas
NÃO TENHAS MEDO

 
At 4:04 PM, Blogger White_Fox said...

E que tipo de tatuagem querias ter?
Eu também já vi esse programa! E, apesar de não achar muita piada a essas ENORMES tatuagens, tenho de admitir que são excelentes! É impressionante o que eles conseguem fazer...
bj

 
At 10:08 PM, Blogger Alien David Sousa said...

FOXY, eu já tenho. Mas são a preto e branco ;) Não gosto de tatuagens a cores é por isso que adorava ter uma tatuagem feita pela KAT. RELAX, não tenho ENORMES! ;)
Agora as que tenho, são segredo hehe
beijinhos foxy, qualquer dia passo a chamar-te FOXY MULDER

 
At 2:37 AM, Blogger VICIO said...

é um assunto muito reativo porque tal como outra coisa qualquer depende sempre do bom gosto do tatuado.
gosto de ver se não for em exagero e lado a lado com os grafitis, acho que se trata de uma forma de arte se o "artista" não quebrar certas regras.

que dizes de um olho tatuado na palma da mão?

 
At 4:48 AM, Blogger poca said...

agora um assunto que não tem nada a ver com tatuagens.
no outro dia, fiquei com a pulga atrás da orelha.. mas, como te tenho em muito boa conta a nível literário, não quis questionar.

mas hoje a pulga voltou.. e fui investigar..

alien.. o laser escreve-se com "s" o com "z" é o outro dos tempos livres e assim..

ps: continuo a ter-te em muito boa conta.. afinal até os melhores cometem erros.

beijo

 
At 9:07 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Vicio

"acho que se trata de uma forma de arte se o "artista" não quebrar certas regras."

Depende também do tatuado vicio. O Quebrar as regras. Para mim o ir longe demais pode não ser o mesmo do que para outra pessoa.

Dou-te um exemplo. No Miami Ink vi algo que para MIM seria ir longe demais, mas o produto final foi uma obra de arte. O Chris tatuou nas COSTAS TODAS uma imagem de Nova Iorque num tipo. Nunca antes tinha visto algo assim. Já tinha visto a parte superir tatuada, mas AS COSTAS TODAS de alto a baixo :O nunca! E ficou algo de...não tenho palavras. Se foi longe demais, de quebrou certas regras? Talvez. Mas ficou uma coisa doutro mundo. Se tivesse sido um mau tatuador a fazer aquela obra...UI seria de fugir.

"que dizes de um olho tatuado na palma da mão?"

Não gosto Vicio.

Mas é como eu disse no texto. A arte é muito subjectiva. Eu adoro Chagal, mas há coisas dele que eu simplesmente olho e ...não morro de amores.
kisses viciante vicio





Poca
LOL
Bolas, não te escapa nada. Eu tenho de ter muitooooooooooooooo cuidado contigo Poca

Laser = vontade com que estou de te fulminar escreve-se com " S" lol

Lazer = é sinónimo de repouso; descanso etc escreve-se com "Z"

Já agora o que achaste do texto do "O ENCONTRO"?

Esquece! Pode ter erros ;)
Estou a brincar
Beijinhos linda

 
At 9:09 PM, Blogger tulipa_negra said...

sou viciada no Miami Ink e adoro tatuagens!
tenho duas mas já ando a pensar numa terceira ;-)
também acho a maior estupidez ter de esconder uma tatuagem por causa do emprego... mas enfim, este mundo é assim...
adorava que o Nuñez me tatuasse algo... por muito pequenino que fosse lol

beijoquinhas e parabéns pelo post!!!!

 
At 3:27 AM, Blogger Å®t Øf £övë said...

Alien,
Começo por te dizer de uma forma muito clara e directa que odeio tatuagens, no entanto concordo inteiramente com a mensagem que queres transmitir através deste teu post. Não é por eu odiar tatuagens que sou a favor da descriminação. Acho que cada um deve ter a liberdade de fazer o que quer do seu corpo sem se sentir minimamente descriminado pela sociedade pela sua opção.
Eu pessoalmente seria incapaz de ter uma tatuagem, e concordo que estas tatuagens que apresentas aqui são verdadeiras obras de arte... mas no meu corpo não obrigado. Seriam para mim muito apreciadas noutro local que não no corpo.
Mas isto sou só eu (Onde é que já ouvi esta expressão???)
Bjo.

 
At 5:01 AM, Blogger poca said...

O post do encontro?! o que não deixas comentar?

sabes cara alien uma coisa que já aprendi na vida.. os outros respeitar ;P

mas pronto.. uma vez que foste tu a pedir :D

já tinha lido.. (por cá não me escapa nada.. mesmo os que não comento)
destaca-se principalmente pelo tom.. não costumas falar assim.. costumas ser mais pão pão, queijo queijo e uma pessoa sabe (ou acha que sabe) sempre o que queres dizer. neste, confesso que não...
mas tenho a minha interpretação dele.. de alguém que a dado momento se apercebeu que nem sempre tem razão.. e que às vezes a verdade do outro é melhor (no sentido de mais verdadeira) alguém que apesar de sofrer pela brevidade e fugacidade dos momentos e da pressão do tic tac.. resolveu parar por alguém.. e sente-se orgulhosa de o ter feito.. abençoada (?) por o ter percebido..

ps. quanto aos erros.. nunca dou importância a isso.. porque na pressa de querer escrever tudo o que se tem para dizer, tantas vees me falham as teclas e troco letras.. é normal! eu chego a encontrar erros e enganos nos meus.. semanas depois! há milésima leitura! não é por aí.
Agora aquela do laser é um erro comum, que eu também dava.. e voltei a dar sugestionada por ti. tanto que se reparares eu utilizei a mesma palavra que tu no meu comentário ;P

mas como falaste nisso.. confesso que li o encontro mais atenta a esse pormenor.. só encontrei lá uma ténia no meio... ténue talvez seja a palavra ;P

beijinhos

 
At 5:04 AM, Blogger poca said...

enconrei a palavra que queria dizer em vez de abençoada: grata.

e sim já li o meu comentário e falham algumas palavras ;P

 
At 10:12 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Tulipinha, Bem-vinda ao clube!
Sim o Nunez é o mais requisitado pelas meninas ;)
"também acho a maior estupidez ter de esconder uma tatuagem por causa do emprego... mas enfim, este mundo é assim..."

Mas vai mudar. Elas cada vez fazem mais parte destes nosso mundo.

Beijinhos





Å®t Øf £övë
Não há problema lol
Tu pagas e eu faço outra !;)


"Não é por eu odiar tatuagens que sou a favor da descriminação"
Mas olha que há quem não pense assim art.


"e concordo que estas tatuagens que apresentas aqui são verdadeiras obras de arte... mas no meu corpo não obrigado" LOL LOL


"Mas isto sou só eu (Onde é que já ouvi esta expressão???)
Eu também já a li em qualquer lado art!?!?!
Beijinhos








Poca, eu sei que respeitas mas uma vez deste a tua opinião num texto que não dava para comentar ;) por isso fiquei curiosa.

Antes de mais.

TÉNIA=SOLITÁRIA

A ultima parte da tua interpretação do texto está muito perto ;) Sim eu estou grata à pessoa que me fez parar, ficar por ela, deixar de lado o meu egoismo.

E quanto aos erros,claro que sim. Entendo. Só não entendo quem escreve com X e K e coisas do género. Isso para mim é um assassinato.

Um beijinho grande
p,s econdi o LASER, já não te quero fulminar ;) hehe NUNCAAAAAAAAAA!

 
At 2:33 AM, Blogger poca said...

opá alien.. deves ter uma memória de elefanteeeeee!
sim, eu sei.. há textos que me deixam assim aflitinha aflitinha para comentar ;P

se bem me lembro.. também era um texto destes.. em que a alien dava de si ;P

biju

ps. já sei que tens 4 tatoos.. a menos que tenhas feita mais alguma entretanto.. pôres fotos está fora de questão? deixas uma pessoa curiosa páh!

ps. uma curiosidade.. sobre a minha última tat, o comentário mais "giro" foi: cortaste os pulsos! lol

 
At 9:37 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Poca, pois tenho :) E lembro-me porque fiquei sem palavras após o teu comentário. ;) Ainda me lembro o que escreveste lol

Sim também era um texto pessoal.

Porque achas que tenho 4 tatoos Poca? Agora estou curiosa? lol Tens de me dizer porque achas que tenho 4?!



"ps. uma curiosidade.. sobre a minha última tat, o comentário mais "giro" foi: cortaste os pulsos! lol" LOL LOL

ESSA É DEMAIS!!!!
Beijinhos

 
At 3:01 AM, Blogger poca said...

então não sabes que eu não sou alien mas eu sei tudoooooooooo!!

eu até costumo dizer, cada um sabe de si e eu sei de todos ;P

pronto ok brincadeirinha.. sei, porque tu me disseste! lol
no comentário ao meu post "coisas minhas" em que eu dizia que sempre fui contra tatuagens mas que agora tinha duas, tu respondeste: "Eu tenho quatro!"

fácil não? ;P

 
At 7:08 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Poca,
Lol Não consigo ficar calada! Bolas. E respondi a tantos comentários neste post, sem nunca revelar quantas tinha e agora...fui apanhada desta forma!;)
Beijinhos

 
At 1:19 AM, Blogger Cruzeiro said...

Eu gosto de ver tatuagens quando são bem feitas, embora ache que nem todos as deveriam usar. :-)
Eu já vi as tatuagens que estes mocitos fazem e são de facto fabulosas.

 
At 7:35 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Cruzeirinha,
Eu ADORAVA ter uma tatuagem feita por um deste "mocitos" :D hehe
Beijinhosssssssssss

 
At 3:07 PM, Blogger Reggynet said...

Só hoje é que passei os olhos neste texto e tenho a dizer-te que não poderia estar mais de acordo contigo (estamos muitas vezes de acordo, não estamos? Começo a ter dúvidas se esse facto me agrada mais do que me assusta... lololol). Tento seguir com regularidade o programa e sempre que o vejo, dou comigo a pensar: quando for a Miami tenho que descobrir estes gajos e fazer uma tatuagem... Então a Cat e o Chris são simplesmente fenomenais!!! Adoro-os!! Claro que nas mãos do Nunez esqueceria mais facilmente o meu medo de agulhas... Mas pronto, não se pode ter tudo e acho que para começar, uma só tatuagem seria mais do que bom...

Ah, ao fim destes anos todos descobri que tinhas tatuagens... Ou pelo mesno não me lembro de nunca me ter apercebido disso... Enfim... lol

Beijos

 
At 6:51 PM, Blogger Anicas said...

Confesso que sou fã das tatuagens elabradas pela equipa de Miami Ink. Perco-me no tempo a ver os programas deles,e por vezes a imaginar a tatuagem ideal para mim.
Bem, lá está o preconceito trava muitas vontades e fazer uma tatuagem, para além de muitos outros motivos, tem que ser muito bem poderada, senão o preço das consequências pode ser mto elevado.
Mas já lá vai o tempo que apenas os "bandidos", "drogados" e afins é que tinham o corpo tatuado.
Continuo sem apreciar os corpos cobertos de tatuagens, não por preconceito mas porque considero inestético. mas é apenas a minha opinião e vale o que vale.


e qts pais (no masculino) são contra os filhos fazerem tatuagens quando eles próprios têm aquela tatuagem tipica de quem foi para a guerra colonial. Sim tudo bem tem um significado mto forte, mas n deixa de ser uma tatuagem e mts vezes e mto ma qualidade...


Para mim ser tatuador é uma forma de representar a arte, com necessidade de melhor qualidade, porque apenas tem uma oportunidade não é como um quadro que se não ficar perfeito pode ir para o lixo...


parabéns a todos os bons tatuadores!!!

 
At 11:06 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Reggynet
"estamos muitas vezes de acordo, não estamos? Começo a ter dúvidas se esse facto me agrada mais do que me assusta... " LOL LOL

És mesmo parva.

"quando for a Miami tenho que descobrir estes gajos e fazer uma tatuagem..."

Vamos juntas. Não é o mesmo que irmos ver o nosso SCP ;) a viagem é mais longa, mas eu alinho.


"Ah, ao fim destes anos todos descobri que tinhas tatuagens... Ou pelo mesno não me lembro de nunca me ter apercebido disso"

Tu não andas bem REG LOL
Pelo menos de uma tens de ter lembrar...fiz mais depois...mas tu andas é muito esquecida! ;)

Beijinhos para os gorduchos, outro para ti
p.s que desgraça Fátima!







Anicas,
"para além de muitos outros motivos, tem que ser muito bem poderada, senão o preço das consequências pode ser mto elevado"

É o que eu digo sempre que alguém me diz que vai fazer uma tatuagem.
Pensa bem se a queres para o resto da vida, pensa bem no desenho/palavra Whatever...porque depois de feita, não dá para apagar a não ser que gastem uma fortuna com o laser.


"Continuo sem apreciar os corpos cobertos de tatuagens, não por preconceito mas porque considero inestético. mas é apenas a minha opinião e vale o que vale."

Eu tenho tatuagens e também não aprecio um corpo coberto por elas.


"porque apenas tem uma oportunidade não é como um quadro que se não ficar perfeito pode ir para o lixo..."

Aí é que são elas. A Kat ou o Chris, ou mesmo um tatuador português, têm de dar o melhor para que a tatuagem saia como o cliente pretende. E sim, não há uma segunda hipótese. Não dá para mandar o braço do cliente para o lixo...ou outra parte do corpo ;)
Beijinhos

 

Post a Comment

<< Home