Wednesday, February 13, 2008

Image Hosted by ImageShack.us
-
O Medo
-
The oldest and strongest emotion of mankind is fear
-
O medo do desconhecido. Aqui está o calcanhar de Aquiles da raça humana. O medo de algo que os transcende, algo para o qual não encontram uma explicação lógica, ou noutros casos; o medo de que determinado fenómeno ou pessoa os possa vir a ultrapassar, e as consequências que advirão desse facto.
Não existe um único ser humano que ande neste momento a sobrelotar este planeta, que não tenha medo de algo. Todos têm. Um dos mais comuns: perder aqueles que lhes são mais queridos; filhos, pais, avós, tios, gatos, cães, a árvore genealógica inteira. Mas têm.
-
O medo transforma os seres humanos. Eu admito, adoro filmes de terror, bons claro. O meu maior desgosto nestes últimos tempos foi o Saw IV, depois de um brilhante Saw III não estava à espera de tamanha desilusão, mas já recuperei não se preocupem. É a vida! Por vezes, gostava de me encontrar com determinadas pessoas dentro de um excelente filme de terror, só para constatar se o que apregoam corresponde com o que fariam perante determinada situação, não sei se me entendem? Uma coisa é falar quando são outros a viver.
-
Existem medos que não implicam uma acção directa de um ser humano perante outro. Eu não vou prejudicar ninguém só porque odeio montanhas russas, porque as temo verdadeiramente. Como um terrestres que tenha medo de arranhas não me vai chatear apenas porque trabalhamos juntos, a não ser que eu detenha um cativeiro de viúvas negras.
-
Agora, existem os outros medos, aqueles que levam um terrestre a prejudicar outro. Como já o mencionei, o medo do desconhecido e de como lidar com este é algo para o qual os humanos não estão equipados, assim, reagem a maior parte das vezes atacando o objecto da sua ignorância. Deveriam deter logo à nascença um manual de como reagir perante o medo. Ajudaria e muito.
-
Porque pensam que me escondo ? Tenho medo. Não quero acabar numa mesa destas!
Image Hosted by ImageShack.us
-
O Noz, mencionava num comentário e muito bem, algo que deu origem a este texto sobre o medo.
"É natural, no ser humano, “ostracizar” aquilo que não percebe. Quando não percebemos algo, destruímo-lo, é mais fácil do que tentar entender ou aceitar"
-
"Toma por exemplo a história da igreja, a Inquisição e as Cruzadas não passaram de uma tentativa de aniquilar o diferente, os infiéis, e o que não morresse teria viver segundo os padrões aceitáveis aos olhos desses imbecis. Tens também como exemplo a história das bruxas, quando uma mulher fazia algo de estranho e fora do normal, era atirada ao rio, só pelo sim pelo não, pronto… havia o risco de não ser, realmente, uma bruxa, mas se não fosse, olha… eliminava-se uma potencial bruxa."
-
As bruxas agora são outras. Já não andamos à procura de bruxas a razarem as nossas casas com as suas vassouras, agora as bruxas são aliens e as suas vassouras são naves.
E acreditem que existe muito medo, existe por parte de quem acredita e por parte daqueles que batem o pé e dizem que é tudo um disparate.
-
Noutra vertente, há bloggers que são processados pelo medo que se apodera dos nossos governantes
-
Há bloggers com medo de escrever o que lhes vai na mente por medo.
-
Ter medo faz parte do ser humano - e dos alienígenas -, prejudicar outro por medo já é covardia. É admitir que o medo paralisou a pessoa e que a única arma para lidar com esse mesmo medo foi uma arma suja. O medo não justifica usar golpes baixos, o medo não justifica prejudicar outro, se assim fosse esta bola azul seria um caos ainda maior. É que andamos todos com medo.
-
Aprender a lidar com os nossos medos é crescer. Tentar compreender porque motivo algo nos perturba é crescer. Enfrentar os nossos medos é crescer. Conseguir viver com os nossos medos é saber viver.
-
Para aqueles que querem continuar a viver no medo destruindo em vez de construir, para esses não tenho palavras.
Image Hosted by ImageShack.us
-
Mas isto sou só eu

58 Comments:

At 2:50 PM, Blogger vsuzano said...

O medo (sentimento inevitável em certas situações) leva-nos a ficar mais atentos...e como dizes, desde que lidemos com o mesmo até nos faz "crescer"...

beijo a medo.... hehehehe

 
At 3:04 PM, Blogger Noz said...

Em primeiro lugar quero dizer que estou lisonjeado e não acho que merecesse tamanho destaque! Como se diz "obrigado" em alienês? Como não sei digo em português, gracias!
Quando recuperar a lisonja vou tentar fazer uma consideração, mas agora tenho medo de o fazer, sobre esse tema que é, precisamente, o medo!

Kisses.

 
At 4:10 PM, Blogger Noz said...

Ora então cá vai a minha redutora opinião sobre o assunto:

No meu ponto de vista tocaste num dos pontos fulcrais da condição humana. Não o medo em si, porque esse, todos temos, mas a forma como o encaramos. Acho que esta é uma das formas que nos distingue dos animais. Estes, por exemplo, têm duas formas de lidar com ele: ou fogem a sete pés (bem… normalmente são quatro) ou atacam-no com o intuito de aniquilá-lo de uma vez por todas. Os seres humanos (com isto refiro-me apenas aos racionais) tentam enfrentá-lo, percebê-lo, e arranjar uma forma racional de lidar com este!
Infelizmente as pessoas tendem a ter medo daquilo que não percebem e, ainda mais infelizmente, existem aqueles que agem como animais quando isso acontece, ou seja, atacam, aniquilam-no, ao invés de fazer aquilo que acreditamos ser realmente humano, que é enfrentar esse medo, começando por assumi-lo, passando por tentar percebê-lo e por fim, aceitá-lo e aprender a viver com ele!
Existem vários tipos de medos e nem vale a pena estar a enumerá-los, em primeiro lugar porque iria deixar algum de fora, certamente, e em segundo lugar porque acho que o ponto fulcral é mesmo a forma como lidamos com os nossos medos, nem que seja medo de mimos!

Por exemplo: todos nós temos medo de sermos ultrapassados por alguém, pessoas com um mínimo de ambição, todas têm medo de ficar em segundo lugar ou ainda mais abaixo na tabela classificativa, a forma racional de lidar com isto e ultrapassar é aplicarmo-nos, melhorarmos a nossa condição e o nosso aproveitamento. A forma “animalesca” é tentarmos destruir os outros e com isso subirmos uns lugares na tabela! Ok, por vezes a “corrupção” impede-nos de subir por nós mesmos, mas nesses casos subimos a nossa auto-estima ao recusarmo-nos a entrar em esquemas dúbios! Pelo menos eu penso assim!

 
At 4:27 PM, Blogger Sentir said...

Passei de relance um olhar no texto, vou voltar para falar dele. Adorei as "figurinhas", principalmente a última.
Tô com medo de ficar sozinha e sinto saudade de você.


Volto já.

 
At 5:17 PM, Blogger Sentir said...

Você é irresistível, parei o serviço, enfrentei o medo do chefe me pegar matando o tempo, e li.

Coincidentemente ouvi sobre os remédios de Epicúrio (os deuses não são temíveis, é possível encarar a dor, a morte não é pros vivos...), que mesmo após milênios - para o homem contemporâneo, ainda não farão efeito - muitos de nós foi condicionado a acreditar nas verdades instituídas e se bloqueia diante do novo ou do não conhecido.
Temos medo de nós mesmos - eu acho, de encarar nossos erros, ninguém é totalmente livre de preconceitos, tento crer que a maior parte dos nossos problemas nasce da nossa incapacidade de saber ouvir, de perder o medo de encarar as falhas, sendo mais fácil encontrá-las no próximo.

Tenho medo de não ser o que desejo. Mas, como sei que “ser ou não ser” depende apenas de mim, evito o pensar no que não dará e faço o possível para acontecer.

“O medo dá origem ao mal”.

 
At 6:14 PM, Blogger caditonuno said...

o medo faz parte do interior do ser humano. nós aumentamo-lo pra assustar os outros e depois acabamos por nos assustar a nós próprios.

P.S: o saw IV éa ssim tao desapontante? eles dizem que ainda deve sair o V e talvez o VI.

 
At 7:03 PM, Blogger aquelabruxa said...

então sou alien? e a minha olívia é uma nave?
também adoro filmes de terror :)
beijinhos

 
At 11:58 PM, Blogger Fábula said...

olha eu tenho medo que tu e os teus conterrâneos invadam o meu querido planeta, por isso tenho que te eliminar do mapa! ;)

 
At 11:58 PM, Blogger Fábula said...

que é como quem diz... truz!

 
At 2:30 PM, Blogger IsaMar said...

há dias a minha filhota perguntava-me do que eu tinha medo ao qual respondi que era de baratas. Logo ela responde: "isso não é medo, é nojo"!

jinhos meus

agora em www.cronicasfemininas.blogspot.com

 
At 3:20 PM, Blogger Vício said...

bastante verdade o que escreveste!
mas acho que em certos casos não se trata de medo mas sim de frustração por não conseguir fazer melhor e então tenta-se destruir quem faz melhor!
ou então, como na inquisição, eliminar possíveis causas que pudessem prejudicar o poder que detinham! quanto mais penso nessas coisas mais acho convincente a história do filme "O código de Da Vinci".

PS - eu não tenho medo de ti, ouviste? ;)

 
At 6:53 PM, Blogger Barão da Tróia II said...

O medo andou arredado destas bandas uns anecos, agora voltou mais forte de que em antes, anda tudo acagaçado. Boa semana

 
At 8:36 PM, Blogger MariaTuché said...

MAI NADA!!!

Amiga este post é uma bela chapada...

Já agora venho reclamar porque deixei um comentário no post abaixo e ele sumiu???ahaha

Informo também que tenho medo de cobras, quanto a filmes de terror depois de uma certa idade passei a ter um medo do c......

beijosssssssssssssss

 
At 3:19 PM, Blogger Raposa Velha said...

Eu cá tenho medo do ridículo. Para nele evitar cair, fico-me por aqui. Ah (e esta é uma afirmação sem riscos), as tuas recentes "animações" têm sido fabulásticas.

 
At 3:44 PM, Blogger Raposa Velha said...

Gostei da dissertação do Noz, por isso atrevo-me a discordar dela. O medo é irracional. Quando é encarado de frente, analisado, tornado racional, deixa de ser medo. Transforma-se num obstáculo e, como tantos, transpõe-se. Isto é, o medo - e nisto não incluo o "receio" - aquele sentimento que frequentemente origina o pânico, é irracional e intransponível. Refiro-me, especificamente ao medo como aquele que sente o protagonista do 1984, Winston Smith, quando colocam a sua cabeça numa gaiola com ratos.

O medo de que falas no teu texto, esse é um eufemismo para outras reacções. Nada de mal, costumamos muitas vezes usar estes artifícios. Mas as situações que descreves têm palavras bem mais concretas para as classificar, tais como cobardia, inveja, arrogância, vingança, prepotência. E quando as palavras não chegam, juntamos-las em expressões como por exemplo "sede de poder", "ambição desmedida" ou "mau perder".

 
At 4:02 PM, Blogger Noz said...

Raposa Velha,
Concordo na perfeição com a segunda parte do teu texto, o medo que falei pode ser um eufemismo para todas essas palavras que mencionas, concordo que uma pessoa arrogante, vingativa, prepotente, com sede de poder, ambição desmedida ou mau perder, não tem de ser uma pessoa com medo, pode, simplesmente, ser uma pessoa sem carácter, sem valores, mas, no meu ponto de vista, o medo pode também estar na origem de todas essas formas de ser e/ou agir. Já a cobardia e inveja acho que estão mais intrinsecamente ligadas ao medo, seja ele qual for!

Na primeira parte do texto devo dizer que é claro que o medo é irracional mas acho que o desafio de todos nós é vencê-lo e/ou aprender a conviver com o mesmo, ou seja, fazer uso do que nos distingue dos animais, raciocinar. Se ao tornarmos o medo racional este deixar de ser medo, então obtivemos uma vitória! Claro, somos humanos e por tal fracos, o que leva a que nem sempre seja possível fazê-lo!
Mas este é apenas o meu ponto de vista e está, obviamente, aberto a discussão!

 
At 4:27 PM, Blogger ANNA-LYS said...

Happy Valentines Day
my dear Alienta ;-)

(( hugs ))

 
At 10:41 PM, Blogger silvio said...

costuma dizer-se que o medo também fez a tecnologia avançar.
Países criam armas novas para se "defender" dos outros.
Tecnologias como satelite, internet, etc, foram criadas com fins militares, por exemplo a DARPA criou a DARPANET para servir de meio de comunicação entre bases militares, Pentágono etc.
A medicina evolui também ,por causa do medo, medo de novas doenças, começam a fazer manipulação de genes e a procurar o "elixir" para prolongar a vida,
clonagem, etc, porque as pessoas têm medo da morte.
Alguns ja decidiram colocar o corpo em câmaras de criogenia, na esperança que quando forem descongelados, um século depois, exista alguma tecnologia que prolongue a vida, querem ser eternos.
todos esses medos, incentivam a tecnologia a progredir.

o medo também faz atitudes estranhas,
uma pessoa vê uma aranha, e com medo do insecto, pisa-a.
Mas o ser humano também faz isso a outro ser humano, os americanos são a NAÇÃO mais medricas do mundo, e atacam o inimigo antes que ele se torne poderoso.
Porqueé que querem invadir o irão? Porque o irão está a armar-se com energia nuclear e se for demasiado tarde, ja não dá para enfrentarem esse adversário poderoso.
Têm que atacar antes que ele se arme.
Por isso atacaram o IRAQUE, que ainda não estava armado com armas nucleares.

Mas o homem está a ser muito burro, porque está a destruir o planeta, aquecimento global é uma realidade, alterações climáticas, ciclones poderosos, muitas tempestades, secas, nevões, estão a matar milhares de pessoas anualmente, mas apesar dos avisos dos cientistas, os líderes políticos ignoram. estão a ser muito burros.
Porque sem planeta, vivemos onde!!???

por vezes ,ausência de medo, nesses casos, revela estupidez :)

 
At 10:42 PM, Blogger silvio said...

achei piada essa foto do alien numa mesa de operações :)
mas olha que também acontece o oposto, humanos em mesas de operações de alguma base militar, ou ovni :)

 
At 10:44 PM, Blogger silvio said...

existem milhares de fobias,
o que revela o grau de problemas psicológicos que a sociedade moderna gera nas pessoas.
há pessoas que têm medo de estar em locais publicos, outras nem saem de casa etc.
outras pessoas têm ataques de pãnico sem motivo,
outras sentem-se observadas, outras alucinações etc.
( E pessoas que nunca fumaram, nem beberam nem se dorgaram), tudo é fruto do stress do dia a dia.
A OMS (organização Mundial de saúde) diz que o stress laboral será uma das maiores causas de doenças no séc XXI.

 
At 10:52 PM, Blogger silvio said...

As pessoas perante o medo ficam vulneráveis, passivas, submissas.
O "medo" é a maior arma que o governo usa contra nós.
Nos noticiários ,começam noticias para induzir medo nas pessoas:
vai aumentar preço do pão, aumenta desemprego, aumenta preço dos combustiveis, aumenta nº de assaltos.
as pessoas ficam em choque perante estas notícias...

O governo aumenta impostos, aumenta o nível de custo de vida e nível de pobreza, explora cada vez mais e mais e mais os cidadãos, os cidadãos ficam abalados psicologicamente, ficam com graves problemas de endividamento. Milhares de famílias perdem as casas, e os bancos leiloam essas casas.
O governo lucra milhões $ quando sobre impostos.
E nós ficamos pobres, com medo.
O numero de pessoas com depressão aumenta, numero de suicídios aumenta.
Numero de pessoas a tomar antidepressivos aumenta.
reparem como eles usam o MEDO como arma contra o povo.

pessoas com depressão tornam-se mais consumistas,
aumenta o numero de pessoas a endividarem-se para procurarem "prazer" em novos gadgets, novas tecnologias, novo telemovel, ou simplesmente cholocates para terem prazer.
o nivel de obesidade aumenta.
estudos revelam que mesmo na crise de dinheiro, portugueses não pararam de consumir mais alimentos.
nao pararam de usar cartão visa, somos dos mais endividados, será coincidencia?
quanto mais deprimida é a sociedade, mais ela consome $$$.

um povo com depressão, nunca se irá revoltar contra o governo...

os noticiários estão constantemente a dizer "portugueses cada vez mais deprimidos".

será coincidencia?!

Pessoas com medo de perder o emprego, aceitam qualquer regra que a entidade patronal impõe, começam a desistir de fazer greves ou relcamar direitos, porque receiam ir para o olho da rua.
Entendem como o medo é uma arma que o governo usa para manipular o povo?

 
At 1:41 AM, Blogger ah e tal said...

bom post!;)

Há o medo de fenómenos que nos transcendem e desse medo ninguém pode fugir, está lá sempre.
Depois há aqueles medos de coisas pequenas (seja no amor,no trabalho em termos sociais etc) em que há um bloqueio de acção(da nossa parte) ilusório e esses são os medos que podemos e devemos encarar pois daí iremos tirar grandes lições de vida e tornamo-nos mais fortes..

Beijinhos meu bombom com recheio de menta!!!:D

 
At 6:36 AM, Blogger silvio said...

eu nunca tenho medo de fenomenos estranhos :)
acho que as pessoas é que são perigosas, pessoas de carne e osso..

existem medos que todas as pessoas têm,
medo da solidão por exemplo..

existe o medo da morte..
eu nao tenho medo da morte, pois acredito em vida pós morte, tenho é medo da forma como se morre :)
abençoados aqueles que dormem a dormir, essa é que é uma morte suave..

fica aqui uma frase interessante que vi num filme
"não tenho medo das balas, tenho é medo da velocidade a que elas vêem "
:-)

 
At 3:07 PM, Blogger Lívio said...

Ai que medo!!!
O medo de viver é que faz ter medo de morrer. Digo eu!
E há quem diga que o medo dá coragem...
Eu cá não sou corajoso!
Mas há terrestres que metem medo...

Sem medos!
bfds

 
At 11:48 PM, Blogger Alien David Sousa said...

vsuzano
Alguns enfrentam os medos e sim é crescer, outros ficam paralisados pelos seus medos e reagem atacando e isto é tudo menos crescer.
Um beijo sem medo ;)




NOZ
O destaque que te dei foi merecido, as tuas palavras andaram às voltas no circuito do meu cérebro e foram elas que deram um empurrão a um texto que teimava em não saltar cá para fora.

"Como não sei digo em português, gracias!" LOL

De nada!

"existem aqueles que agem como animais quando isso acontece, ou seja, atacam, aniquilam-no,"

Concordo contigo, claro que sim. Temos inúmeros casos, em que os humanos pegam nas "espingardas" e vão para o mato matar o lobisomem...quando o que realmente anda à solta por lá é um coelho. O medo faz com que os homens percam a razão.

"nem que seja medo de mimos! " lol

Bem, medo de mimos Noz? Isso é outra coisa...;)

"A forma “animalesca” é tentarmos destruir os outros e com isso subirmos uns lugares na tabela!"

Sim, esse medo entendo...até porque pode estar em risco a perda de um emprego e aí a nossa vidinha pode ir para o espaço. Muitas pessoas têm medo de outras no local de trabalho e usam golpes sujos para as prejudicar porque temem perder o seu lugar para essa pessoa e, temem mesmo vir a perder o seu lugar dentro da empresa. Então entram em guerra, o medo apodera-se delas e vale tudo.

"subimos a nossa auto-estima ao recusarmo-nos a entrar em esquemas dúbios! Pelo menos eu penso assim!"

E não é que pensamos da mesma forma ;)

Beijinhos= kisses lol
Our pigeon: sorry it took me so long to answer, i have been busy making sure our pigeon was able to fly with out being shoot





SENTIR

Quero ser irresistível, mas só para VOCÊ minha querida Sentir ;)lol

"muitos de nós foi condicionado a acreditar nas verdades instituídas e se bloqueia diante do novo ou do não conhecido."

Nem mais, o novo paralisa, amedronta.

"tento crer que a maior parte dos nossos problemas nasce da nossa incapacidade de saber ouvir, de perder o medo de encarar as falhas, sendo mais fácil encontrá-las no próximo."

Concordo contigo e mencionei esse facto no texto, temos de aprender a lidar com os nossos medos, aprender a enfrenta-los...só quando formos capazes de lidar com os nossos medos seremos capazes de viver como deve ser. Conviver com os nossos medos é saber viver.

E tens razão, voltamo-nos para fora muitas vezes quando não conseguimos lidar com o que temos cá dentro.

"Tenho medo de não ser o que desejo. Mas, como sei que “ser ou não ser” depende apenas de mim, evito o pensar no que não dará e faço o possível para acontecer."

AMEI esta tua postura!!

Um ENORME beijo linda




caditonuno
"nós aumentamo-lo pra assustar os outros e depois acabamos por nos assustar a nós próprios."

CADI, muitas vezes os nossos medos são por si só bastante poderosos, não necessitamos de os alimentar ;)

Sim o Saw IV é muito mau! Muito mau mesmo. E claro que vão sair o V e o VI e o VII...o IV foi concebido de forma para que tal se dê. Agora, para quem adorou o Saw I e o Saw III... é triste ver um conceito tão original como este ser destruido
kisses





aquelabruxa
"então sou alien? e a minha olívia é uma nave? " lol

Desculpa teres descoberto assim sem mais nem menos! Eu deveria ter tido uma conversa em particular contigo. ;)
Beijinhos




FAB

"invadam o meu querido planeta, por isso tenho que te eliminar do mapa! ;)"

LOL Não saberias viver sem mim
Sou tão pretensiosa, não sou?

Tenho de começar a escrever os meus fabulosos pensamentos ;)
Beijinhos





Isamar
Quantas vezes terei de te dizer que a tua filhota é um CLONE da Mafaldinha do Quino? lol

Adoro essa miúda, tenho de salvar o teu novo endereço
beijinhos





VICIO
"frustração por não conseguir fazer melhor e então tenta-se destruir quem faz melhor!"

Sim, entendo o que dizes. Acontece e não são poucos os casos, mas também acontecem aqueles casos em que certas pessoas temem perder o emprego para outrem, já o mencionei aqui. Temem cortes no orçamento e que a TAL pessoa fique com o seu lugar, neste segundo caso eu já enquadro a palavra MEDO no cenário.

"quanto mais penso nessas coisas mais acho convincente a história do filme "O código de Da Vinci"." LOL

Ah pois é !;)

Beijinhos viciante vicio
p.s Não tens medo de mim? Já te esqueceste que sou a Champion Bikini Mud Wrestler? ;)





Barão da Tróia
Até podias ter escrito este comentário em Braille que eu teria entendido. E sim tens razão...esta é a geração Socrática do medo.




Tuché

"Já agora venho reclamar porque deixei um comentário no post abaixo e ele sumiu???"

Minha querida, apenas te posso dizer que nos últimos tempos este blog é o triângulo das bermudas. Desaparecem coisas e eu não faço a mínima ideia para onde vão...nunca cheguei a ver esse teu comentário. Sabes que nunca o apagaria...não fui eu, é o que te posso garantir. Quando for o caso, avisa-me logo, ok ?

Cobras e filmes de terror LOL
As cobras vá lá...mas os filmes de terror? ;) lol

Beijinhos doida





RAPOSA
"Ah (e esta é uma afirmação sem riscos) LOL
Fico feliz por gostares das animações.


"O medo é irracional"
Concordo contigo, mas existem formas de enfrentarmos os nossos medos, ou fobias que andam de mãos dadas com o medo.
Dou-te o exemplo da AGORAFOBIA, o medo de sair de casa. É irracional, completamente irracional...mas pode ser tratado. Essas pessoas podem enfrentar esse medo. É possível aprender a lidar com os nossos medos e saber viver com eles.

Tu tens receio que os teus entes mais queridos morram ou medo? Se prensares bem nisto...e se imaginares a tua mãe ou o teu pai num acidente, se estiveres perante o teu pai...o que se vai apoderar de ti vai ser o MEDO, não o receio. Naquele momento em que a tua mãe tem um ataque cardíaco e esperas por uma ambulância o que se vai apoderar de ti é o medo e não o receio de a perder.

Quando falo que existem medos que temos de aprender a lidar...é porque eles estão cá dentro e de vez em quando dão um sinal de vida. Nós temos consciência deles e quanto mais depressa soubermos lidar com eles, melhor.


Quanto ao eufemismo para outras atitudes.
Concordo que algumas têm outros nomes como mencionaste; como covardia mas, como já aqui o disse, não te podes esquecer que se uma pessoa se encontrar na posição de poder vir a perder o seu emprego ( volto a dar este exemplo) devido a outra, o medo pode desempenhar aqui um papel crucial. E é um medo real, um medo irracional como mencionaste porque esta pessoa imagina de imediato a sua vida a desmoronar-se e entra em pânico e ao fazê-lo toma atitudes que são covardes mas que tem o seu ponto de origem no medo de perder o seu emprego. Como vês em certos casos uma atitude covarde pode estar interligada a um medo genuíno.

O medo tem muitas vertentes e a forma como as pessoas agem perante o medo é que as diferencia umas das outras.

E são tantos os medos. Variam de pessoa para pessoa. E são tantas as atitudes que estes medos podem originar.

kisses





NOZ
"o medo pode também estar na origem de todas essas formas de ser e/ou agir."

Foi basicamente o que eu disse em tantas "palavrinhas" ao raposa :)
Tenho de aprender a resumir as minhas respostas.

"Na primeira parte do texto devo dizer que é claro que o medo é irracional mas acho que o desafio de todos nós é vencê-lo e/ou aprender a conviver com o mesmo, ou seja, fazer uso do que nos distingue dos animais, raciocinar"

Aprender a viver com o medo é saber viver. Foi o que mencionei no texto...e tu tens razão os animais não o sabem fazer.

Kisses
Our pigeon: I will let you answer my visitors from now on, you do a great job ;)





ANNA-LYS

Happy Valentines Day My Dear Anna :D

((((Kisses & Kram))))))






Silvio
Brother li todos os teus comentários e vou sublinhar determinados pontos aqui numa só resposta até porque muito do que escreveste não necessita de qualquer tipo de comentário vale pelo que vale e tu sabes disso. ;)

"Países criam armas novas para se "defender" dos outros."

Será que preciso de comentar? Acho que não.

"o "elixir" para prolongar a vida,
clonagem, etc, porque as pessoas têm medo da morte."

Tem medo da morte e sim, querem vencer a morte.

"o medo também faz atitudes estranhas,
uma pessoa vê uma aranha, e com medo do insecto, pisa-a.
Mas o ser humano também faz isso a outro ser humano, os americanos são a NAÇÃO mais medricas do mundo, e atacam o inimigo antes que ele se torne poderoso."

O ser humano não é diferente dos irracionais quando está possuído pelo medo porque o medo transforma os seres humanos, o medo é irracional e faz com que os seres humanos tenham atitudes irracionais.

"A OMS (organização Mundial de saúde) diz que o stress laboral será uma das maiores causas de doenças no séc XXI."

É algo a temer.

"reparem como eles usam o MEDO como arma contra o povo."

Estamos a viver num regime socrático do medo, já o mencionei aqui. :|

"Entendem como o medo é uma arma que o governo usa para manipular o povo?"

Claro que sim,e não apenas do nosso. Mas como vivo por cá...tenho medo sim :|não gosto do caminho que estamos a percorrer.

kisses alienígenas





ah e tal

"que há um bloqueio de acção(da nossa parte) ilusório e esses são os medos que podemos e devemos encarar pois daí iremos tirar grandes lições de vida e tornamo-nos mais fortes"

Concordo contigo maninha, há medos e medos, uns que nos paralisam de tal forma que nem conseguimos falar. E há outros que podem ser menores mas que não deixam de ser medos e que apesar de conseguirmos falar nos paralisam na mesma, paralisam as nossas acções o que é uma merda. E aprender a lidar com eles é aprender a viver sim. Subscrevo inteiramente o que mencionaste.
Um beijinho grande minha latinha fresquinha de Coca-Cola, minha cereja no top do bolo ;)




Lívio
"O medo de viver é que faz ter medo de morrer."

Não sei se será assim Livio. Como já alguém o mencionou, eu não tenho medo da morte...tenho si de como possa morrer.

"E há quem diga que o medo dá coragem"

Bem, se tiveres medo de algo e o conseguires superar, acho que é de certa forma um acto de coragem. O teres enfrentado o teu medo.

"Mas há terrestres que metem medo"
LOL LOL

Concordo contigo,100% Cada vez tenho mais medo de certos terrestres :|

Sem medos
Beijinhos

 
At 7:11 PM, Blogger African Queen said...

Olá! Estava a ver que não ia ter tempo para comentar este post. Em primeiro lugar, gostei muito das tuas observações e concordo com elas... nada mau para um ET... confessa, és uma cientista do outro mundo e nós somos o teu caso de estudo? Só pode!
Eu acho que o medo, é o sentimento que mais nos lixa a vida. O medo, bloqueia-nos, impede-nos de avançar, de evoluir, de experimentar. Quantas pessoas ficam no mesmo emprego k detestam com medo de mudar, na mesma relação doentia porque têm medo de ficar sozinhos... e por aí fora. Há muitos medos e são legítimos, fazem parte de nós. Para mim o pior é não termos consciência dos nossos medos e atribuirmos a outros factores a nossa inércia ou os nossos preconceitos. Se racionalizarmos os nossos medos podemos ultrapassá-los, se os ignorarmos vamos ser castrados por eles. Por exemplo eu morro de medo das alturas e resolvi fazer montanhismo (ok... sou um bocado masoque tb :)), já desci montanhas a chorar agarrada à mochila da pessoa à minha frente, mas não deixei de usufruir da paz da altitude, da paisagem e da emoção de me ultrapassar a mim própria por causa do medo. Claro que há coisas mais complicadas, mas acho que o segredo é o mesmo. E fico por aqui, que tenho de almoçar :). Espero ter contribuido para o teu estudo :)
Beijinhos

 
At 7:46 PM, Blogger Klatuu o embuçado said...

Quando vieres das comprinhas e eu aparecer por trás de ti... é que tu vais saber o que é o medo! :)=

 
At 9:36 PM, Blogger White_Fox said...

Concordo com o que dizes. Já deixei de fazer muitas coisas por medo! Mas com a experiência (que é não é assim tanta) aprendi que é preferível deixarmos o medo de lado e arriscar.
Mas tb depende de situação para situação e de pessoa para pessoa...
bjs
(P.S. - ainda bem que gostaste do prémio :P)

 
At 5:30 AM, Blogger Gata Verde said...

Não é humano quem não teme.
O meu maior medo é deixar de ter paz interior.

Beijinhos e bom Domingo

 
At 5:43 AM, Blogger Alien David Sousa said...

African Queen

"Olá! Estava a ver que não ia ter tempo para comentar este post"

Querida MISS A tens sempre tempo para comentar nos meus "posts" eu leio todos os comentários. Se te der na cabeça comentar um "post" de 2006 acredita que eu vou acabar por o ler. O que me interessa é que me digas o que vai nessa cabecita após teres lido um dos meus textos. Sim porque eu estudo os humanos! ;)lol

"O medo, bloqueia-nos, impede-nos de avançar, de evoluir, de experimentar"

Sim, o medo pode paralisar, MESMO.

"Para mim o pior é não termos consciência dos nossos medos e atribuirmos a outros factores a nossa inércia ou os nossos preconceitos"

Concordo contigo...mas será que não temos mesmo consciência dos nossos medos ou fingimos um pouco...não sei? Realmente não sei. A mente é uma coisa muito estranha.

"Se racionalizarmos os nossos medos podemos ultrapassá-los, se os ignorarmos vamos ser castrados por eles"

Sim, se identificarmos os nossos medos podemos aprender a lidar e viver com estes. Se como dizes, escolhermos ignorar que temos um problema, então teremos um grande, mas mesmo muito grande problema.


Agora para aliviar a conversa. Tenho de me meter contigo :D

"já desci montanhas a chorar agarrada à mochila da pessoa à minha frente, mas não deixei de usufruir da paz da altitude, "

A chorar agarrada à mochila da pessoa que ia à tua frente? lol
Ó meus deuses do Universo, tu não digas a ninguém que me conheces, ouviste!!!?! ;)
Falando/escrevendo a sério,sim senhora é preciso coragem para quem teme alturas que por acaso também é uma fobia minha.

"ultrapassar a mim própria por causa do medo"

Estás a aprender a lidar com um medo que te paralisava. É isso mesmo, é assim que vejo as coisas. Estás a lidar com ele e apesar de ser dificil e continures a ter medo, já é outro tipo de medo...é algo que estás a conseguir controlar. Não sei que nome se dá a esta transformação...

"Espero ter contribuido para o teu estudo :)" LOL

Claro que sim. Contribuis sempre em todos os teus comentários. ;)
Beijinhos Miss A




Klatuu

Ó Klatuu! Tu tens cada uma!!!Achas que eu me ia assustar se visse um encapuçado de preto com um machado atrás de mim? Saberia logo que eras tu, então eu não estou farta de ver a tua foto!?
Tu és mesmo um brincalhão lol ;)
kisses




FOXY
"aprendi que é preferível deixarmos o medo de lado e arriscar.
Mas tb depende de situação para situação e de pessoa para pessoa..."

Às vezes é mesmo necessário admitir que temos medo, como disse a African Queen. E sim depende de pessoa para pessoa...como já o mencionei aqui várias vezes, assim como no texto, acho que o segredo é sabermos lidar com os nossos medos, aprender a lidar com eles.
Beijinhos
p.s- obrigada mais uma vez, vindo de ti é uma honra senhor foxy mulder :P





Gata Verde

Olha confesso que temo perder a minha SANIDADE MENTAL.
Quando mencionaste PAZ INTERIOR veio-me logo à cabeça sanidade mental... :|

Beijinhos

 
At 3:36 PM, Blogger conchita said...

Sou fanática dos bons filmes de terror, tento não perder nenhum que me pareça interessante.
Adorei o 1º "The Ring" e concordo conigo em relação ao "Saw IV", não gostei muito.
O medo faz parte do ser humano e uns dos meus PAVORES são as aranhas.

P.S - Cortei bastante o cabelo, sim!

Beijos e continuação de um bom fim de semana :)

 
At 7:25 PM, Blogger Su said...

excelente teu texyo. gostei.lucido

jocas maradas...sem medos...obvio, qui de marte

 
At 11:22 PM, Blogger Alien8 said...

Muito bem, mana!

Mereces que te ponha aqui o

Poema pouco original do medo

O medo vai ter tudo
pernas
ambulâncias
e o luxo blindado
de alguns automóveis
Vai ter olhos onde ninguém o veja
mãozinhas cautelosas
enredos quase inocentes
ouvidos não só nas paredes
mas também no chão
no tecto
no murmúrio dos esgotos
e talvez até (cautela!)
ouvidos nos teus ouvidos

O medo vai ter tudo
fantasmas na ópera
sessões contínuas de espiritismo
milagres
cortejos
frases corajosas
meninas exemplares
seguras casas de penhor
maliciosas casas de passe
conferências várias
congressos muitos
óptimos empregos
poemas originais
e poemas como este
projectos altamente porcos
heróis
(o medo vai ter heróis!)
costureiras reais e irreais
operários
(assim assim)
escriturários
(muitos)
intelectuais
(o que se sabe)
a tua voz talvez
talvez a minha
com a certeza a deles

Vai ter capitais
países
suspeitas como toda a gente
muitíssimos amigos
beijos
namorados esverdeados
amantes silenciosos
ardentes
e angustiados

Ah o medo vai ter tudo
tudo
(Penso no que o medo vai ter
e tenho medo
que é justamente
o que o medo quer)

O medo vai ter tudo
quase tudo
e cada um por seu caminho
havemos todos de chegar
quase todos
a ratos

Alexandre O'Neill

 
At 11:44 PM, Blogger poca said...

temos de facto Todos muitos medos!
Mais do que aqueles que poderiamos contabilizar assim de ânimo leve refletindo 2m sobre o assunto.

aquilo que deixamos de fazer por medo, ou o que fazemos por medo de.. consciente ou inconscientemente.. é resultado de uma sociedade toda ela regida por medo.

A própria igreja.. diz que cristianiza e tal.. mas tudo com base no medo.
Se não fizeres isto vais para..
Se fizeres isto aquilo e o outro.

Por muito fortes que sejamos haverá sempre certos medos que estão demasiado enraizados na nossa mente. Alguns chega a ser uma questão de educação!

 
At 1:47 AM, Blogger Alien David Sousa said...

conchita
Sabes uma coisa, eu fiquei com medo sa sequela do SAW IV :|
As aranhas têm algo...conheço tantos humanos que não as suportam.

"Cortei bastante o cabelo, sim!"
A sério? Espero que a reação daquela pessoa que te pediu para não cortares tenha sido boa ;)lol
Beijos




SU,
Ainda bem que gostaste, estava com medo da tua reação lol ;)
Beijinhos




ALIEN8
Maninho obrigada pelo "Poema pouco original do medo" do grande Alexandre O'Neill. Adorei. Um dia destes tens de me prometer que colocas aqui um dos teus, ok? :)
Beijinhos alienígenas para um verdadeiro ser do outro mundo





POCA

"é resultado de uma sociedade toda ela regida por medo."

Nem preciso de comentar. :|É óbvio.

"Por muito fortes que sejamos haverá sempre certos medos que estão demasiado enraizados na nossa mente. Alguns chega a ser uma questão de educação!"

Tens razão neste ponto, existem muitos medos que vêm de um passado longínquo. E acredito que como mencionaste muitos deles estão enraizados em nós...e quem sabe se não teremos alguns que desconhecemos?
Agora, se será ou não possível combater esses medos? Não sei? Mas acho que se dermos por eles, se forem impeditivos de desenvolvermos algo na nossa vida, aí acredito que é uma prioridade aprendermos a lidar com esses medos.

Beijinhos
p.s vê lá o que mencionei no teu blog Poca, eu não consigo comentar como deve ser:(...e tu sabes que gosto de comentar mais do que um texto teu

 
At 3:36 AM, Blogger Å®t Øf £övë said...

Alien,
O medo faz realmente parte do ser humano. Há que saber admiti-lo. Agora o medo por si só não justifica actos de cobardia, porque o medo pode e deve ser combatido, porque só ao fazê-lo conseguimos crescer. O problema é que há por aí muitos seres humanos que nunca crescem, e por isso refugiam-se em actos de cobardia.
Boa semana.
Bjo.

 
At 4:17 AM, Blogger Carla said...

Aprender a lidar com os nossos medos é crescer. Tentar compreender porque motivo algo nos perturba é crescer. Enfrentar os nossos medos é crescer. Conseguir viver com os nossos medos é saber viver. Simplesmente genial!

 
At 5:30 AM, Blogger silvio said...

Amiga, escreves tanto :-)
Tens que comentar comments de tanta gente, nao é?
Mas isso é bonito da tua parte, pois muitos bloggers ignoram o que os leitores escrevem e nem se dão ao trabalho de comentá-los..
A tua atitude é de louvar..

Eu acredito que a morte é uma passagem, não tenho medo do que está do lado de lá,
Apenas nao quero uma morte com sofrimento, lol.
Espero que morra dormindo, assim quando acordar ja estou doutro lado, ehehehe.

bjs

 
At 11:37 AM, Blogger silvio said...

AMIGA ALIEN..
visita o meu blog, coloquei 2 videos aque traduzi (frame a frame).. do programa "unexplained mysteries", ufo evidence, evidência ovni,
tem videos de ovnis, caso roswell, ovnis na base nellis, testemunhos de ex-controlador de radar, oficiais, pilotos, e ufólogos.. e videos ovni..

bjs
silvio

 
At 3:29 PM, Blogger hole in my vein said...

sim... será que tens medo de vir tomar café???????? AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAH

eu acho puiada ao medo! Aliás, eu não posso ir ao cinema ver filmes de terror porque começo a rir-me que nem um perdido e depois sou expulso porque as pessoas pensam que sou um psicopata! o que é agradavel porque as pessoas olham-me com um determinado respeito! enfim, o medo nos filmes de terror têm um quê de comédia!
os meus medos são outros!!!! e não estão relacionados com os outros!!!!

 
At 7:33 PM, Blogger IsaMar said...

ainda esta noite tive de aconchegar a a harota com medo da trovoada. mas ela dizia: eu sei que é só barulho, mas que queres, acho que são prédios a cair!

jinhos meus

 
At 11:30 PM, Blogger Fábula said...

sim, partilha os teus pensamentos connosco... :)

(pretensiosa, tu? náááá........ nadita!) ;)

 
At 3:17 AM, Blogger erks said...

"Aprender a lidar com os nossos medos é crescer. Tentar compreender porque motivo algo nos perturba é crescer. Enfrentar os nossos medos é crescer. Conseguir viver com os nossos medos é saber viver.
-
Para aqueles que querem continuar a viver no medo destruindo em vez de construir, para esses não tenho palavras."

Devo dizer que gostei especialmente desta parte.
Não, ainda não tenho net.
Vim só fazer um post ocasional e visitar-te para ver que coisas brilhantes é que continuas a escrever por aqui. Curioso que tenhas decidido falar do medo num dia em que eu mesma estou a lidar um pouco com ele. Qdo leres o meu post (assim que tiveres tempo, é claro. sei que és uma alien ocupadíssima :P) vais perceber mais ou menos do que falo.

Sabes? Isso do manual logo à nascença não era mto má ideia, não. Às vezes as pessoas tiram-me do sério (cá no meu íntimo) qdo atingem os outros por medo.

Eu queria mesmo dizer aquilo que eu depreendi do teu texto mas hoje estou num dia difícil, estou num dia de chuva. Esses são sempre os mais difíceis.

Só sei que o medo nasce connosco, cresce connosco e acompanha-nos em todas as barreiras e obstáculos da vida. O medo faz parte da nossa vida. Mas nós podemos sempre escolher o quanto é que ele, realmente, interfere nela.
Enfrentando-o.

Vou ficar por aqui, Alienzinha querida.
Beijinhos da Carol :)

 
At 3:47 AM, Blogger erks said...

p.s.- Eu tenho medo de filmes de terror :x que horror, que horror.

 
At 5:06 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Å®t Øf £övë

"O problema é que há por aí muitos seres humanos que nunca crescem, e por isso refugiam-se em actos de cobardia."

Pois, realmente tens razão. Há que ter em conta aqueles que não crescem. :|
Beijinhos
p.s ter dado de caras com o teu outro blog foi uma agradável surpresa ;)





Carla, não sei o que comentar :) Que tal um beijinho? É isso mesmo, um beijinho sem medo.




Silvio

Brother, respondo porque acho que se as pessoas perdem tempo aqui neste cantinho a deixar a sua opinião, é mais do que justo que eu comente...e acho engraçado a troca de ideias.

"Apenas nao quero uma morte com sofrimento, lol.
Espero que morra dormindo, assim quando acordar ja estou doutro lado, ehehehe."

Penso como tu. Não tenho medo da morte,tenho sim medo de como possa morrer.

VOU PASSAR POR LÁ. JÁ ESTOU CURIOSA. Dá-me só um tempinho.

Beijinhos



hole in my vein

"sim... será que tens medo de vir tomar café???????? "

AGORA É QUE DESCOBRISTE TUDO!!! lol
É verdade, tenho medo...tenho medo de ir tomar café CONTIGO!!!!

"os meus medos são outros!!!! e não estão relacionados com os outros!!!!"

Fiquei intrigada! Queres desenvolver? ;)

Beijinhos covinhas





IsaMar
LOL Muito bom, a tua miuda é demais. Tu tens consciência disso, não tens? ;)
ISa eu no teu lugar, começava a compilar as frases dela porque...bem ela pode vir a saltar para dentro de uma B.D
Beijinhos




FAB, vou partilhar alguns no teu Blog lol é melhor. Tu lá até tens "secções" apropriadas para o meu caso ;) Já lá deixei alguns pensamentos espero que tenhas gostado.
Beijinhos





erks
Carol, ainda estás viva?? Meus deuses do Universo nem queria acreditar que eras tu?!?

Tens de arranjar a Net :(

"Sabes? Isso do manual logo à nascença não era mto má ideia, não. Às vezes as pessoas tiram-me do sério (cá no meu íntimo) qdo atingem os outros por medo."

Pois a mim também, mas aprendi que temos de desvalorizar essas pessoas, porque se lhes damos importância elas sentem-se poderosas e fazem cada vez pior. Se nos mentalizar-mos de que temos de fazer um esforço para as ignorar, a determinada altura vamos fazê-lo sem darmos por isso.

"Mas nós podemos sempre escolher o quanto é que ele, realmente, interfere nela.
Enfrentando-o."

Claro que SIM! :D
Um beijinho GRANDE querida Carol
p.s eu passo por lá
p.s2 eu tenho medo de comédias idiotas lol

 
At 7:42 AM, Blogger ANNA-LYS said...

I fear You have forgotten me *tear*

 
At 8:36 AM, Blogger Alien David Sousa said...

ANNA-LYS

Dear Anna, that's so impossible! ;)
It's like saying: Alien, you have forgotten how to smile.

((((Huge Kram)))))

 
At 6:13 PM, Blogger Noz said...

Antes de mais, queria pedir desculpa por ter respondido por ti. Não quero invadir o teu espaço respondendo aos outros ilustres visitantes, além de que, no meu ponto de vista, tu sim fazes um excelente trabalho quer nos posts, quer nas respostas!
Apenas queria deixar bem claro o meu ponto de vista sobre o medo ser racional, mas que é uma grande prova de “ser humano” racioná-lo e se não o conseguirmos vencer, aprender a conviver com ele. Mas é claro que há medos que, por mais que tentemos, não se conseguem tornar racionais!

Our personal pigeon: Don’t worry if you’re late in your answers, there’re always excellent, and it’s a pleasure waiting for them!

Kisses

 
At 10:43 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Noz
Eu estava a brincar contigo ;) mas era um elogio. A raposa "desafiou-te" no bom sentido, assim, fazia todo o sentido seres tu a responder do que eu por ti.
Eu gosto verdadeiramente de ler o que os visitantes escrevem e de comentar. Dá-me prazer quando trocamos ideias e no final fico com MAIS do que detinha antes de ter escrito o texto.
Gostei bastante da troca de palavras que tive contigo e com a Raposa...assim como gostei bastante de ler a opinião de outros visitantes que por aqui passaram.

"mas que é uma grande prova de “ser humano” racioná-lo e se não o conseguirmos vencer, aprender a conviver com ele. Mas é claro que há medos que, por mais que tentemos, não se conseguem tornar racionais! "

Sim, é verdade há medos que não conseguimos racionalizar. Mas há formas de impedir que esses medos nos paralisem. Nos impeçam de viver a nossa vida. Quando dei o exemplo da "Agorafobia", medo de sair de casa, é um medo que não conseguimos racionalizar, no entanto temos meios à nossa disposição que já nos ajudam a lidar e controlar esse medo.


Our personal pigeon: now i don’t know what to say...im blushing, you made an Alien blush. That's mean! lol
kisses ;)

 
At 8:11 PM, OpenID karlmacx said...

Prémio. Lá no estaminé. Bjs.

 
At 9:32 PM, Blogger Seamoon said...

Brilhante mesmo!!gosto mesmo deste teu blog!
jinhos!

 
At 12:53 AM, Blogger silvio said...

eu sei, penso de igual modo :-)
coloca topicos novos.. ehehe
se puderes vê os meus videos, têm ovnis..

 
At 1:33 AM, Blogger Bxana said...

*medo*

:P

(odeio ter medo...)

 
At 1:35 AM, Blogger Mago da Lua said...

No Fear...and no make prisoners.

 
At 2:19 AM, Blogger Diabba said...

Confessa, tu no fundo no fundo... és uma caguinchas do pior!

hihihihihi

beijos d'enxofre

Nota: não vou confessar que o video que encima o teu post é super acagaçante!

 
At 4:14 AM, Blogger Alien David Sousa said...

karl
Thanks ;) já conversámos no teu cantinho mas mais uma vez obrigada.
Beijinhos



SEA
Que coincidência?!? :O Eu também gosto bastante do teu blog.
Beijinhos



Silvio
Brother vou colocar e sim, vou passar pela realidade oculta. Amanhã já te digo qualquer coisa.
Beijinhos alienígenas




Bxana

LOL eu também não gosto MESMO nada!

Miaus




MAGO
Já ouvi isso algures ;)
kisses



Diabba

Minha querida venenosa, confesso:
sou uma caguinchas!!! MAS, não sou do pior que há porque não temo diabinhas como tu lol

"Nota: não vou confessar que o video que encima o teu post é super acagaçante!"

Afinal não sou só eu que tenho de confessar que sou uma caguinchas!! lol
Tu és de morrer a rir venenosa.

Beijinhos diabinha cor de labareda

 
At 6:34 AM, Blogger poca said...

já reduzi o número de posts.. depois diz-me se tá melhor..

quanto ao que dizes, estou completamente de acordo. Ter consciência dos medos é o primeiro passo para os podermos ultrapassar.. enfrentar..

lembro-me de uma frase que escrevi algures:
"tenho muitos medos.. mas enfrento-os a todos como se não"

 
At 8:45 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Poca

Vou passar pelo teu blog amanhã para ver se já consigo comentar sem ter de andar à luta com a caixa de comentários ;)


"tenho muitos medos.. mas enfrento-os a todos como se não"

ADOREI a tua frase!!!Acho que tem tudo a ver com o que falámos e é mesmo essa a atitude que se deve TENTAR ter, pelo menos TENTAR.

Beijinhos

 

Post a Comment

<< Home