Friday, July 20, 2012

jhs.jpg

Somos todos iguais...

é mentira!

Há quem passe pela vida,
e quem a viva em pleno.

Há quem olhe para uma pedra e veja uma pedra,
outras contam de imediato uma história sobre essa pedra.

Há quem veja tudo a preto e branco,
e quem veja a vida a cores.

Não somos todos iguais meus caros terrestres. As nossas vidas não têm todas o mesmo impacto. Nós não somos únicos apenas porque achamos que o somos. A definição de único pode-se encontrar num senhor que dá pelo nome de José Hermano Saraiva, e que está neste momento a conversar com os Deuses do Universo e a descobrir que afinal a D.Maria era de facto uma galdéria e que o D.Sebastião foi raptado por Aliens do mal. Horas de conversa pela frente, aposto.

Não somos todos iguais.
Pensar assim apenas iria retirar o mérito a seres do outro mundo.

R.I.P

Mas isto sou só eu

6 Comments:

At 1:21 AM, Blogger Tétisq said...

Excelente texto...
Hoje vi alguns comentários no FB de professores da FLUC que arrasavam com o senhor devido à seu papel no Estado Novo ...
Todos erramos e eu continuo a acreditar que o senhor foi um grande português

Vou repetir o meu comentário no FB ( http://www.facebook.com/teresaisabel.queiros ) :
"Grande português, sem dúvida. Acima de tudo um grande comunicador. Ideológicamente teve momentos menos bons, mudou quando as injustiças nas quais participava, tocaram a família. Só os burros não mudam e quem vive muito tempo tem oportunidade de mudar muitas vezes.
Talvez não se enquadre no padrão de grande historiador, principalmente nos círculos académicos, o problema é que os que preenchem os requisitos ficam fechados nas academias, publicam pouco e quando o fazem não chegam ao grande público. Perdeu-se a única pessoa que, em Portugal, tornava a história participada por todos porque a todos era acessível e mostrava o país através do seu património :( "

Beijinhos...***

 
At 1:56 AM, Blogger Vanda said...

Muito bom :)

 
At 3:36 AM, Blogger Gemini said...

Apesar de não gostar muito de História, achava que este senhor tinha (pelo menos) o mérito de interessar os outros na história.
Eu estou é curioso para ver a alien reagir à referência Facebook do 1o comment... LOL
Já a Vanda, parece super feliz do homem ter morrido... Como o pessoal que faz "like" no facebook quando alguém actualiza o status para contar desgraças. (Vanda, que não conheço de lado nenhum, estou a brincar)
Bjos

 
At 8:05 AM, Blogger Alien David Sousa said...

TETE

Obrigada.

"Talvez não se enquadre no padrão de grande historiador, principalmente nos círculos académicos"

O problema com esses académicos que gostavam de " deitar abaixo" o Joséhermano Saraiva resume-se a uma palavra : frustação.

Ele consegui chegar a milhões, por contar factos históricos de forma diferente. Não me venham com tretas de que ele inventava tudo, não, não inventada dá-va apenas à história um brilhozinho para conseguir a atenção das pessoas. Foi graças a ele que muitos que hoje têm filhos se apaixonaram pela história de portugal e quem sabe tiraram cursos sobre história. Como muito bem frisaste os académicos escrevem 1 ou 0 artigos numa qualquer revista de MUITTTTTTTTTTTTTTTTTTO prestigio, mas a minha pergunta é a mesma que a tua : conseguem chegar às massas? Conseguem tornar a história apaixonante? Nope, this simple!

Para finalizar, por favor, por favor, não te percas tu também na merda do facebook, gospo por demais do que escreves no blog.
bjs


Vanda

Obrigada pelo "LIKE" lol Isto é culpa do Gemini. Ainda bem que gostaste.


GEMINI

Satisfeito???Hnmmmm=!=!??Satisfeito. Insultei a Vanda, disse à TETE para se afastar do face book e provavelmente perdi 2 visitantes lol (gargalhada- elas têm sentido de humor, espero :/

Vieste ao mundo para me fazeres a vida negra é o que é!!!
Beijos

immer noch zusammen, waitting zu sehen, ob das "Teil" des Gesprächs erarbeiten. ;)
Danke für Ratschläge

 
At 12:58 PM, Blogger Rafeiro Perfumado said...

Se o senhor inventava? Claro. Se o senhor cativava? Claro, e conseguiu que muitas pessoas passassem a gostar de história, ao perceberem que não era apenas algo em que se empinava datas e factos. Foi-se um grande comunicador, um homem que deixa Portugal mais pobre. Beijoca.

 
At 2:28 AM, Blogger Alien David Sousa said...

RAFEIRO PERFUMADO

Não diria melhor, bem disse...algo, mas tens toda a razão.Beijinhos Cão J.

 

Post a Comment

<< Home