Monday, March 05, 2007

Image Hosted by ImageShack.us

Quando é que caímos no ridículo?
-
Tenho medo de muitas coisas. Sim admito. Tenho. De perder os meu Aliens mais queridos é um deles. De perder a minha sanidade mental é outra, o que de certa forma está relacionado com o tema deste texto. O medo do ridículo. É por demais triste quando testemunhamos pessoas que outrora foram admiradas, tomarem determinadas atitudes que as diminuem perante os nossos olhos. E é triste quando o caso se dá por motivos de saúde. Temo esse ridículo. De um dia poder ser eu, o alvo da piedade de outros sem ter consciência disso.
-
Aliviando agora o texto, para que vocês não comecem a pensar demais e a correr para alcançar uma garrafa de Vodka ou qualquer outra que contenha álcool. Comecei a pensar sobre aquelas pessoas que caem no ridículo diariamente, e que - aparentemente - são seres sadios. Seres que não perderam as suas faculdades mentais.
-
Uns caem no ridículo porque são mesmo parvos. Não foram dotados pela natureza por aquelas coisas de que tanta falamos; os neurónios. Outros caem por fama, dinheiro, sexo, drogas e rock&roll. Pensei e foi a esta conclusão a que cheguei.
Se reflectirem bem, o cair no ridículo, independentemente da classe social, está relacionado com as palavrinhas que mencionei. Mas para não vos fazer a papinha toda. Pensem nisso e retirem as vossas ilações.
-
O exemplo de que vos vou falar é o do dinheiro/fama.
O Mr. Stallone. Que ganhou um Óscar, coisa que até hoje não entendo, vai lançar mais um Rocky
. Ora, este senhor já está mais para avô do Roky do que para representar o Rocky. O facto é que os Dollars falaram mais alto. E para mim isto já é cair no ridículo. Basta olhar para o senhor e ver no que vai dar o filme. Para ele, o dinheiro compensou o cair no ridículo. O que para mim me aterroriza - o meu medo de cair no ridículo - para este homem está tudo bem, desde que a conta bancária cresça.
-
E isto fez-me chegar a uma conclusão mais do que óbvia: para além de sermos todos diferentes, termos valores diferentes e perspectivas de vida muito diferentes. Há quem se sujeite a cair no ridículo porque simplesmente esse conceito não existe na sua " individualidade". Não existe enquanto existirem outros conceitos que sejam mais importantes, que detenham prioridade.
-
Fazer figuras parvas todos nós as fazemos.
Agora há algo mais parvo do que cair no ridículo propositadamente?
-
Para mim não! Mas isto é porque eu traço uma linha muito bem definida entre o ridículo e o ser-se parvo por natureza ou por opção, o que sou muitas vezes!
Sim, ser-se parvo de vez em quando por opção, é saudável!
-
Mas isto sou só eu.

62 Comments:

At 4:05 PM, Blogger White_Fox said...

Gostei do post. Mt gente já foi ver este último Rocky k saiu e dizem k não preste. Para além do gajo não fazer um bom papel, este filme é muito dramática e não tem mta acção. Logo ele anda ali a fazer figura de urso.
Pelo que ouvi vai sair um novo rocky, mas é com o filho do rocky (Deve ser para, como tens na foto), akilo durar até 2026.
Eu sinceramente não sou fã desses filmes. Mas o pessoal lá sabe o que ir ver ao cinema...

 
At 4:49 PM, Blogger Diabba said...

Não estou a perceber...

Então toda a gente incentiva a 3ª idade a praticar desporto e agora vens tu e dizes ké ridiculo?? não está bem!!

Faz parte dos sonhos dos senhores da 3ª idade poder dar uma sova em meninos fortes e espadaudos, o tal filme k falas (e k eu não verei, nem amarrada) serve para isso, é qse como um conto de fadas, para os velhinhos das forças perdidas (todas as forças) hihihihihi

beijos d'enxofre

 
At 8:21 PM, Blogger hole in my vein said...

às vezes é o dinheiro e isso é parvoíce! como dizes é parvoíce por opção ao dinheiro... e o dinheiro é uma opção quetionável! no entanto nos dias que correm nem é tanto assim... mas o senhor de que falas certamente não percisa de muito mais! (acho eu). depois há aquele cair no ridículo porque achamos que conseguimos fazer algo interessante. mais uma vez é uma opção! :)No entanto, haverá sempre alguém que acha aquilo que fazemos errado e ridículo! Normalmente são as pessoas que não fazem nada que têm essas observações. Por isso vamos acabar todos por cair no ridículo sem termos essa natureza e também sem ter uma opção consciente!!!

 
At 9:04 PM, Blogger Haddock said...

Tens razão, Alien.
Só não tem medo do ridículo o tolo e o arrogante. E porque dificilmente o pressentem, muito facilmente são os primeiros a cair nele. Só que o tolo vive em estado de graça e não se apercebe. Já o arrogante pode aperceber-se, mas está-se nas tintas desde que tire alguma vantagem da figura. É por isso que um Stallone, completamente à beira de um ataque cardíaco, se presta a exibir os seus esteróides anabolizantes em mais uma estafada sequela do Rocky.
No meio disto paira quase toda a gente, que já caiu ou tem medo de cair no ridículo. É uma questão de auto-estima.
E depois há aqueles que ficam para sempre associados ao ridículo sem o devido "proveito" (i.e., sem sequer se terem prestado a ele). É o caso de La Palisse, a quem injustamente é imputada a célebre frase "se não estivesse morto, ainda estaria vivo" (s'il n'était pas mort, il serait encore en vie). A sorte é que ele já tinha morrido quando esta frase começou a circular; frase que mais não foi do que uma paródia à letra de uma música que as suas tropas (o tipo era marechal), após a sua morte, compuseram em sua honra: "se ele não estivesse morto, ainda faria inveja" (s'il n'était pas mort, il ferait enconre envie). Agora todas as frases ridículas, pelo óbvio, são "lapalissadas"! E se calhar acabei de dizer uma data delas!
Beijos

 
At 9:26 PM, Blogger © JJCN 07 said...

Velho ou novo que interessa isso
é preciso é dar porrada
juntar mais umas massas
mesmo que agarrado á bengala
ter força nas canelas é preciso
o ridículo é ser enterrado vivo
venha outro filme para a malta
em 2020 vai o Rocky clone 8
é preciso é dar porrada...

 
At 11:48 PM, Blogger aquelabruxa said...

o filme não é bom, mas fui ver com o mano, tinha de ser... afinal o rocky é um clássico, mesmo não esperando muito do filme, ou talvez sobretudo por isso, até gostei. é uma história calma de quase terceira idade... lol

 
At 12:22 AM, Anonymous candida said...

ser parvo por opção é a minha maldiçºão :)

 
At 12:45 AM, Blogger António Almeida said...

querida alien
o último parágrafo do teu post O Texto da Unanimidade, diz:
"Mas isto sou só eu a querer ganhar uns trocos." e agora achas mal que o Sly, 59 anos, ou seja, com uma vida inteira pela frente, queira mais uns trocos para gastar?
tssss! tsss!
estou desiludido contigo!
mas o problema não está neste filme... data do já longínquo ano de 1976, ano em que fizeram o primeiro Rocky...
por amor de Deus, o meu tempo é importante de mais para o gastar a ver este tipo de filme.
se querem ver pugilismo no cinema, vejam Raging Bull/Touro Enraivecido, com o grande De Niro.

 
At 1:24 AM, Blogger Senhora das Aguas said...

eu acho o dinheiro uma parvoice em si e se vires bem é a unica força realmente forte e persuasiva de mover alguem a fazer as cenas mais deprimentes, idiotas homicidas e suicidas, por isso... nao é por aí alien...ja agora ele ganhou um oscar??? hii, ja nao me lçembro, foi ha tanto tempo...

 
At 3:33 AM, Blogger Casemiro dos Plásticos said...

o que o guito faz a um gajo... enfim

 
At 4:08 AM, Blogger vicio said...

espelhos só mostram a cara! é pena!

 
At 5:46 AM, Blogger poca said...

e será que eles têm a nocção de que estão a cair no ridículo?

um exemplo que sempre me fez espécie foi a Amália. Acho que o facto de cantar até morrer denegriu a imagem dela de quando a voz ainda não lhe doia.. nem a nós os ouvidos..

será só o dinheiro? será a necessidade das luzes, da antenção, das palmas?

não sei. mas partilho contigo. tenho medooooo!

 
At 6:44 AM, Blogger Alien David Sousa said...

White_fox,"Pelo que ouvi vai sair um novo rocky, mas é com o filho do rocky (Deve ser para, como tens na foto), akilo durar até 2026"

Cá estarei então para escrever qualquer coisita!;)
Beijos



Diabba,"Então toda a gente incentiva a 3ª idade a praticar desporto e agora vens tu e dizes ké ridiculo?? não está bem!!" LOL LOL

Muito bom, arrasas-me mas com piada! Assim até dá gosto. :D
Adorei o SEU comentário DONA Diabba. Teve o poder de me desmanchar a rir. ;)
Beijos alienígenas.
p.s estava a precisar ;)




Hole,antes de ter mencionado o caso do MR Stallone eu dei várias opções que acho terem um forte papel no factor "cair no ridículo". Era por demais maçador analisar um a um.
Quanto ao senhor precisar de mais dinheiro ao não, olha sinceramente gasta-se muito naquela vidinha e ele não tem tido muito trabalho nos últimos tempos lol


"depois há aquele cair no ridículo porque achamos que conseguimos fazer algo interessante. mais uma vez é uma opção!"

Como o disseste e muito bem, é por opção. E foi uma tentativa de fazer algo interessante e essas tentativas são sempre de louvar. Se depois dão para o torto, e caímos no ridículo, não o coloco no mesmo patamar do "ridículo" a que me refiro no texto.
Esse ridículo a que te referes chamo-lhe de "figuras tristes", vá lá! Que sim, todos nós nos deparamos com elas. Mas é outra coisa completamente diferente da que eu acho TRISTE, mesmo TRISTE e que menciono no texto.

Beijos covinhas




Haddock,"Só que o tolo vive em estado de graça e não se apercebe."

Sim a perca da nossa sanidade mental é triste. Assusta. Como o mencionei, cair no ridículo sem termos consciência disso.

"Já o arrogante pode aperceber-se, mas está-se nas tintas desde que tire alguma vantagem da figura"

Sim, pode tirar vantagem disso, mas não sei se a sua arrogância não lhe tapa os olhos ao ponto de não perceber que cai no ridículo e que os outros se apercebem disso.

"É uma questão de auto-estima."
Talvez.

Não, não disseste frases ridículas. Pelo contrário. Inteligente como sempre Capitão.
Bjs




JJ Mestre da Lente,que dizer? Ok! ;)
Bjs



Aquelabruxinha,olha...que espanto!! lol lol
Beijos



Candida,não é só a tua! ;)
Saudações alienígenas




Meu António,a questão não tem a ver com o Rocky. Apenas o dei como exemplo. A questão que coloquei tem a ver com o cair no ridículo. E mais por aí António...
Beijos





Senhora das Águas,não é por aí? Pelo dinheiro que ele caiu no ridículo? Não entendi?
Sim ele ganhou um Óscar com o primeiro Rocky. :|
Beijos




Case, ;) Faz com que o gajo tenha mais para comprar fraldas.
Beijos



Vicio, nem mais! ;)
Beijos



Poca/off :D

"e será que eles têm a nocção de que estão a cair no ridículo?"
Pois, foi até aí que eu tentei chegar. Eu acho, como o disse no texto, que esse conceito na sua individualidade não existe enquanto existirem outros que detêm prioridade. Sejam eles o dinheiro /fama/drogas etc....

O exemplo que deste da Amália é excelente porque também a mim me fez confusão.
Eu acho que era a necessidade da atenção, de se sentir amada pelo público, de sentir que a sua fama continuava intacta. Imaculada.

Temos medo!Algo em comum com uma Alien, já podes ligar para o 24 horas a contar!;)
Beijinhos

 
At 7:17 AM, Blogger Karl Macx said...

Gosto do post. Não gosto da metáfora. Gosto do post porque nos leva a pensar no que as pessoas fazem para serem famosas, mesmo que simultaneamente caiam no ridículo (falo de Big Brothers, e outros programas da vida real...), no dinheiro que querem ganhar, na forma como querem aparecer. Não gosto da metáfora porque o Rocky não devia ser usado como exemplo, mesmo que seja ridículo. Porque o cinema dá às pessoas o que as pessoas querem, e as pessoas quiseram o Rocky VI, mesmo quando o Rocky V foi, quando comparado com os antecessores, um fiasco. Aparentemente, este está a ser um pouquinho melhor. Logo, dizer que o filme é ridículo, é chamar ridículas às pessoas que foram ver o filme e isso é, a meu ver, um pouco pedante. Até porque já discutimos o pseudo-intelectualismo neste blog e chegamos à conclusão de que era mau. Adiante...
Não sendo o melhor exemplo (podias perfeitamente ter usado um qualquer Big Brother, Alien), pergunto: o Rocky foi ilustrativo do teu post, ou o teu post foi consequência directa da tua opinião sobre o filme???
Achas mesmo que o Sly precisa de dinheiro assim tão desesperadamente que se dá ao trabalho de fazer um filme onde supostamente um tipo de 60 anos luta contra um tipo de 20 e poucos? Desde quando o Rocky é ficção científica?
Vá, vá. Deixa-me organizar melhor as minhas ideias que depois "espeto" aqui um comentário sobre o ridículo a que as pessoas se dão, mas usando exemplos, se quiseres, ainda mais ridículos que o "Italian Stallion"...

;)

 
At 3:03 PM, Blogger IsaMar said...

muito haveria a falar sobre esta questão do ridiculo.
jinhos

 
At 3:20 PM, Blogger peace_love said...

Infelizmente a dignidade não paga as contas..

 
At 4:21 PM, Blogger Visi said...

Oh, silly me!!!


O cair no ridiculo pode depender de varias perspectivas!

-uns gostam e sabem que lucram com isso ou nao fosse o ridiculo o que mais lucro dá nos dias de hoje.E se nos dias de hoje é COMUM SER-SE RIDICULO, entao deixa-se de o ser!!!TOPASSSSSSSSSS?????...LOLOLOLOL

 
At 4:23 PM, Blogger Kaos said...

Acredito que só somos ridiculos quando não nos sentimos bem na nossa pele. Se não me importar com aquilo que os outros pensam de mim, só serei ridiculo para eles, mas eu nunca me sentirei assim (mais facil de dizer do que fazer, mas vale a pena tentar).
Honestamente acredito na liberdade de cada um e por isso aceito os seus ridiculos calmamente. Já a burrice e a parvoice me custa mais.
bjs

 
At 5:38 PM, Blogger SENTIR said...


Faço ridículo todos os dias e não ganho um mísero real. O problema é que guardo, a maior parte dos meus micos.
Não tive coragem de ver o filme. Mas, um colega comentou que - para agilizar nas poucas cenas de combate, os golpes - a produção aumentou a velocidade da película... lol. Quando eu digo, ninguém acredita, ninguém regula na América.
O Stálonge poderia tentar uma cadeira no Senado norte americano. Ridículo por ridículo os políticos de lá, têm o cargo proporcional ao retardamento, vide quem ocupa a maior vaga.

 
At 5:54 PM, Blogger Geo said...

se os 1ºos filmes disso ja eram tao maus, entao este ainda nao há de ser melhor....

 
At 6:42 PM, Blogger Barão da Tróia II said...

Todos temos um preço, todos já fomos, somos ou seremos ridículos, interessa é perceber porquê. Boa semana.

 
At 6:57 PM, Blogger Claudia_peixinha said...

Esta rapariga não pára ,sempre a questionar os terrestres:))

Jokas e boa semana.

 
At 9:53 PM, Blogger Aragana said...

Cair no ridiculo, muita gente cai.

Cair no ridiculo após uma certa fama e um certo valor monetário, ainda que vá, aliado ao cair no ridiculo após certa idade avançada. Ainda que vá ...lá.

Agora, chato e vergonhoso, é cair no ridiculo sem dinheiro, sem fama e sem nada. Só com maniazinha.

Bjus ALIEN

 
At 9:59 PM, Blogger Alien8 said...

Mana DS,

Que sempre conserves essa noção do ridículo e esse linha que traças, e a capacidade de a traçares passando pelos pontos certos! Caír no ridículo é horrível. Não ter consciêncis disso é ainda pior. Fazê-lo por dinheiro é... corrente :)

Se bem que, no teu exemplo, acho que o Sr. Stallone vai mas é fazer o Rocking. Como em Rocking Chair :)

Beijos alienígenas.

 
At 10:21 PM, Blogger Klatuu o embuçado said...

Tudo não passa de uma campanha a anunciar a sua futura candidatura à Presidência dos Estados Unidos! :)

 
At 11:09 PM, Blogger Enfim... said...

tudo o que não seja de exagero é saudavel lol.Passei para te deixar um beijinho ja tinha saudades deste cantinho.bjokas

 
At 1:02 AM, Blogger link said...

Concordo com este post. Já vi muitas críticas ao novo Rocky e não parece ser muito bom.

 
At 2:14 AM, Blogger Diabba said...

gostei da parte em que me tratas com "SEU" e "DONA", dá um ar respeitável, se bem que prefiro o tratamento amigável de: Sua Alteza Real a Diabba (é assim que os amigos me tratam, ao mesmo tempo que flectem o joelho e inclinam a cabeça)

hihihihihihi

beijo d'enxofre (soprado com dignidade na ponta dos dedos)

 
At 3:57 AM, Blogger Hindy said...

Por vezes sabe bem ser-se um pouco parvo, principalmente para aligeirar a vida...
A noção do ridículo, como dizes, é relativa...depende dos valores e da consiência de cada um...

Boa semana e beijos :o)

 
At 5:05 AM, Blogger Catarino said...

Ainda não vi o filme....
LOOL
Estou à espera dos teus comentários....Há muito que não te vejo pelo Diletante...
BEijo

 
At 5:23 AM, Blogger Belzebu said...

Tu estás completamente enganada!

O rapaz Stallone foi enganado pelas contra-indicações dos 6 primeiros filmes do "Rocky". É que lá, não estava escrito que quem leva murros na cabeçorra continuadamente,ao fim de 5 episódios, fica meio tontinho e perde a noção da realidade.

Ele é uma vitima!

Isto é muito mais profundo do que parece!

ehehh!! Saudações infernais!

 
At 2:21 PM, Blogger Visi said...

mas afinal onde andas, alien??????

YUHUUUU!!!ARE YOU THERE???????

 
At 3:03 PM, Blogger Fernando Almeida said...

Depois deste, começo a ficar com medo do regresso do Rambo...

 
At 3:43 AM, Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Alien,
Aí está um filme que não pretendo ver, por isso o Stallone comigo não ganha nem um centimo. Acho que o Rambo teve o seu "timming", mas que nos dias de hoje não faz qualquer sentido.
Mas prepara-te, porque para o próximo ano arrisca-te a vê-lo como candidato a um Oscar na feira das vaidades...

eheheheh

Bjo.

 
At 5:06 AM, Blogger Zé Lérias said...

A maioria dos "self made man" são assim.
Os que subiram na vida a pulso (digo, a punho) julgam-se donos do elixir da longa vida... e dificilmente terão a noção do ridículo.

Um abraço

 
At 9:12 AM, Blogger pedro oliveira said...

Alien, diria que partes de várias premissas erradas (como, aliás, alguns comentadores).
Stallone não precisa de dinheiro.
Rocky Balboa, é uma espécie de «american dream» ao contrário. Lembrei-me dos cinemas projectados num lençol na sociedade recreativa portelense (portela de santa margarida) dos cartazes de cartão, do «carocha» com um altifalante: «magnifíco filme...»
Este é um filme para pessoas que cresceram. Rocky (o primeiro) mostra-nos um miúdo que julga que o importante é vencer.
Balboa diz-nos que o importante é lutar, acreditar ... é isso que procuro transmitir na Universidade da Terceira Idade onde faço trabalho gratuito e voluntário. Nunca é tarde tarde para acreditar, nunca é tarde para aprender, nunca é tarde para sonhar, às vezes perde-se (Balboa perdeu o combate) uma batalha, mas não se pode perder a luta por uma vida mais digna, mais consciente... não por medo do rídiculo (rídiculas são as pessoas que nunca escreveram cartas de amor).

 
At 1:50 PM, Blogger jawaa said...

Gosto de passar por aqui principalmente pela tua coerência para com os Aliens.
Vê-se bem que não és deste planeta, tais as questões que nos apresentas, pertinentíssimas para despertar as mentes terráqueas...!
Sobre o ridículo tenho medo sim, eu, que já vivi os anos da mama, da escola, da tropa e mais do resto que não digo e outros tantos mais!
Sobre o dinheiro... não comento.
Tenho de aproveitar o tempo com quem tem neurónios como tu.
Um abraço

 
At 2:46 PM, Blogger Visi said...

DING DONG.....


BOM DIA, ALEGRIAAAAA!!!!!!!!!

:):):)


CHUUUUAAAAC!

 
At 4:03 PM, Anonymous Anonymous said...

O Rocky foi inspirado em vários boxeurs norte americanos que prosperaram em épocas de pobreza, como Rocky Marciano que entrou no mundo do boxe a treinar sozinho. Claro que este tipo de história não interessa muito aos intelectuais no poder do grande governo das consciencias e bom gosto, talvez se o Stallone fumasse, bebesse absinto por um copo pequenino e recitasse um poeta bacoco qualquer o Rocky seria um filme aclamado. Em relação à forma fisica do Stallone no filme: olhem se ao espelho e aposto que a maior parte de vocês está em muito pior forma que ele(não é meus pançudinhos e meninas cheiinhas de deliciosa celulite?)
"Se querem ver um filme sobre pugilismo vejam o touro enraivecido..." estas afirmações apoiadas no status quo deixam me banzado. Se querem ver um filme sobre boxe vejam o rocky, mas se querem ver um filme sobre o que é cair no ridiculo vejam o touro enraivecido, porque um mostra o treino, o suor, o sofrimento, o outro fala sobre um lutador, que apesar do título nem foi grande coisa (visto que ele era bom a espancar boxeurs europeus e quando apanhou com o sugar ray robinson foi completamente detonado)apesar da soberba realização do Scorcese.
Mas em relação ao tema principal do texto: acham mesmo que ele caíu no rídiculo? acham mesmo cair no ridiculo um homem com aquela idade tentar criar algo? Muitas vezes leio neste blog ataques aos Estados Unidos mas é esta mentalidade que eles possuem que nos torna um país vergonhoso: aqui todos anseiam por uma reforma antecipada aos 40 e poucos, lá tenta-se sempre, nem que seja aos 60 anos.

Ghostie

 
At 4:08 PM, Anonymous Anonymous said...

Ps: Nós nunca perceberemos um homem como Stallone, que sofreu de paralisia infantil, porque pertencemos uma geração mimada, pseudo culta com pretensões a intelectuais só porque lemos obras de referencia à força e sem gostar delas. Iremos sempre sub valorizar os esforços de quem veio debaixo só porque não sabe para que servem todos os copos numa mesa e porque não tem mais que a quarta classe.
Ridiculos somos nós.

Ghostie

 
At 7:02 PM, Anonymous julie said...

Sobre o novo filme do Stallone nem vou comentar , pois não gosto dos filmes dele.
Num modo geral ,achamos que uma pessoa é ridicula quando está a fazer figuras triste, o que é discutivel é o que definimos de figuras tristes.
As pessoas idosas estão muito condicionadas em realizar alguns dos sonhos antigos ou vontade em experimentar coisas novas , porque a sociedade estabelece padrões de idade em algumas situações, como algumas modalidades do desporto (por exemplo parapente, snowboard, patins em linha),tirar um curso superior, peças de roupa, ir a internet, ir a discotecas entre muitos exemplos.
Há aquela ideia que cada coisa tem uma idade própria, e quem ultrapassar essa idade pode passar por ridicula, se comportar ou viver algo que as outras pessoas, acham que é para gente mais nova.
Uma pessoas só é ridicula quando vive condicionada pela opinião dos outros,porque não faz o que quer, mas sim o que os outros querem ou esperam que faça.
bjs
julie

 
At 8:12 PM, Blogger mymind said...

px realment... ha pexoax k n tem noçao do ridiculo ta provado e reaprovado, lool
bjinhux

 
At 8:58 PM, Blogger Alien David Sousa said...

AVISO À FREGUESIA:

ESTE TEXTO NÃO É NEM ERA SOBRE O ROCKY OU SOBRE OS FILMES ANTERIORES. Nem sequer uma critica ao filme.

O exemplo DINHEIRO/FAMA/ROCKY/STALLONE que dei foi somente isso, um exemplo. Nada mais do que isso. O TEMA DO TEXTO É SOBRE O " RIDÍCULO" e de como se pode cair nele. É aí que está a questão do texto. Poderia ter dado outro exemplo. A questão não está no exemplo. E o texto até me pareceu claro. Pelos vistos não está.

Um obrigada para aqueles que o entenderam.

Saudações alienígenas

 
At 3:17 AM, Blogger pedro oliveira said...

Querida alien,

Não percebi que era, apenas, um exemplo, pensei que fosse um a crítica cinematográfica, pelos vistos fui rídiculo.
Olha como tu dizes:
«Mas isto é porque eu traço uma linha muito bem definida entre o ridículo e o ser-se parvo por natureza ou por opção, o que sou muitas vezes!
Sim, ser-se parvo de vez em quando por opção, é saudável!»
Faço minhas as tuas palavras, um beijinho.

 
At 4:15 AM, Blogger Senhora das Aguas said...

quis dizer que todos um pouco por muito que nao queiram caem nesse "ridiculo", quem me dera podere no ridiculo como ele, ganhando o que ele ganha :)))

 
At 4:17 PM, Blogger Claudia_peixinha said...

Querida Alien cadé TU?!

Jokas:)

 
At 4:58 PM, Blogger SA said...

ser parvo por opção é das coisas mais inteligentes..lol
quanto ao stallone, acho que nunca repaerei muito nos filmes dele quando andava na crista da onda, agora então...

 
At 7:56 PM, Blogger Zorze said...

Quando sair o Rocky 7 terei quase cinquenta anos e o "Silvestre" 132...

 
At 12:03 AM, Blogger Bolacha de Aveia said...

Bem, já não vinha para estas paragens há algum tempo... o trabalho já não dá tempo para espairecer... uia uia... e temo ter caído no ridículo, pois já não estou a par de nada do que se passa no mundo bloguista... matem-me por favor...

 
At 6:40 AM, Blogger Belzebu said...

Volta Alien que estás perdoada!


Saudações infernais!

 
At 3:52 PM, Blogger Tuche said...

Eu quero aplaudir este post!!!!

Beijoooooooooooooooooooooo

E o atrasado pelo dia de ontem amiga, mas como eu sei que pensas como eu o nosso dia é todos os dias.

 
At 8:04 PM, Blogger Seamoon said...

llloll...adorei este post,muito bem visto.

bjs e bom fds

 
At 8:18 PM, Blogger Claudia_peixinha said...

Bom fim-de-semana ,faço votos que estejas bem ,beijos.

(VOU TER UM RAPAZ)

 
At 10:51 PM, Blogger Daniel Costa said...

Curti o post, boa perspectiva.
O ridiculo pode ser acidental ou propositado... como sempre desde que exista alguém que compra e se divirta com ele, o crime compensa!
Não te parece uma outra espécie de voyeurismo? Pessoas outrora respeitadas e respeitáveis cairem em desgraça são visões tentadoras para o comum dos mortais.
Ver o Rocky/Stallone a fazer o combate da terceira idade sempre dá aquela ideia de uma sombra do mito do cinema.
Poderá parecer perverso, mas o medo de cair no ridiculo não existirá desde que este seja apetecível, através das formas que mencionaste, para os consumidores da cultura pop.
Faz lembrar aquelas multiplicações feitas por Warhol do John Wayne ou da Marilyn Monroe carregadas de cor. Podem ser ridículas, mas até são arte porque há quem assim ache.
Apetece dizer "deus nos livre do ridículo desde que não seja rentável"...

 
At 11:07 PM, Anonymous Anonymous said...

Eu gosto muito de ti Alien, quero que sejas a minha melhor amiga pk sou uma lambe botas desgraçada que só vem ao teu blog para ter publicidade para o meu blog merdoso que tem textos á lá paulo coelho sobre a descoberta do zahir etc e tal. e nao faz mal que me insultes se eu perceber mal os teus textos e escrever coisas erradas e mesmo que eu tenha razão e tu não podes me insultar que eu aceitarei. mil beijos fofos da tua leitora sem personalidade
Laura
Ps: procuro homem com bons rendimentos, que seja meigo e fofo e que não queira fazer filmes pornograficos caseiros com pastores alemães porque dói muito.

 
At 11:29 PM, Blogger Alien David Sousa said...

LAURA, os outros comentadores que me desculpem mas tenho de responder individualmente ao teu comentário.
Venha cá esse abraço!

"e nao faz mal que me insultes se eu perceber mal os teus textos e escrever coisas erradas e mesmo que eu tenha razão e tu não podes me insultar que eu aceitarei."

Nunca ninguém me deu prova de amizade maior da que me estás a dar LAURA! Já és a minha melhor amiga. És! Não tenhas
duvidas. És!

E digo-te mais querida Laura. A Blogosfera está repleta de gente que se faz passar por quem não é. Foi refrescante saber que ainda existem pessoas como tu. Querida...se fosses um gajo...opá eu nem sei...perdia-me completamente.

Quanto ao teu P.S

" procuro homem com bons rendimentos, que seja meigo e fofo e que não queira fazer filmes pornograficos caseiros com pastores alemães porque dói muito. "

Sim, acredito que a coisa com os pastores alemães doa um bom bocado, mas olha podes sempre tentar com caniches.: D

Já agora à noite aponta uma lanterna para o céu em forma de X. e pensa em mim. ;)Tipo Batman que eu vou a correr ter contigo.

Beijinhos da tua nova melhor amiga, minha querida fofa sem personalidade

p.s podes sempre fazer publicidade ao teu blog merdoso aqui no meu merdoso blog.

 
At 1:08 AM, Anonymous Anonymous said...

Quero que sejas mais que minha amiga: quero snifar lonfas linhas de coca através das tuas coxas brancas.
Laura

 
At 2:32 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Laura fofa sem personalidade, estás a querer escandalizar aqui os meus visitantes. ;)
Eu bem me parecia que tu vinhas com segundas intenções! E se eu agora deixasse este povo todo de boca aberta e dissesse que CONTIGO VOU ATÉ AO FIM!FAÇO TUDO O QUE QUISERES! lol Estou a chorar a rir. E TU SABES QUE SIM, não é querida?
Beijos fofa.
p.s pensei em ti no duche.Depois dou-te os detalhes. ;)

 
At 2:58 AM, Blogger Cruzeiro said...

Por fama, ou para manter a fama, a verdade é que há pessoas que fazem tudo, ou quase tudo, apenas querem dar nas vistas, a forma como o fazem não é importante.
E julgo que em alguns casos nem têm a noção do ridiculo...

 
At 5:01 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Cruzeiro
Foi essa a ideia a que cheguei quando "meditei" sobre o assunto.

"E julgo que em alguns casos nem têm a noção do ridiculo... "

É isso mesmo.
Acho que deves ter sido a única pessoa que viu a "coisa" da mesma forma que eu. Para além de teres percebido o texto, o que só por si já foi OBRA!!! Tendo em conta .... e mais não digo.
Beijinhos

 
At 3:06 AM, Blogger Cruzeiro said...

Alien,
Vindo de ti, vou considerar isso um elogio!! eheheh
Obrigada!
Beijinhos

 
At 4:27 AM, Blogger Alien David Sousa said...

É uma constatação! ;)
Beijinhos cruzeirinho...voltei a jogar a "porcaria" do jogo. Só os consigo separar dos canibais. O meu QI deve ser muito baixo! :|

 

Post a Comment

<< Home