Friday, January 18, 2013

aliensex.jpg

SEXO COM AMOR
SEXO SEM AMOR
 
Existe diferença? Claro que sim! Pelo menos para nós, aliens, existe.
 
Acredito que muitos terrestres se identifiquem com o que vou explanar. Outros, irão deixar um comentário na minha caixinha e vamos andar a jogar ping-pong. Coisa que - admito - adoro, quando existe respeito pela opinião de cada um.
 
Vamos desde já retirar a masturbação desta equação. A masturbação é sem dúvida o fazer amor com quem gostamos, nós próprios. Mas, e se ao fazê-lo temos na cabeça a martelar e no coração a bombar, alguém em concreto?
 
Continua a ser um acto puramente sexual, sem emotividade? Já não tenho certezas quanto a este cenário.
 
Sexo é sexo. Algo animalesco sem o qual não sabemos viver em plenitude, é quase como comer ou beber, é essencial para o nosso bem-estar. Estamos de acordo?
 
Agora, vamos lá ao que interessa: existe ou não uma diferença entre termos sexo com alguém que amamos e ter sexo com alguém que pouco nos diz? Uma coisa de uma noite, ou até de várias noites, mas que não nos tira o sono, aquela pessoa. Se está por perto, ok. Se não está, ok.
 
Existe uma diferença? Se existe!
Quando temos relações sexuais com alguém por quem nutrimos um sentimento emocional forte, como o amor, a intensidade do acto é muito mais ampliada. Para começar, o desejo sexual é mais exacerbado. A pessoa ao nosso lado aumenta estupidamente a nossa libido, isto porque temos todos os nossos sentidos focados naquele ser que amamos.
 
Quanto ao sexo sem amor. Como dizem muitos humanos; é sexo puro e duro. Não existe uma relação sentimental, apenas uma sexual. Dois seres que se divertem porque ter sexo é sempre bom, raras excepções, como quando um dos dois não sabe o que está a fazer. Preenche da mesma forma que o sexo com amor? Não acredito. Comigo nunca chegou perto. E com vocês?
 
Quero sublinhar aqui algo muito importante. Para mim - mais uma vez, sendo uma alien - existe uma terceira categoria. Sexo com a pessoa que amamos e o fazer amor com essa mesma pessoa.
 
Como mencionei no blog da Diabba, existem momentos em que fazemos amor com o nosso parceiro/a, é mais intenso, intimo, é um querer diferente, até o orgasmo é distinto. Mas, existem por vezes, ocasiões em que só nos apetece que a outra pessoa chegue a casa para lhe saltarmos para cima, e darmos uma valente ali mesmo no chão.
 
Finalizando, tenho de corrigir o título deste texto para:
Sexo com Amor
Sexo sem Amor
Sexo puro e duro com Amor
 
E pronto, estamos falados. Não me quero alongar, tinha mais para dizer, mas por agora ficamos por aqui.
 
Não estou para dar uma de sexóloga tipo Marta Crawford.
 
Mas isto sou só eu
 
Nota: A Diabba está a preparar um post que vai dar muito que falar. Fiquem atentos.

27 Comments:

At 5:18 AM, Blogger Vício said...

antes de qualquer coisa... falta muito para te ver a publicar poesia?

quanto ao resto... como para um caranguejo é incocebivel a ideia de sexo sem ligação afectiva... gostei que tivesses falado da terceira (aguarda um pouco para eu ir ver a palavra que usaste)...







... categoria... ok!! chama-lhe isso.

 
At 8:03 AM, Blogger Alien David Sousa said...

VICIO

Se existe algo que nunca irei publicar é sem dúvida poesia lol Não tenho jeito e sofro de algo muito mau: não aprecio poesia. Pronto ficaste a saber que não verto lágrimas a ler poemas ;)

LOL Tu és demais.

Poderia ter arranjado outra, mas "categoria" pareceu-me bem!
Kisses V.V

 
At 8:18 AM, Blogger Tétisq said...

Ou seja, comemo-nos ...

 
At 11:22 PM, Blogger Alien David Sousa said...

TETÉ

Sem dúvida.
kisses

 
At 2:12 AM, Blogger carpe vitam! said...

e onde cabe a paixão nessa equação? Será que o sexo com amor é sempre melhor que o sexo com tesão? certamente que quando amamos, conhecemos melhor a outra pessoa (ou nós próprios, daí também sabermos melhor como a satisfazer e quando isso é recíproco, é muito bom. Mas e a adrenalina de estar com alguém pela primeira vez quando corre bem? as fotos são tuas?

 
At 2:36 AM, Blogger ► JOTA ENE ◄ said...

Ai mulher, deixas-me sempre corado e intranquilo com a tua literatura. Sim, vcs 'Aliens' nestas questões de sexualidade conseguem estar um patamar à frente dos humanos.

Estou completamente baralhado com as premissas que mencionas (com ou sem amor).

Bom, vamos lá tentar ser o mais sucinto possível, até porque é uma matéria que daria várias páginas de escrita.

Toda a gente sabe que praticar sexo é óptimo e faz falta para ter uma vida saudável, independentemente das vertentes que apresentas. Eu diria que o sexo está intrinsecamente ligado à afectividade, portanto não há como separá-lo do amor. Penso que a grande maioria dos relacionamentos surge a partir de um carinho ou de uma atracção. É evidente que a maioria das pessoas (eu próprio me incluo) prefere o sexo com amor.

Abordando a tal diferença entre sexo com e sem amor, obviamente existe diferenças. É certo que as mulheres, em grande parte, são sempre mais românticas e idealistas, para elas a união entre o sentimento e o prazer é quase indispensável. No entanto, os homens (não generalizando), durante a sua iniciação sexual, priorizam, quiçá, o desejo sobre a emoção, mais tarde enquanto adultos, então sim... outros valores se levantam.

Em termos de performances, para quem ama, ou seja, onde impera o sentimento ... 3 ou mais horas consecutivas 'no bem bom' com a respectiva parceira entre carinhos, joguinhos de sedução e preliminares talvez a relação sexual seja mais satisfatória para ambas as partes. É evidente que nem sempre somos uns super-heróis, e nem sempre há predisposiçao... mesmo onde impera o amor mútuo, apesar de sabermos (já desconfiava, lol) que a mulher está sempre preparada para mais de 3 horas de sexo irrestrito.


OBS: Alien(zita) o que descrevi em cima (3 horas ou mais) não é Sexo Tântrico... Sexo Tântrico é outra coisa. ツ

 
At 6:59 AM, Blogger Alien David Sousa said...

CARPE

A paixão também é trabalho, não me venham com tretas de amor eterno. Para mantermos uma relação sexual satisfatória com o nosso parceiro/a temos de "variar". E não me refiro a posições apenas, mas a fantasias, locais diferentes entre 4 paredes ou fora destas. Só mesmo apimentando a relação sexual é que o amor se mantém, pelo menos na maioria dos casos. Não posso falar por todos, apenas por mim.Amor sem sexo, não resulta.Amor sem intimidade não resulta. O amor dá trabalho...o manter a relação sexual viva, dá trabalho.

Quando falaste do sexo com tesão, eu escrevi que também o temos com a pessoa amada. Por vezes, só nos apetece saltar para cima desta, sem preliminares...sexo animalesco. É algo natural e faz parte do amor.

Claro que não sou eu lol Achas-me com cara de lésbica? Não tenho nada contra mas gosto mais de machos.

Pensaste no que escrevi no teu blog?
Vou lá espreitar.
kisses

JOTA

Gostei do teu comentário, mas deixa-me só esclarecer aqui uma coisa:

"Eu diria que o sexo está intrinsecamente ligado à afectividade, portanto não há como separá-lo do amor. Penso que a grande maioria dos relacionamentos surge a partir de um carinho ou de uma atracção."

Falando sem papas na língua, quando um gajo dá uma queca de uma noite porque encontrou uma mulher que estava para aí virada, não acredito que a afectividade tenha alguma coisa a ver com isso. É sexo puro e duro, não se conhecem, dão uma queca e provavelmente não se vão voltar a ver. Podem ter sentido uma atração um pelo outro, ou podem muito bem ter estado apenas com tesão e encontrado ali alguém para satisfazer uma necessidade.

"o que descrevi em cima (3 horas ou mais) não é Sexo Tântrico... Sexo Tântrico é outra coisa"

LOL
Eu sei muito bem o que é sexo tântrico Jotazito.
kisses
p.s Uma ideia para um post teu, escreve sobre sexo tântrico, acredito que exista muito boa gente por aí que pensa que sabe o que é :)

 
At 7:21 PM, Blogger ► JOTA ENE ◄ said...

Ó Alien(zita), não é justo. A finalidade do teu post era dissecar ...

Sexo com Amor
Sexo sem Amor e
Sexo puro e duro com Amor... ou seria,

TESÃO PURO E DURO e...
QUECAS DE UM ENCONTRO?

Sendo assim tens que pensar noutra publicação. Como te disse, uma resposta ao teu post tem várias cambiantes, optei apenas pela que me identifico mais, nesta altura da minha vida, certo ?

 
At 8:27 PM, Blogger Rafeiro Perfumado said...

Já fizeste as contas à quantidade de vezes que tinhas feito sexo / amor / trancada em vez de dissertares sobre o assunto? ;) Beijoca!

 
At 10:53 PM, Blogger Alien David Sousa said...

JOTA

Não entendi muito bem este teu comentário. Para mim quando escrevi de sexo sem amor é óbvio que me refiro a sexo ( quecas) de uma noite ou várias noites onde existe apenas uma relação sexual a unir aquelas duas pessoas, a vontade de ter sexo puro e duro.

Quanto ao tesão puro e duro, aplica-se a ambos os casos se pensarmos bem.

Não entendi o que pensas que não percebi do teu comentário?! Acho que o entendi bem...mas
kisses jotazito

RAFEIRO PERFUMADO

E se te disser que sim! lol
Beijinhos cão J.

 
At 11:32 PM, Blogger ► JOTA ENE ◄ said...

"Não entendi o que pensas que não percebi do teu comentário?! Acho que o entendi bem..."

Eu, Jota, estou mais baralhado que tu. Quem me manda meter contigo ?

Dizes que não entendeste, depois rematas e dizes que entendeste. Acho que tu queres dar comigo em maluco. Bom, eu já sou, mas assim não recupero ! :)

 
At 2:16 AM, Blogger Diabba said...

Bom... depois de ler o teu post, E de ler os comentários, só posso sorrir.
As almas só fazem "o amor" com quem gostam, porque assim é que é elevado e tal. Foder com a pessoa amada, só porque sim, nem pensar, com essa só o amor.
O que eu gosto de gente mentirosa, catano.
]:-D

 
At 7:11 AM, Blogger Alien David Sousa said...

JOTA

Eu não entendi o 2ºcomentário, o primeiro que disse ter entendido, entendi.

Isto parece conversa de malucos. Eu apenas referi na minha 1ª resposta ao teu comentário, o facto de que podemos ter tesão, nada a ver com amor ou afectividade ou atração....

enfim estou confusa...ficamos assim
kisses J.




DIABBA

Como é bom ver-te venenosa :D
Quanto ao meu texto e até ao comentário que deixei no teu blog, eu frisei que nós podemos fazer amor com o nosso pareceiro/a ou simplesmente foder. São coisas diferentes mas acho, falo por mim, que podemos ter ambas com a pessoa que amamos.

Tu és demais, vou ficar pela última frase a "catano". Acho que entendi o teu comentário ;)
Beijinhos diabita cor de labareda

 
At 5:29 PM, Blogger Felina said...

Claro que ter sexo com alguém que se ama pode ser divino, mas só amar não chega, é preciso que haja compatibilidade no sexo , ah pois é, nem todos os casais que se amam conseguem ter bom sexo, é preciso que o(a)s parceiro(a)s saibam como tocar o instrumento (corpo), e não estamos a falar de performances, mas sim saber mexer com todos os sentidos, de maneira que a excitação atinja o pico máximo e consequentemente levar ao orgasmo divinal, ou quiçá no caso das mulheres aos múltiplos divinais orgasmos
Pode-se ter um orgasmo só com o primeiro beijo da pessoa que se ama, mas nos beijos seguintes já não resulta , já há uma necessidade de algo mais e a necessidade vai crescendo, a excitação requer novidade, por isso cuidado com as rotinas.
As quecas ocasionais, com parceiro(a)s depois de uma noite de copos, só pode resultar em frustração na maioria dos casos.
Mas é possível ter um bom sexo com os níveis de excitação que levam ao sétimo céu, sem que haja amor, mas sim uma atração física ou intelectual, tudo depende da habilidade e sensibilidade em mexer com os sentidos, é necessária muita envolvência , não se trata só de satisfazer o desejo carnal mas também de partilhar carinho.
O conhecimento do seu próprio corpo também é importante para que o sexo seja bom, há homens que pensam que só podem ter prazer na ejaculação, são muito físicos, e tentam resolver a insatisfação deles na troca de várias parceiras, se deixarem de se influenciarem pelos filmes pornos e serem um pouco mais mentais e se entregarem a outro tipo de caricias que não seja só o felacio, os orgasmos deles podem ser muito mais intensos.
E não digo mais nada senão ainda pensam que tenho um consultório …



Beijoca

 
At 9:28 PM, Blogger Alien David Sousa said...

FELINA

E não terás mesmo um consultório? Hmmmm Gata, fiquei com a pulga atrás da orelha.

Concordo com a tua visão do sexo, e até sei de casais que se amam e não têm uma vida sexual satisfatória, o que para mim é um problema sério porque a parte sexual numa relação é muito importante. Não vou atirar para o ar percentagens, mas o amor necessita do sexo.



"Mas é possível ter um bom sexo com os níveis de excitação que levam ao sétimo céu, sem que haja amor, mas sim uma atração física ou intelectual, tudo depende da habilidade e sensibilidade em mexer com os sentidos, é necessária muita envolvência , não se trata só de satisfazer o desejo carnal mas também de partilhar carinho"

Esta é a única parte em que tenho de mencionar uma coisa. Quando falei do sexo sem amor, é mesmo aquele sexo de uma ou várias noites em que a pessoa em questão nada nos diz. Andamos a dar umas quecas porque sexo é sempre sexo. Mas quando tu mencionas carinho,atração física ou intelectual, aí pode não existir amor mas já existe uma emoção forte pela outra pessoa, o que não tem nada a ver com a queca de que falei, porque sim! Entendes onde quero chegar? Existem sentimentos, pode não ser amor, mas é algo mais do que sexo puro...

Concordo com tudo o resto. Uau! Ah e já agora, algo que mencionei e a Dibba sabe - mencionei no meu texto e num texto dela - é o facto de muitas pessoas mencionarem que não fodem com a pessoa amada,só o fazem com amor. Eu discordo, existem momentos em que fazemos amor...não vou voltar a entrar em detalhes ( estão no texto), mas existem outros em que só nos apetece foder a pessoa amada. Sexo puro e duro, nada de preliminares,estamos com tesão e queremos satisfazer uma necessidade. Aí compreendo a Diabba porque penso da mesma forma. São duas maneiras diferentes de ter sexo com quem amamos, mas ambas existem.São reais.

Obrigada pelo seu ponto de vista Dr.Gata ;)

Festinhas
p.s Já sei a quem recorrer se tiver problemas nesta área!

 
At 10:54 AM, Blogger Pensador said...

querida Alien, com tanto amor no teu post e nos comentários eu até fico sem argumentos. mas para acabar em grande faltou-te colocares isto:

http://www.youtube.com/watch?v=NNC0kIzM1Fo

bjs
;)

 
At 9:27 PM, Blogger Alien David Sousa said...

PENSADOR

LOL

Sou parola, sou! Mas adoro esta música, obrigada por me teres dado este presente.
Kisses

 
At 12:56 AM, Blogger poca said...

bem... venho mesmo em boa altura :)
vejo que por aqui continua tudo na mesma... agitado e interessante :D
Eu ando longe da blogosfera... a escrita era algo ligado ao blog curiosamente... e à música.. tudo passado...

curiosamente o sexo levou-me a ficar com a barriga muito grande e estou prestes a entrar no mundo que desconheço... mas estou Feliz e contente ;P

beijinhos p ti e já agora p vício e p rafeiro e p todos!
continuem!!
volta e meia venho de visita e gosto de ainda conhecer algumas paragens ;P

 
At 1:34 AM, Blogger Alien David Sousa said...

POCA

QUE SAUDADES TUAS RAPARIGA!!!

Acredito que um dia ainda regresses à escrita e música , MAS, fiquei com um sorriso estúpido na cara - de felicidade - por saber que tens dentro de ti um pequenino ser :D

Acredita que fiquei muito feliz por me teres feito esta surpresa. Tenho o teu antigo Blog nos meus favorites e de vez em quando vou até lá para ver se algo mudou.

Só te peço um favor, se tiveres tempo, quando o bebé nascer vem até cá para me contares como correu o parto e se é uma menina ou um pilhinhas ;)
Beijinhos
p.s You made my day

 
At 6:51 AM, Blogger Felina said...

Eu não tenho muito tempo para grandes discursos, mas tu provocas me sempre, então aí vai…

Numa relação entre pessoas que se amam e gostam de sexo, é mais que evidente que não vão ter sexo de 2 h todos os dias, (a única posição de missionário, já foi) é lógico que vão fazer sexo como animais, na cozinha enquanto a comida queima, na varanda enquanto põe a roupa a secar, no chão da sala, porque os putos estão a dormir nos quartos, na casa de banho enquanto os putos batem à porta, de 4 , de pé , sentado, nos dias de hoje acho que isso faz parte da vida sexual de um casal normal, se é foder ou amar que importa os nomes, ou se é por amor , desejo ou necessidade se é com a pessoa com quem partilhamos o nosso dia a dia, o resultado só pode ser bom, desde que o casal esteja afinado pelo mesmo diapasão. Há quem goste de ser subsmiso(a) há quem goste de dominar, eu sou da geração mais à frente, gosto da luta corpo a corpo em igualdade de circunstancias, em que homem e mulher estão ao mesmo nível e sabem como dar prazer mutuamente, sem ordens, de maneira espontânea.

Sobre fazer sexo a frio com alguém que não me diz nada, é difícil dar a minha opinião porque nunca passei por carência sexual, tive sempre o parceiro que quis, mas prefiro a masturbação a ter que ter sexo com alguém que não me diz nada, não me iludo por corpos esbeltos, homem para mim é muito mais que isso….
E não me faças mais perguntas…
(começo a cobrar...)


Beijoca

 
At 7:37 AM, Blogger Alien David Sousa said...

FELINA

"A alien lê, vai sorrindo,acende um cigarro tendo a sensação de que alquele comentário lhe vai dar prazer ao ler. Uma gargalhada salta cá para fora e outra segue-se de imediato. Pensa: Esta Gata é completamente louca,mas, se fosse normal não teria nada de interessante. As pessoas normais são aborrecidas, quanto mais uma Gata normal.
Não?!?! A Alien ri-se:

" na casa de banho enquanto os putos batem à porta"

A Alien continua a ler concordando com tudo o que a Gata está a deitar cá para fora, pelos vistos ainda havia muito mais para revelar.

E agora a Alien chega aquele momento em que a gargalhada se ouve no andar de cima:

"prefiro a masturbação a ter que ter sexo com alguém que não me diz nada, não me iludo por corpos esbeltos, homem para mim é muito mais que isso…."

Concordando ri, sem saber se há-de confidenciar determinadas coisas à Gata. Afinal todos os seus visitantes vão ler os comentários.
No final pensa: que raio vou eu responder agora?

Gata, adorei o teu comentário. Não sei se sou eu que te provoco ou és tu que adoras o tema ;)

Tenho uma questão para ti. Já li um ou dois textos teus do Conversas Intimas, porque não continuas a escrever por lá de vez em quando? Existem pessoas, UPS, Gatas/os que têm muito jeito. Pensa nisso ok?

Festinhas ( muitas) porque me diverti por demais com o teu comentário, com a tua sinceridade e frontalidade.

 
At 12:17 AM, Blogger ► JOTA ENE ◄ said...

Esta FELINA, não pára de nos surpreender, né Alien ?

Rematando o meu comentário acrescento esta adenda onde tudo já foi dito:

Como um 'gaijo' puro e cristalino que sou, quer-me parecer que é possível amar uma pessoa e sentir tesão e desejo por ela. Contudo, também podemos sentir muito(a) tesão e desejo e não amar essa pessoa.

Infelizmente, na maior parte das vezes, as relações amorosas duram apenas um tempo, sem significar fracasso de alguma das partes. Casais existem que, apesar de viverem juntos, têm na ausência total do desejo sexual a tônica da sua relação. É pena.

BJO[ta]

 
At 4:30 PM, Blogger ► JOTA ENE ◄ said...

Proximo post no 'Incongruências' irei abordar este tema, com o meu cunho pessoal... sem recorrer ao palavrão. Sabes como eu fico constrangido, eu diria que é mais embaraçado e acanhado com o tipo de vocabulário que encontrei nos comentários.

O Jota ficou completamente ruborizado !

 
At 9:13 PM, Blogger Alien David Sousa said...

JOTA

A Gata e a Diabba divertem-me como ninguém, são seres originais, duvido que sejam o que dizem ser. Para mim são Aliens difarçados. :))

"Como um 'gaijo' puro e cristalino que sou, quer-me parecer que é possível amar uma pessoa e sentir tesão e desejo por ela. Contudo, também podemos sentir muito(a) tesão e desejo e não amar essa pessoa."

Claro que sim. Mas para mim, o resultado é diferente. Muito diferente.

Palavrões lol Quando são necessários porque não os usar?? Desde que os seres em miniatura não estejam a ouvir ou ler, venham eles ;)
Kisses J.

 
At 4:34 PM, Blogger Canephora said...

Pronto... só posso deixar o meu comentário de...
nada a comentar.

Minto, tenho algo a comentar...
com ou sem amor, o sexo, puro? não sei... duro!!!! de certeza... pelo menos em um dos elementos da "equação".

;)

 
At 6:31 AM, Blogger Fliscorno said...

Não estou a perceber porque é que depois do assunto apresentado de forma sintética - mas completa - numa única palavra ainda precisaste de acrescentar outras duas. Estas aliens :)

 
At 8:37 PM, Blogger Alien David Sousa said...

CANEPHORA

Que te posso eu dizer?

LOL Nada!
Beijinhos

FLISCORNO

Já sabes como sou! E para piorar sou uma Alien Gémeos, estamos sempre a mudar o curso das coisas lol
Beijinhos

 

Post a Comment

<< Home