Friday, October 18, 2013





Adultos atrofiados.
 
Passo a explicar. Mal uma criança aterra neste planeta, de imediato tratam os pequenos seres como se estes fossem de cristal. Se dão um espirro correm para o hospital e se estes acordam de noite, mais de uma ou duas vezes, Pânico!
 
 
O que quero comentar é o facto de os pais estarem a ir longe demais. Então não é que até existem grupos de pais, que se juntam para tentar abolir  os desenhos animados que passam nas várias estações. Ridículo.

Estes seres acreditam que os desenhos animados estão a afectar as preciosas mentes dos seus rebentos.
 
(Pausa, para respirar perante tanta estupidez)
 
Continuando, estes seres são tão estúpidos, tão burros e, acima de tudo sofrem de amnésia aguda! A-M-N-É-S-I-A.
 
Sabem o que destruiu mentes de uma geração?, foram desenhos animados vistos   por mim e muitos outros terrestres?














Marco. Quem pode dizer com honestidade que não ficou traumatizado
Nunca chorei tanto. Eu e uma geração inteira. Isto sim , é violência infantil! Deixa a mente de um ser toda f$dida!
 
Leiam a música desta séria maligna:
 
É num porto italiano
mesmo ao pé das montanhas
que vive o nosso amigo Marco
Mas um dia a tristeza
chega ao seu coração.
A mamã tem que partir
cruzando o mar p'ro outro país.
 Pensaremos em ti.
E tu vais recordar
como eu gosto de ti.
 Se não voltas eu irei
à procura em toda a parte;
não importa se for longe,
hei-de encontrar-te. "



O que dá cabo de um puto/a, a ver bonecos chineses a dispararem armas uns contra os outros?, ou ver episódios atrás de episódios de tortura psicológica?
É culpa do Marco o hoje em dia, os adultos serem completamente Sempre inseguros que a mulher ou namorada os abandone, que fiquem sem trabalho - esta é bem real - que o filho que tanto adoram não seja seu.
Enfim, todos os receios que detêm dentro de si, podem agradecer ao Marco. Os putos de hoje não vão ter estas merdas todas dentro deles. Nem se vão lembrar que desenhos animados assistiam.
Pais. Agora que o culpado foi encontrado, que tudo foi esclarecido, deixem os putos em paz.É a vossa cabeça que necessita de ser ajustada, não a deles.
Mas isto sou só eu
 
 
 

15 Comments:

At 1:41 AM, Blogger Tétisq said...

E, mesmo que não queiram que os filhos vejam, não é mais fácil retirar as televisões dos quartos dos meninos e controlar o comando?
Acho que há uma geração de pais que tem medo de dizer não aos filhos e que por isso espera que a sociedade elimine todas as ameaças ao tipo de educação que pretende para os critaizinhos que tem em casa e a quem não quer traumatizar com um não.

Eu não me lembro do Marco mas, os meus preferidos eram 'Ana de cabelos ruivos' também chorava...

 
At 4:14 AM, Blogger Alien David Sousa said...

TÉTÉ

Concordo plenamente contigo. Mas como disse no texto, quando era um ser aqlienígena pequenina fiquei traumatizada com os desenhos animados da altura. E tu pelos vistos era com a Ana. Acredito piamente que a animação da altura era elaborada para mexer com a parte psicológica...os de hoje...é treta que não fica na cabeça, assim sendo, não mexe com os putos.

 
At 6:25 PM, Blogger mãe em fanicos said...

Eu cá só tenho os 4 canais e uma TV (na sala).
Cá em casa vivemos uns com os outros e não com a Tv.

 
At 10:45 PM, Blogger Alien David Sousa said...

Mãe em fanicos

Não querendo brincar de forma alguma, o teu comentário fez-me recuar no tempo. E sabes que mais? Tu é que deves estar certa, muito provavelmente!

 
At 9:31 PM, Blogger João said...

Não cresci com esses desenhos do Marco, mas vi outros que também marcaram a minha geração e da maioria do pessoal que agora tem cerca de 30-32 anos: Dragon Ball, Evangelion, Samurai X, Tsubasa e os da Marvel.

Eram claramente diferentes, mas sabes que mais? Não fico nada chateado com isso porque tinham qualidade e foram fenómenos em todo o mundo nos anos 90...

Ficaria chateado se tivesse tido Pokemons e Beyblades e qualquer outra porcaria quando era pequeno, porque esses sim: eram e são um enorme lixo...

 
At 3:24 AM, Blogger Alien David Sousa said...

João

Dá graças aos deuses do Universo por teres crescido com o Dragon Ball, Evangelion, Samurai X, hoje és um ser - minimamente - ajustado. Imagina-me com 5 anitos, por aí, a ser torturada mentalmente em cada episódio. A chorar pelo MArco e no último episódio acho que chorei como se tivesse morrido um familiar. Ok, era pequenina, mas, aquela merda MARCOU!!

Mil episódios de porrada e pontapés do que 1 episódio de tortura psicolócica do MARCO.

 
At 10:27 PM, Blogger ► JOTA ENE ◄ said...

eh pah... tb desenvolves estas matérias no teu planeta?

Post novo lá no tasco com gif´s bem a teu gosto.

Beijuuu

 
At 3:40 AM, Blogger Alien David Sousa said...

JOTA

Os Gifs são no post de cima lol

 
At 4:46 AM, Blogger Canephora said...

Ok... a parte do Marco, também concordo... entre outras coisas o desgraçado chegava exactamente quando a mãe estava a partir. Levou a vida a ir atrás do raio da "velha", não curtiu a infância, levou com os pés das namoradas porque só pensava na mãezinha e no fim ela estava a burrifar-se para ele...
Quanto aos outros... é pá, tenho que dizer que até concordo. Um estudo feito no japão, país muito frutifro neste tipo de desenho animado, chegou á conclusão que, na sua maioria, os filmes criados por eles próprios provocam epilépsia, vómitos e crises gástricas... bolas, se fisicamente faz isto o que fará mais?

 
At 5:06 PM, Blogger Marco Fav said...

Ironicamente, nunca vi este desenho animado que influenciou a minha Mãe ao ponto de eu me chamar Marco.
Acho que qualquer série ou filme pode ter influência boa ou nefasta no desenvolvimento. Ainda por cima, nem todos digerem a mesma informação da mesma maneira. O "Marco" ser melhor ou pior é discutível. E mesmo que seja pior não é argumento para a má qualidade dos outros. Seria também válido dizer que a experiência de ter assistido a desenhos animados traumatisantes é o que motiva os pais a protestar agora. Por isso, apesar de não me sentir capaz de me pôr na pele deles, não acho que sejam estúpidos ou amnésicos.
De qualquer forma, a verdadeira questão é que os pais têm de estar atentos ao que os filhos fazem e vêem e que essa é uma tarefa difícil hoje em dia. A ausência de audiência era a melhor maneira de fazer cancelar um programa. Como não estamos nesse mundo utópico, protestar parece-me uma alternativa sensata.
Bjos

 
At 11:36 PM, Blogger Alien David Sousa said...

MARCO

Compreendo. Mas nunca viste o Marco, pura tortura psicológica. Gostava que alguém que o viu se manifestasse para não ser apenas eu a dizer que fiquei marcada para a vida! :/

 
At 1:22 AM, Blogger Canephora said...

Eu via... era uma tortura.
Nós viamos porque só tinhamos isso... Heidi, banny e Flapi... mas o Marco.
Era de fazer chorar as pedras da calçada, com aquela musica que até fazia ficar angustiado de tristeza. Edepois a tristeza de ver o desgraçado do puto a correr atrás da mãe e ela sempre a "fugir"... no momento em que o puto lá chegava, a mãe estava a ir embora, ou de barco ou de comboio, nunca podia ser de carroça, que sempre dava para o coitado correr atrás...

 
At 6:16 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Canephora

"Era de fazer chorar as pedras da calçada, com aquela musica que até fazia ficar angustiado de tristeza"

LooooooooooooooooooooooooooL

Como te compreendo, sinto-me mais perto de ti emocionalmente.


nunca podia ser de carroça, que sempre dava para o coitado correr atrás...""

Claro que não, tinham de nos fazer sofrer do inicio ao fim!!!!

Um abraço Canephora, sinto que também tu ficaste marcado por esta serie!!!

 
At 11:37 AM, Blogger Portuguesinha said...

Esse é um tema recorrente e teremos sempre os órfãos "desgraçadinhos" do nosso tempo para argumentar sobre quem hoje acha os desenhos animados violentos :)

O que mais lamento na história que começas por contar é que esta sociedade também evolui de uma forma não correta: quando as crianças são bebés por qualquer coisa se corre para os hospitais. Mas a uma certa altura alguns pais parece que se "divorciam" dessa responsabilidade que já foi tão EXTREMA. E os filhos ficam um pouco soltos e sem rédias, bem podem ficar doentes, é melhor que já saibam tomar uma aspirina sozinhos ou aprendam a ir ao médico pelos próprios meios :(

 
At 1:18 AM, Blogger Alien David Sousa said...

Portuguesinha

Tenho pena desses miudos, eu apenas fiquei traumatizada com o MArco, no resto...tive uma SUPER-ALIEN-MÃE.

 

Post a Comment

<< Home